Engenharia 360

ESCOLHA A ENGENHARIA
DO SEU INTERESSE

Digite sua Busca

Softwares BIM Gratuitos? Descubra se é possível mesmo encontrar algum

por BIM na Prática | 03/12/2021

Com a demanda de projetos em BIM crescendo a cada dia no mundo, a busca por algum software BIM gratuito tem aumentado na mesma proporção.

Com a demanda de projetos em BIM crescendo a cada dia no mundo, a busca por algum software BIM gratuito tem aumentado na mesma proporção.

O que precisamos entender é que quando se fala de “software BIM” estamos sendo abrangentes demais, afinal, BIM é um processo que depende de vários softwares com funções diferentes. 

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Inclusive, antes de escolher qualquer software BIM para trabalhar, depois de ler este texto, confira este outro conteúdo também para ajudar na decisão.

Poderíamos dizer que um software BIM gratuito é o Google Sheets. Mas certamente você ficaria decepcionado com nossa sugestão. 

Então, vamos separar em duas categorias que é o que provavelmente você está aqui procurando: Projeto e Visualização.

Antes de abordar o tema propriamente dito, queremos deixar aqui o mapa da Catenda sobre softwares BIM separados por categorias. 

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Bim na Prática
mapa bim

1ª categoria: Projetos

Softwares de projeto, ao longo dos anos, nunca foi algo gratuito! Bem verdade, até recentemente, grande parte da população não pagava pelo softwares. Porém, não quer dizer que eles eram gratuitos – como, por exemplo, o Autocad. 

Em um evento da Autodesk, a própria fabricante informou que sabia que mais de 90% dos softwares deles no mundo eram ilegais (pirateados). Mas onde queremos chegar com isso?

Bem, como os softwares hoje em dia trabalham com licenças e registros online, o acesso a softwares ilegais foi dificultado. Por isso, a busca por softwares gratuitos aumentou bastante, especialmente entre aqueles que começaram a carreira.

Mas será que existem softwares de projetos gratuitos? Respondendo, até o momento, infelizmente não! E, dado o modelo de negócio dos softwares e de projetos, é pouco provável que isso seja possível algum dia.

Isso porque desenvolver um software leva tempo e tem um custo alto, especialmente para projetos de Engenharia, na qual demanda diversos recursos. Não faria sentido disponibilizar gratuitamente, a não ser que fosse somente com limitações de usos.

Porém, o que pode e deve ser feito por aqueles buscando opções mais financeiramente acessíveis, é procurar softwares como “alternativa aos de elite“, como os da Autodesk (Revit) e Graphisoft (Archicad). 

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Existem várias opções de softwares mais acessíveis, inclusive alguns nacionais. Pode-se citar bons exemplos de fabricantes, muitos deles que, através da experiência no mercado, já foram validados; já outros que ainda não passaram por nossa experiência. São eles:

A maioria, senão todos, possuem versões de avaliação. Pode ser que algum deles supra sua necessidade e tenha um valor mais acessível. Portanto, a dica principal é: teste!

2ª categoria: Visualização

A economia está, neste momento, em saber usar o que temos disponível para cada situação ao invés de usar o que é “moda”. Cabe lembrar que, em certas situações – como muitas vezes é o caso das equipes de obras -, no processo BIM, os envolvidos só precisam visualizar.

Para este fim, sim, é possível encontrar pelo menos uma boa gama de softwares BIM gratuitos – mas somente para visualização. Por exemplo:

A saber, todos eles também possuem uma versão paga – na qual pode incluir mais recursos. Mas, para a visualização e manipulação de modelo, é possível usar as versões gratuitas.

Conclusão sobre softwares BIM gratuitos

Como comentamos, softwares gratuitos será difícil encontrar para fins de projeto, mas é possível usá-los para levar o BIM (modelo) até a obra. 

Nossa dica final é procurar o melhor custo-benefício antes de aceitar que um software da moda é o que você precisa!

Comentários

Engenharia 360

Paulo Maragno | BIM na Prática

Ajudamos estudantes e profissionais a aprenderem as habilidades necessárias para o novo mercado da construção, por meio de cursos de BIM e soft skills em parceria com a Trilho.