Engenharia 360

ESCOLHA A ENGENHARIA
DO SEU INTERESSE

Digite sua Busca

Saiba quais serão as engenharias em alta em 2021

por Clara Ribeiro | 21/12/2020

Apesar da pandemia, muitas áreas da engenharia têm ganhado notoriedade.

Para termos ideia de quais engenharias estarão em alta em 2021, é importante lembrar que essa área é inseparável da noção de desenvolvimento de uma sociedade, sobretudo no que diz respeito a novas tecnologias e soluções de problemas. 

Afinal, o termo “engenharia” se define pela aplicação de conhecimentos a fim de construir, inventar ou aprimorar estruturas, máquinas e processos. Dito isso, é notável a importância da Engenharia para países como o Brasil, ainda mais em tempos de crises e mudanças como os que temos vivido nos últimos anos.

Em média, formam-se 40 mil engenheiros por ano no país, considerando os mais de 20 tipos de graduação na área elencadas pelo MEC. Sem dúvida, as necessidades do tempo mudam a demanda desses ramos diversos.

Reunimos aqui, então, três deles que certamente estarão em alta no próximo ano, e inclusive depois disso.  

Engenharia Civil 

A graduação em Engenharia Civil é uma das mais procuradas e que mais tem formado profissionais no Brasil. Desde 2019, o ramo tem atingido um crescimento expressivo, que também atravessou o ano da pandemia mundial de coronavírus.  

Exemplo disso é o aumento de empresas desse setor que entraram com ações na Bolsa de Valores Brasileira (B3). Uma das razões para essa alta é o momento de juros baixos, que atrai o mercado de construção imobiliária.  

Sendo um dos ramos primordiais da Engenharia, hoje é também um dos mais desenvolvidos. A evolução dos sistemas de automação, por exemplo, permite que construções sejam feitas com a mais perfeita exatidão de seus cálculos, diminuindo as chances de falhas humanas. 

Além disso, não há como as tendências da construção civil fugirem de soluções sustentáveis. Isso significa, certamente, a substituição do concreto, que emite CO2, por materiais recicláveis, e também o uso de energias renováveis.

engenheiro ilustrando engenharias em alta 2021
Foto: Freepik

Engenharia Ambiental 

Falando em sustentabilidade, não podemos deixar de mencionar a Engenharia Ambiental. De fato, o ramo tem recebido cada vez mais atenção, compreensível pelas perspectivas assustadoras para o futuro próximo. 

A formação em Engenharia Ambiental tem seu surgimento muito ligado à 1ª Conferência Mundial sobre Meio Ambiente, realizada em 1972, em Estocolmo (Suécia). 

Até hoje, a demanda por profissionais da área só cresceu no mundo todo. Afinal, o esgotamento de recursos naturais, a readaptação das leis para novas condições climáticas e a poluição urbana e industrial são problemas que vão precisar de profissionais em ação nos próximos anos. 

engenheira ambiental 2021
Foto: Freepik

Engenharia Logística 

O objetivo da Logística é de otimizar processos, sejam logísticos, tecnológicos, comerciais ou de infraestrutura. Dessa forma, a Logística por si só conta com a inovação em seu cerne. 

Por isso, o ramo se volta muito para os métodos com que se realizam trabalhos e processos. A otimização é buscada em todos os níveis organizacionais (tático, estratégico e operacional). 

Não por acaso, a pandemia também trouxe a inovação à tona, e por isso a Logística tem ocupado importante papel.

A explosão mundial do e-commerce durante o ano é um do exemplo da alta demanda recebida em 2020. Enfim, a tendência é que essa demanda continue alta ou mesmo cresça no ano que vem. 

Leia também: 5 áreas da engenharia que talvez você não conheça.

E então, o que acha dessas apostas para 2021? Em sua opinião, qual outra área da engenharia será bastante cotada? Deixe sua resposta nos comentários!

Engenharia 360

Clara Ribeiro

Jornalista especializada em arquitetura e engenharia. Ávida consumidora de informação; viciada em produzir conteúdo; amante das letras, das artes e da ciência.

Comentários