Engenharia 360

Encontro com o desconhecido: novo super robô da NASA rumo à busca por vida na lua de Saturno

Engenharia 360
por Redação 360
| 19/05/2023 | Atualizado em 23/06/2023 4 min

Encontro com o desconhecido: novo super robô da NASA rumo à busca por vida na lua de Saturno

por Redação 360 | 19/05/2023 | Atualizado em 23/06/2023
Engenharia 360

Em um encontro com o desconhecido, pesquisadores anunciaram o lançamento iminente de um novo super robô da NASA (National Aeronautics and Space Administration – Administração Nacional da Aeronáutica e Espaço), cuja missão ousada é explorar a lua de Saturno em busca de evidências de vida extraterrestre.

Combinando os mais avançados conhecimentos de engenharia e os mais recentes desenvolvimentos em inteligência artificial, esse robô promete revolucionar nossa compreensão do cosmos e potencialmente responder à pergunta que tem fascinado a humanidade há séculos: estamos sozinhos no universo?

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Neste texto do Engenharia 360, exploraremos os desafios técnicos e científicos enfrentados pela NASA nessa empreitada, bem como as expectativas e as implicações dessa missão pioneira.

robô da NASA
Imagem reproduzida de NASA, Caltech, via Jet Propulsion Laboratory

Por que a NASA envia um robô para buscar sinais de vida extraterrestre?

O novo robô da NASA tem uma curiosa forma de cobra. Chamado de Exobiology Extant Life Surveyor (EELS), sua missão será descobrir sinais de vida extraterrestre, sendo futuramente enviado ao oceano escondido sob a crosta gelada da lua de Saturno, Encélado.

O robô EELS foi projetado para transitar por destinos inacessíveis, calcular riscos e coletar dados em tempo real sem intervenção humana. Além disso, ele é altamente adaptável e capaz de explorar uma variedade de terrenos, incluindo passagens estreitas entre os gêiseres.

robô da NASA
Imagem reproduzida de NASA, Caltech, via Jet Propulsion Laboratory
robô da NASA
Imagem reproduzida de NASA, Caltech, via JPL Robotics

O que torna o robô da NASA EELS diferente dos equipamentos atuais?

O robô EELS se diferencia dos equipamentos atuais justamente por essa sua capacidade de se mover de forma autônoma. Ele foi projetado para explorar destinos inacessíveis e desconhecidos. Além disso, o EELS é descrito como altamente adaptável, capaz de transitar por uma variedade de terrenos e tomar decisões por conta própria. Ele possui a habilidade de se deslocar entre passagens estreitas e explorar locais com características desafiadoras, como paredes de penhascos, tubos de lava subterrâneos e espaços labirínticos dentro de geleiras.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

A saber, esse novo robô da NASA é composto por 10 segmentos que giram e utiliza roscas para propulsão, tração e aderência.

robô da NASA
Imagem reproduzida de Jet Propulsion Laboratory - NASA

Quais são as tarefas que os especialistas planejam para o robô EELS?

O robô EELS enfrenta vários desafios ao explorar o oceano interno da lua Encélado. Um dos principais é a espessura da crosta de gelo, que dificulta o acesso ao oceano. O EELS foi projetado para superar esse desafio e perfurar a crosta para alcançar o oceano. Além disso, o robô precisa lidar com ambientes hostis, como passagens estreitas entre os gêiseres de água quente e vapor.

O lado positivo é que o robô da NASA se adapta a diferentes terrenos por meio de seu design flexível e esguio - como dito antes, semelhante a uma cobra. Esse design permite que o robô se desloque em terrenos variados, como areia, gelo, penhascos e geleiras.

robô da NASA
Imagem reproduzida de NASA, Caltech, via Jet Propulsion Laboratory
robô da NASA
Imagem reproduzida de NASA, Caltech, via UOL

Veja Também: Astronautas da NASA selecionados para a missão Artemis II são anunciados

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

As tarefas planejadas para o robô EELS

As tarefas planejadas para o robô EELS incluem a detecção autônoma do ambiente, cálculo de riscos, coleta de dados utilizando instrumentos científicos e a capacidade de se recuperar de situações problemáticas sem intervenção humana.

A princípio, o robô EELS foi testado em ambientes simulados. Os testes foram realizados no Mars Yard, um espaço de simulação de Marte no Laboratório de Propulsão a Jato da NASA, bem como em uma estação de esqui nas montanhas nevadas do sul da Califórnia. Esses testes visam verificar a capacidade do robô de se adaptar a diferentes superfícies e condições ambientais antes de sua missão real em Encélado.

robô da NASA
Imagem reproduzida de NASA, Caltech, via JPL Robotics
robô da NASA
Imagem reproduzida de NASA, Caltech, via JPL Robotics

Quais são as perspectivas de missão do robô EELS além da busca por vida extraterrestre?

No futuro, além de buscar sinais de vida em Encélado, o robô EELS pode ser utilizado para explorar outras partes da Lua, asteroides e até mesmo cavernas ou geleiras na Terra. O objetivo é ter o robô pronto para ação até o final de 2024, mas uma missão para Encélado ainda não está agendada pela NASA para a próxima década.

Veja Também:


Fontes: Revista Galileu.

Imagens: Todos os Créditos reservados aos respectivos proprietários (sem direitos autorais pretendidos). Caso eventualmente você se considere titular de direitos sobre algumas das imagens em questão, por favor entre em contato com [email protected] para que possa ser atribuído o respectivo crédito ou providenciada a sua remoção, conforme o caso.

Comentários

Engenharia 360

Redação 360

Somos uma equipe de apaixonados por inovação, com “DNA” na Engenharia. Nosso objetivo é mostrar ao mundo a presença e beleza das engenharias em nossas vidas e toda transformação que podem promover na sociedade.

LEIA O PRÓXIMO ARTIGO

Continue lendo