Engenharia 360

Professor de física recria o som do Big Bang

Engenharia 360
por Redação 360
| 11/04/2013 | Atualizado em 15/07/2022 2 min

Professor de física recria o som do Big Bang

por Redação 360 | 11/04/2013 | Atualizado em 15/07/2022
Engenharia 360
Quem nunca ouviu falar sobre o famoso “Som do Big Bang”? O qual ocorreu há cerca de 13,8 bilhões de anos, com altíssimas frequências e o qual só foi possível ser reproduzido com os dados do Planck. O efeito é bem semelhante ao que os sismólogos descrevem como um terremoto de magnitude 9, o que faria com o que o planeta ressonasse, e o som seria espalhado por todo o Universo. Através de cálculos matemáticos, o professor de física John Cramer, da Universidade de Washington conseguiu recriá-lo.
big-bang-blog-da-engenharia

O espaço-tempo produziria som quando o Universo era suficientemente pequeno“, diz Cramer. No ano de 2001, com muito menos dados, ele escreveu um artigo descrevendo como seria o som do Big Bang baseado em dados de ondas de radiação cósmica.

Mas, na época, o som era tão baixo que o cientista teve que aumentar a frequência em cerca de 100 septilhões de vezes (100000000000000000000000000), apenas para obter as gravações em um volume que poderia ser ouvido por humanos.

Essa simulação representa os 760 mil anos de evolução do Universo.

O Planck possui alguns detectores tão sensíveis, os quais podem distinguir variações de temperatura em alguns milionésimos de um grau na radiação cósmica. “O som original não era de variações de temperatura, mas de ondas sonoras reais que se propagaram pelo Universo“, afirmou.

Como o Universo esfriou bastante e expandiu, ele estendeu os comprimentos de onda para que assim, pudesse criar algo que se pareceria com o som de um baixo (instrumento musical). O som fica mais baixo com os comprimentos de onda esticados.

Confira o vídeo:

Veja Também: Física Quântica: um novo jeito de enxergar as leis naturais


Via  

Engenharia 360

Redação 360

Somos uma equipe de apaixonados por inovação, com “DNA” na Engenharia. Nosso objetivo é mostrar ao mundo a presença e beleza das engenharias em nossas vidas e toda transformação que podem promover na sociedade.

Comentários

LEIA O PRÓXIMO ARTIGO

Continue lendo