Engenharia 360

Quais tipos de vidro usar em portas, vitrines e divisórias: dicas para escolher o ideal

Engenharia 360
por Redação 360
| 08/12/2017 | Atualizado em 14/01/2024 4 min
Imagem de Freepik

Quais tipos de vidro usar em portas, vitrines e divisórias: dicas para escolher o ideal

por Redação 360 | 08/12/2017 | Atualizado em 14/01/2024
Imagem de Freepik
Engenharia 360

O vidro é um material versátil que pode ser usado em uma variedade de aplicações, incluindo portas, vitrines e divisórias. No entanto, existem diferentes tipos de vidro, cada um com suas próprias características e recomendações de uso.

Aliás, você sabia que há uma Norma ABNT que trata sobre a utilização de vidros na construção civil? A NBR 7199 é um texto técnico que traz as regras gerais sobre a utilização do vidro, e não só para profissionais do setor. Por exemplo, se você está planejando construir ou reformar, para economizar tempo e dinheiro, é importante conhecer as diferenças entre cada tipo de vidro e a melhor indicação de uso de cada um. Continue lendo este texto do Engenharia 360 para saber mais!

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

tipos de vidros
Imagem de pressfoto em Freepik

Veja Também: Conheça aqui o edifício residencial mais verde do Brasil

Tipos de vidro

Existem vários tipos de vidro e cada um com uma recomendação de uso distinta. Por exemplo, cada vez é mais comum a utilização de vidros especiais, como o refletivo, que oferece proteção solar, e o autolimpante, que recebe uma camada externa que aproveita os raios UV e a água da chuva para combater a sujeira. Separamos a seguir os tipos mais comuns e a recomendação de uso. Confira!

Vidro temperado

O vidro temperado é considerado como um vidro de segurança, fabricado a partir do vidro float, transparente e homogêneo. Isso porque ele é cinco vezes mais resistente do que o vidro comum, algo que tem relação com o rápido processo de resfriamento e aquecimento pelo qual passa. Em caso de quebra, o vidro temperado se fragmenta em pequenos pedaços arredondados, o que reduz o risco de ferimentos. Assim sendo, é recomendado para utilização em portas, vitrines e janelas.

tipos de vidros
Imagem de ninjason1 em Freepik

Veja Também: Linguagem de obras: decifrando os principais termos utilizados pelos técnicos

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Vidro laminado

O vidro laminado é um dos vidros mais populares, com diversas possibilidades de uso, como portas, janelas, sacadas, coberturas e divisórias. Ele é composto por duas ou mais lâminas de vidro unidas por uma camada intermediária de polivinil butiral (PVB), que PVB impede que o vidro se estilhace em caso de quebra, o que confere ao vidro laminado maior resistência ao impacto. Além disso, também apresenta vantagens na proteção contra raios UV e contra ruídos externos.

tipos de vidros
Imagem de evening_tao em Freepik

Vidro serigrafado

O vidro serigrafado é um vidro com desenhos ou texturas em sua superfície, sendo usado para fins decorativos ou para fornecer privacidade. O mesmo passa por um processo especial para aplicação de esmalte cerâmico e aquecimento em um forno de têmpera, a quase 600 graus. O resultado é um tipo de vidro altamente resistente, inclusive a riscos e manchas, e que pode ser utilizado em portas, janelas, divisórias, tampos de mesas e paredes decorativas.

tipos de vidros
Imagem de fanjianhua em Freepik

Tabela de comparação

A tabela abaixo compara as características dos diferentes tipos de vidro:

Tipo de vidro Resistência Segurança Transmissão de luz Custo
Vidro temperado Alta Alta Boa Médio
Vidro laminado Alta Boa Boa Alto
Vidro serigrafado Média Boa Boa Baixo
tipos de vidros
Imagem de wirestock em Freepik

O vidro e seus usos

A variedade e as finalidade de cada tipo de vidro aumenta dia após dia. Já existem os vidros acústicos, voltados para o conforto sonoro, seja em residências ou prédios comerciais. E ainda os vidros com diferentes efeitos visuais e resistência, muitos deles utilizados na decoração, em móveis e eletrodomésticos, a exemplo do jateado (trabalhado com jatos de grãos de areia) e do acidado (produzido a partir de um ácido, que deixa o vidro com aspecto esbranquiçado).

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

tipos de vidros
Imagem de benzoix em Freepik

Para se ter uma ideia das possibilidades, algumas linhas de produtos oferecidos no mercado foram criadas com o objetivo de proporcionar mais proteção UV aos ambientes.

Se a escolha é pelo vidro da fachada, há opções refletivas ou mais neutras - e as opções foram pensadas para proporcionar a entrada de luz na medida certa na residência ou no ambiente de trabalho. Como característica própria das versões de vidro laminado e temperado, esses vidros foram criados com base em condições de segurança, justamente como forma de evitar acidentes, em caso de quebra do material.

A escolha do tipo de vidro ideal para portas, vitrines e divisórias depende de uma variedade de fatores, incluindo as necessidades de segurança, privacidade e estética. A tabela de comparação acima pode ajudar você a tomar uma decisão informada.

Veja Também:


Fontes: Abra Vidro.

Imagens: Todos os Créditos reservados aos respectivos proprietários (sem direitos autorais pretendidos). Caso eventualmente você se considere titular de direitos sobre algumas das imagens em questão, por favor entre em contato com [email protected] para que possa ser atribuído o respectivo crédito ou providenciada a sua remoção, conforme o caso.

Comentários

Engenharia 360

Eduardo Mikail

Somos uma equipe de apaixonados por inovação, liderada pelo engenheiro Eduardo Mikail, e com “DNA” na Engenharia. Nosso objetivo é mostrar ao mundo a presença e beleza das engenharias em nossas vidas e toda transformação que podem promover na sociedade.

LEIA O PRÓXIMO ARTIGO

Continue lendo