Engenharia 360

ESCOLHA A ENGENHARIA
DO SEU INTERESSE

Digite sua Busca

Speeder: a engenharia de motos voadoras inspiradas no design de helicópteros e drones

por Redação 360 | 08/09/2021

O que são os drones além de miniaturas dos helicópteros que tanto conhecemos, não é mesmo? E essa mesma tecnologia pode ser adaptada a outros meios de transporte, como as motos voadoras.

Desde quando o ser humano ainda era considerado “um ser das cavernas”, ele observa as aves voando livres no céu. E, com o passar do tempo, foi crescendo nele uma vontade de explorar este espaço tão maravilhoso ao redor.  Afinal, quem não gostaria de ser livre para voar? Por conta disso, em 1943, Leonardo da Vinci colocou no papel justamente esse sonho, com o projeto chamado “parafuso helicoidal aéreo”. Isto aconteceu 450 anos antes do primeiro voo do nosso conhecido helicóptero, que acabou inspirando a criação de várias outras aeronaves, como os drones e até mesmo as motos voadoras, como exemplo a “Speeder”.

moto voadora
Imagem reproduzida de UOL

A evolução de um sonho

Este sonho de voar cruzou muitas gerações! Foi então que, em 1906, Alberto Santos Dummont, com seu 14-Bis, provou que um veículo mais pesado do que o ar poderia voar. 

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

moto voadora
Imagem reproduzida de Aventuras na História – UOL

De lá para cá houve muita evolução nas aeronaves e, além dos aviões, apareceram outros aparelhos voadores, como os drones. Estes, por exemplo, são usados para monitoramento, transporte, resgates e até missões militares.

moto voadora
Imagem reproduzida de Hypeness
moto voadora
Imagem reproduzida de UOL Notícias

É impossível esquecer a paixão pela exploração aeroespacial depois dos anos 60, com a corrida espacial entre Rússia e Estados Unidos. As histórias de cosmonautas e astronautas no céu inspiraram histórias nos quadrinhos e no cinema. Não à toa, desde 1962, ano em que foi ao ar o primeiro episódio de “Os Jatsons”, série animada de televisão que tinha como tema a “era espacial”, muitos de nós começaram a sonhar em ter a sua própria máquina voadora.

A Speeder

A Jetpack Aviation resolveu investir nesta emoção de voar e criou uma moto voadora com design diferentes, mas inspirado nos drones e helicópteros, a chamada “Speeder”. 

moto voadora
Imagem reproduzida de Hypeness

Diferente de outros eVTOLs, ou “carros voadores”, o protótipo da “Speeder” – que fez um voo controlado nos Estados Unidos – não é elétrico. Com quatro motores a jato, inicialmente, ela voa movida à gasolina. 

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Pesando 105 quilos, e suportando um peso (piloto) de até 109 quilos, a Jetpack Speeder promete ser suficientemente compacta para ser rebocada por um veículo comum. Ela chega a uma altitude de 4.572 metros acima do nível do mar e uma velocidade de até 240 Km/h. Além disso, sua autonomia de voo é de 10 a 22 minutos – dependendo do peso do piloto, claro.

moto voadora
Imagem reproduzida de Quatro Rodas
moto voadora
Imagem reproduzida de Auto Import’s

A moto “Speeder” utiliza um sistema de controle de voo Fly-by-wire, que se estabiliza sozinho no ar. Seria semelhante a um drone, podendo acelerar ou desacelerar cada um dos motores separadamente para manter o condutor em equilíbrio e segurança. Inclusive, essa aceleração e desaceleração do veículo é feita através da inclinação do piloto – para frente aumentando a velocidade e, para trás, diminuindo a velocidade.

Para navegação, possui controles manuais, como um guidão para manobras, por exemplo; e uma tela de 12” sensível ao toque, onde são mostrados os dados de desempenho do veículo em tempo real. O sistema ainda tem um rádio de comunicação ar/ar e ar/solo.

Imagem reproduzida de Design World

A um custo inicial de 380 mil dólares, a Jetpack Speeder terá apenas 20 unidades serão colocadas no mercado como veículo de recreação e os interessados poderão fazer a reserva com um depósito de 10 mil dólares. O restante da produção será direcionada para uso do governo e forças armadas.

Então, o que achou dessa moto? Leia os textos a seguir para descobrir outros dois modelos semelhantes igualmente bacanas:


Fontes: UOL, CanalTech, TechTudo, Olhar Digital.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Comentários

Engenharia 360

Redação 360

Engenharia para todos.