Engenharia 360

ESCOLHA A ENGENHARIA
DO SEU INTERESSE

Digite sua Busca

Parceria inédita entre montadora e companhia elétrica permitirá que usuários "vendam" energia armazenada

por Clara Ribeiro | 19/08/2016
Copiado!

No Reino Unido, a montadora Nissan fez uma parceria com a empresa de energia Enel para lançar um projeto piloto no qual os proprietários de carros elétricos da marca poderão “vender” energia à rede nacional.

A ideia é que os donos do Nissan LEAF e do furgão elétrico Nissan e-NV200 carreguem as baterias em períodos tarifários baratos e, em seguida, usem a eletricidade armazenada em casa ou no trabalho quando os custos são mais elevados. Ou ainda devolver a eletricidade à rede elétrica, de modo a gerar receita adicional. Ou seja, eles terão o poder de vender a energia guardada na bateria de seus carros.

Essa é uma forma que a montadora enxergou de revolucionar o mercado de energia elétrica, proporcionando um papel ativo para quem possui carros elétricos. Além disso, isso possibilitará maior flexibilidade e vai melhorar o custo x benefício dos veículos.

nissan blog da engenharia
Primeiramente será feito um teste, que consistirá em instalar e ligar cem unidades V2G em locais definidos pela montadora e os proprietários dos veículos em questão. A Nissan também anunciou a bateria montada na parede “xStorage“, que pode ser utilizada em casa e que se assemelha a Powerwall da Tesla Motors.
O anúncio dessa novidade foi feito em dezembro de 2015, quando ocorreu o firmamento da parceria V2G Nissan-Enel, em Paris, durante a 21.ª Conferência das Nações Unidas sobre Alterações Climáticas (COP21).
nissan e enel blog da engenharia
A iniciativa das duas companhias pode trazer novas perspectivas para a indústria energética, e impulsionar o mercado de carros elétricos – que ainda patina no Brasil.
Segundo as expectativas do setor automobilístico, em 2050 haverá o dobro do número de veículos que funcionam a partir de energia elétrica na estrada: nada menos que 2.4 mil milhões. Nada como ideias brilhantes para aquecer o “mercado da sustentabilidade”, não é mesmo?
Fonte: Trend Explorer | Fotos: Nissan

Copiado!
Engenharia 360

Clara Ribeiro

Jornalista especializada em arquitetura e engenharia. Ávida consumidora de informação; viciada em produzir conteúdo; amante das letras, das artes e da ciência.

Comentários