Engenharia 360

ESCOLHA A ENGENHARIA
DO SEU INTERESSE

Digite sua Busca

Pavimento intertravado: vantagens que vão muito além da estética

por Colaboradores BDE | 16/06/2016
Copiado!

O pavimento intertravado vem ganhando cada vez mais espaço em todas as esferas do setor do construção civil, seja no setor privado ou público. Isso se deve pelas vantagens e benefícios que essa modalidade de pavimento contempla.
intertravado-blog-da-engenharia
Podemos citar a importância do pavimento na questão de acessibilidade das calçadas e praças das cidades, por ser um piso uniforme, e com sinalização (piso tátil e direcional) , que proporciona segurança e autonomia para que as pessoas possam circular mais facilmente.
Muitos pensam que as vantagens são apenas estéticas, mas aqui mostramos que não!

  • Possui uma vida útil elevada, estimada em 25 anos
  • Elevada resistência a compressão e abrasão
  • Liberação de trafego imediato
  • Por possuir superfície anti-derrapante oferece uma melhor aderência e segurança até em pista molhada
  • Apresenta uma menor absorção da luz solar, provocando uma menor elevação da temperatura
  • Por ter a opção de peças coloridas facilitam a incorporação da sinalização
  • Múltiplas disposições de paginação, com isso se adapta a qualquer necessidade
  • Possui uma maior reflexão da luz artificial, proporcionando assim uma redução no consumo de energia
  • Possui um vasto campo de aplicação, como: portos e aeroportos, calçadas, residências, praças, parques e jardins, áreas industriais, estacionamentos, vias urbanas e estradas, terminais de transportes coletivos, condomínios e faixas de sinalizações.

intertravado2-blog-da-engenharia
Vale ressaltar a importância da escolha de fornecedores de piso intertravado, que seus produtos possuam propriedades e características técnicas definidas pelas normas da ABNT, que fixa as condições exigíveis para aceitações das peças. E empresas especializadas na execução do assentamento do piso intertravado, para que com isso se garanta a qualidade do pavimento intertravado.
Por Tasso Pacheco, sócio-diretor da CTR ENGENHARIA, administrador, bacharelando em engenharia civil, membro da coordenação da AJE.

Copiado!

Comentários