Engenharia 360

ESCOLHA A ENGENHARIA
DO SEU INTERESSE

Digite sua Busca

Engenharia 360

Potencialize o uso do Microsoft Excel na engenharia

Engenharia 360
por Engenharia 360
| 12/11/2019 4 min

Potencialize o uso do Microsoft Excel na engenharia

por Engenharia 360 | 12/11/2019
Copiado!

Não é de hoje que ouvimos falar do Microsoft Excel. A ferramenta foi lançada no ano de 1985, com o objetivo de concorrer com o software Lotus 1-2-3. No final das contas, o Excel não apenas concorreu, mas passou a liderar o mercado das planilhas eletrônicas pouco tempo após seu primeiro lançamento, permanecendo até hoje como produto top de mercado.

Atualmente, este software é utilizado por diversos setores, indo desde as áreas administrativas, até às diferentes engenharias. A seguir, selecionamos algumas dicas para potencializar o uso do Microsoft Excel na sua vida de engenheiro / futuro engenheiro.

+ Automatize ao máximo

Tempo é dinheiro, e as planilhas eletrônicas já vieram embutidas neste conceito. A simples troca do papel e caneta pelo meio digital já revolucionou o mundo das planilhas. Mas, mesmo dentro do Excel, é possível aperfeiçoar ainda mais seu tempo.

Uma das formas é aproveitar ao máximo o leque de opções que as fórmulas oferecem. Ou seja, vá além das funções SOMA e SE. Existem diversas outras funções que permitem trabalhar com os valores absolutos e relativos das células, apropriando-se de diversos tipos de condicionais, além de permitir manipulações de diferentes tipos de dados, sejam eles numéricos, textuais, em formato de datas, horários, etc.

Se você estiver começando a conhecer o Excel e ainda está perdido no conceito de fórmulas, veja uma introdução para o assunto aqui:
Suporte – Office [Visão geral de fórmulas]

Agora, caso já tenha conhecimentos básicos do software, no ambiente de suporte do Office há diversos tutoriais sobre as inúmeras funções a serem exploradas. Os comandos de PROC e CONT são um bom ponto de partida.
Suporte Office

E se você já é craque nas fórmulas, dá para aperfeiçoar ainda mais seus trabalhos com o auxílio de macros e do VBA. Veja um pouco sobre assunto: Macros.

 

 

Integre suas planilhas

Uma única pasta de trabalho do Excel é capaz de suportar enésimas planilhas, dependendo exclusivamente da memória do seu computador e dos recursos do seu sistema.

Porém, muitas vezes somos levados a criar uma pasta de trabalho apenas com a lista de funcionários da obra, por exemplo. Quando precisamos de outros controles relacionados ao mesmo projeto, criamos outros arquivos, todos separados e independentes uns dos outros. Por que não integrar tudo isso e automatizar?

Microsoft Excel na Engenharia
Imagem: unisecal.edu.br

Não apenas no exemplo de gerenciamento de funcionários, mas em muitos outros assuntos a integração pode ser uma mão na roda. É possível relativizar o pagamento de acordo com os dias trabalhados; ou realizar um relatório consolidado das obras em andamento de acordo com a planilha de cronogramas; ou ainda, observar sua frequência de estudo de acordo com o lançamento das tarefas já realizadas.

Essa integração poderá economizar seu tempo e, ainda, te preparar para criar planilhas cada vez mais bem elaboradas.

+ Domine os diferentes tipos de gráficos

O dado por si só já se constitui em um item de valor, porém, aquele que consegue demonstrá-lo de forma clara e eficiente com certeza se destacará! Com os gráficos do Excel, você pode criar de forma rápida diferentes maneiras de apresentar informações pertinentes ao seu trabalho. E mais uma vez, não fique apenas no básico. As versões a partir de 2007, principalmente, trazem itens de layout e design que melhoram a aparência e dão destaque aos gráficos, além de permitir a edição de praticamente todos os elementos, como eixos, grades, rótulo de dados, entre outros. É uma ótima maneira de colocar em prática aquelas aulas de estatística, não é mesmo?

As versões a partir de 2007, principalmente, trazem itens de layout e design que melhoram a aparência e dão destaque aos gráficos, além de permitir a edição de praticamente todos os elementos, como eixos, grades, rótulo de dados, entre outros. É uma ótima maneira de colocar em prática aquelas aulas de estatística, não é mesmo?

Quer exemplos? Veja aqui!

Para quem quiser se aventurar ainda mais, vale também o estudo de gráficos dinâmicos.

+ Explore os recursos visuais

Se tem uma coisa que me fascina no Excel são os recursos visuais. As formas geométricas, os SmartArts, os gráficos: tudo colabora para a criação de planilhas com designs incríveis! De início, não é muito fácil compreender como quadrados, triângulos e círculos podem compor o visual da planilha, mas quanto mais praticar, mais possibilidades você verá para deixar seu trabalho com um toque profissional.

Microsoft Excel na Engenharia
Imagem: blog.academiain1.com.br

Quer exemplos? Também preparamos um aqui!

Vale lembrar que essas são apenas algumas das infinitas maneiras de aperfeiçoar o uso do Microsoft Excel para a engenharia. Então, seja criativo e descubra o seu jeito de reinventar e otimizar as planilhas eletrônicas do seu trabalho. As aplicações são as mais variadas possíveis.
E você, conhece outros recursos bacanas do Excel? Compartilhe com a gente nos comentários.

Copiado!
Engenharia 360

Engenharia 360

Engenharia para todos.

Comentários