Engenharia 360

ESCOLHA A ENGENHARIA
DO SEU INTERESSE

Digite sua Busca

Engenheira cria rede social exclusivamente para mulheres

por Bernardo Lopes Frizero | 16/03/2018
Copiado!

Em todo o mundo, há um número cada vez maior de startups criadas ou dirigidas por mulheres – aproximadamente um terço das pequenas startups são iniciadas por elas. Porém, ainda há uma série de barreiras e preconceitos. Convivendo justamente com este contexto, a engenheira de software Cadran Cowansage anunciou o lançamento do Leap, uma rede social feita de mulheres e para mulheres.

Crédito: StartSe

Em uma postagem publicada recentemente, Cowansage revelou seus planos e motivos para iniciar este projeto:

“Eu comecei a construir o Leap porque eu não tinha um lugar na internet onde eu me sentia confortável falando abertamente. Perguntei-me o que aconteceria se eu criasse uma comunidade onde a cultura principal fosse definida pelas mulheres e as decisões de software e produto também fossem feitas por mulheres. Não consegui pensar em uma rede social definida dessa maneira, mas queria ser parte de uma.”

De fato, o que ela fala faz sentido, se pensarmos que Facebook, Twitter, Snapchat, LinkedIn e outras grandes redes foram desenvolvidas por homens.

+Começo animador

Até agora, o Leap acumulou mais de 1.500 membros em versão beta privada. De fundadores a designers, comerciantes e engenheiras, as mulheres na tecnologia estão começando a compartilhar artigos técnicos, oportunidades de emprego, conexões de carreira, problemas de paternidade e  até mesmo discussões sobre assédio sexual.

Tudo indica que o objetivo de Cadran está se concretizando, já que as mulheres cadastradas no Leap estão se mostrando mais à vontade para comentar assuntos delicados, que em outras redes sociais certamente não o fariam, além de se unirem e fortalecerem enquanto profissional.

Sua inspiração para a criação do Leap ocorreu depois que ela participou da Conferência Anual da YC (atual empresa onde ela é engenheira de software). Por lá, ex-alunos, parceiros e mulheres da área de tecnologia se reúnem para conversar e trocar opiniões sobre a indústria.

Crédito: Venture Leap

“A conferência foi uma das poucas vezes em que me lembro de passar uma tarde com centenas de mulheres inteligentes e talentosas trabalhando na minha indústria. Naquela época eu tinha apenas algumas amigas trabalhando em tecnologia, e ficou claro na conferência que havia muitos mais do que eu percebi”.

Fonte: Venture Beat

Copiado!

Comentários