Engenharia 360

ESCOLHA A ENGENHARIA
DO SEU INTERESSE

Digite sua Busca

Reformas seguras

Engenharia 360

2 min

POR Eduardo Mikail 28/08/2012

Se o imóvel vai receber reformas, o primeiro passo é procurar um profissional qualificado como engenheiros civis, arquitetos, engenheiros eletricistas e hidráulicos. Essa é a recomendação do engenheiro civil Altair Ferri, presidente da Associação de Engenheiros e Arquitetos de Maringá (Aeam).

Para cada tipo de reforma existe um profissional mais adequado, mas, normalmente, em obras que têm a estrutura alterada, quem deve realizar o acompanhamento é um engenheiro civil ou arquiteto dotados de registro de responsabilidade – Anotação de Responsabilidade Técnica (ART), para os engenheiros, e Registro de Responsabilidade Técnica (RRT), para os arquitetos, que comprova que os trabalhos estão sob a responsabilidade de um profissional habilitado.

Somente profissionais habilitados podem avaliar mudanças no imóvel (Divulgação).

De acordo com Ferri, se a reforma consiste em trocar o forro de gesso de um apartamento, por exemplo, o profissional deve estar capacitado para identificar o peso da estrutura e os objetos que serão fixados para garantir a estabilidade da obra.

O alerta do engenheiro é para os edifícios construídos em alvenaria estrutural e somente um profissional é quem pode fazer a avaliação.

“Nesse tipo de obra, é importante que as pessoas se lembrem que as paredes assumem parte da carga de peso do prédio e se forem quebradas para aumentar a sala ou o quarto, podem comprometer toda estrutura”, afirma. Ele completa que a simples retirada de uma parede pode resultar na queda de um edifício inteiro.

Os vícios construtivos também podem ser evitados com o acompanhamento. Esse tipo de problema consiste em rachaduras, trincas, infiltrações, mau funcionamento dos aparelhos elétricos e hidráulicos.

“Geralmente, o pedreiro contratado para a mão de obra não conhece todos os fatores importantes para manter a estrutura. Não necessariamente o imóvel vai desmoronar, mas o resultado é uma obra que apresentará problemas frequentemente”, analisa Ferri.

O engenheiro ressalta que reformas irregulares estão sujeitas a multa aplicadas pelo Conselho Regional de Engenharia e Agronomia (Crea/PR), órgão responsável pelo controle e fiscalização.

Via O Diário

blog da engenharia
Blog de Engenharia
Blog de Engenharia Civil
Blog Engenharia
Construção Civil
dicas de engenharia
Dicas do curso de Engenharia
Engenharia Civil
Engenharia no Brasil
Estudantes de Engenharia
Reforma
site da engenharia
site de engenharia
site de engenharia civil
Site Engenharia

Eduardo Mikail

Engenheiro Civil, empresário e empreendedor digital. É fundador do Engenharia 360 e sócio-fundador da Bronks content., produtora de conteúdo e projetos digitais. Formado em Engenharia Civil e Administração com especialização em Marketing pela ESPM, já trabalhou em uma das maiores construtoras do país e hoje está à frente da Mikail Arquitetura e Engenharia. Interessado por tecnologia, iGadgets e nas horas vagas curte viagens, música e fotografia. Segue lá no Instagram @eduardomikail

mais
Engenharia 360 Engenharia 360

VEJA TAMBÉM

6 Resultados
Brasil terá sua maior usina de dessalinização construída no Ceará
20 Peças de Teatro disponíveis no YouTube para assistir na quarentena | Lista 360
Crew Dragon é lançada em primeira missão tripulada da SpaceX
Você sabe o que é saúde 4.0?
ENEL realiza consumo médio de energia durante a pandemia: aprenda a fazer a medição
Saiba como medir a capacidade produtiva
Podcast 360

Ouça ou baixe podcasts exclusivos da engenharia

Ver Todos

RECOMENDAMOS PARA VOCÊ