Engenharia 360

ESCOLHA A ENGENHARIA
DO SEU INTERESSE

Digite sua Busca

China apresenta duas tecnologias surpreendentes [e assustadoras] para transporte de pessoas

por Simone Tagliani | 06/08/2021

Imagine fazer o transporte de pessoas em trajetos de milhares de quilômetros na metade do tempo que levaria com um trem-bala. A China prova que é possível!

Recentemente, ficamos completamente chocados e super animados com as conquistas dos bilionários Jeff Bezos e Richard Branson em sua corrida espacial. Mas, enquanto isso, lá no oriente, a China realizou testes bem sucedidos para duas tecnologias novas e surpreendentes para transporte de pessoas e que merecem a nossa atenção também. O Engenharia 360 trás informações especiais sobre esses casos! Confira!

As duas novas invenções da China para transporte de pessoas

Aeronave hipersônica

Há poucos dias, a China testou a aeronave hipersônica com 45 metros – , cerca de um terço a mais de comprimento em comparação a um Boeing 737-70 – conhecida como Starry Sky-2. Ela foi desenvolvida por pesquisadores do Instituto de Tecnologia de Pequim e do Instituto de Engenharia de Sistemas de Naves Espaciais – entre os envolvidos, estão cientistas responsáveis pelas missões espaciais em Marte e na Lua. E seu primeiro voo aconteceu em um local não revelado no noroeste do país e durou apenas uma hora, conforme a Academia Chinesa de Aerodinâmica Aeroespacial.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

tecnologia
Imagem extraída de Exame

Em tese, essa máquina seria capaz de viajar o mundo em apenas uma hora. Há dois motores montados na parte superior da sua fuselagem. E, na prática, a aeronave poderia atingir quase seis vezes a velocidade do som e ser usada para:

  • transporte de pessoas;
  • transporte de mísseis;
  • interceptação de mísseis balísticos; e
  • ataque a satélites, estações espaciais ou alvos terrestres.
tecnologia
Imagem extraída de SciNews em Youtube

Mas os pesquisadores estão conduzindo testes para avaliar o desempenho de todo o sistema. Por hora, sabe-se que há pontos vulneráveis no avião que podem exigir proteção extra – e esses testes de verificação de todos os componentes-chave do voo devem durar até 2025.

A previsão inicial é de que a China já opere uma frota de aeronaves hipersônicas a partir de 2035. Cada aparelho deve fazer transporte de pessoas, dez por vez – é que, apesar de seu tamanho, há pouco espaço para acomodar pessoas em seu interior.

Trem de levitação magnética

Outro lançamento recente da China é um trem de levitação magnética de alta velocidade que viaja a 600 km/h de velocidade máxima, conforme a agência de notícias Xinhua. Ou seja, para fazer o trajeto entre Pequim e Xangai, de mais de 1 mil km, levaria apenas 2,5 horas – o que de avião comercial leva 3 horas e de trem-bala leva 5,5 horas. Isso o faria ser considerado o veículo mais rápido do mundo!

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

tecnologia
Imagem extraída de Olhar Digital
tecnologia
Imagem extraída de TecMundo

O projeto desse trem foi realizado em 2016, o protótipo em 2019, e os primeiros testes bem sucedidos em 2020. Ele usa a força eletromagnética para “levitar” acima dos trilhos enquanto se movimenta, possibilitando viagens rápidas. A ideia para transporte de pessoas parece ótima, mas ainda exige altos custos. Além disso, há uma incompatibilidade dessa tecnologia com a infraestrutura atual da China.

tecnologia
Imagem extraída de Melhores Destinos

Por hora, tal trem de levitação magnética funciona apenas em uma linha de teste dentro das instalações da China Railway Rolling Stock Corporation (CRRC), em Qingdao, na província de Shandong. Ainda não existem linhas maglev entre cidades chinesas, impossibilitando o uso a altas velocidades, mas algumas delas já iniciaram pesquisas.


Fontes: Tecmundo, O Globo.

Comentários

Engenharia 360

Simone Tagliani

Graduada em Arquitetura & Urbanismo e Letras; especialista em Artes Visuais; estudante de Jornalismo Digital e proprietária da empresa Visual Ideias - Redação, Edição e Produção de Conteúdos.