Engenharia 360

O que será que faz um engenheiro militar?

Engenharia 360
por Redação 360
| 07/04/2022 3 min

O que será que faz um engenheiro militar?

por Redação 360 | 07/04/2022
Engenharia 360

Hoje em dia, por conta de alguns conflitos mundiais, parece que se tornou normal ouvir e ler nas mídias termos como ‘militarismo’, ‘militares’, ‘operação militar’ e ‘engenharia militar’. Por falar nisso, você sabe o que um engenheiro militar faz? Será que ele é mesmo um engenheiro de formação? E quais as responsabilidades que assume perante a sociedade? Bem, é exatamente sobre isso que vamos conversar no texto a seguir!

engenheiros militares
Imagem reproduzida de Comando Militar do Sul no Twitter

Áreas de atuação da Engenharia Militar

Engenheiros militares são aqueles profissionais que vão dar apoio nas atividades de combate dos exércitos – em mobilidade, contramobilidade e proteção. Por exemplo, atuando na construção de pontes, campos minados, estradas e mais; ou destruição o mesmo tipo de obra, evitando avanço das tropas inimigas em um possível combate; melhoramento e realizando a mmanutenção de estruturas de defesa; e, fora dos momentos de conflitos e guerras, trabalhando para solucionar problemas no desenvolvimento do país.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Ou seja, os engenheiros militares também são personagens com papel fundamental no crescimento de uma nação. Eles vão, é claro, ser responsáveis por executar competências técnicas em seus locais de trabalho, mas também desempenhar funções especiais diversas, visando sempre servir ao coletivo. Nessa questão de segurança, vão lidar, sim, com armas, equipamentos e tecnologias de combate.

engenheiros militares
Imagem reproduzida de DefesaNet
engenheiros militares
Imagem reproduzida de DefesaNet

Engenharia Defensiva x Engenharia Ofensiva

É importante também comentar que a Engenharia Militar se divide basicamente em duas frentes, como mais ou menos já se pôde perceber através das explicações dadas anteriormente. Por exemplo, quando se deseja proteger um território, pode-se achar necessário construir fortificações, muralhas de pedra e concreto, muros de terra, trincheiras e mais visando atrasar o opositor, manter resistência e os defensores abrigados. E ainda seria preciso traçar um plano estratégico para a destruição de pontes e colocação de armadilhas.

Em outros momentos, a intenção pode ser avançar contra a linha inimiga. Neste caso, o plano será voltado a fazer cercos, usar os equipamentos, abrir túneis, instalar explosivos, provocar desmoronamentos, fazer limpeza de campo, travessias de cursos d’água, e além. E é claro que, para isso tudo, não pode faltar conhecimento de Engenharia!

engenheiros militares
Imagem reproduzida de Cimento Itambé

Como se forma engenheiros militares

Poucas pessoas sabem, mas existe faculdade de Engenharia Militar no Brasil. Por exemplo, no Instituto Militar de Engenharia (IME), no Rio de Janeiro, onde o regime escolar é integral, o currículo é dividido em dez semestres, e são oferecidas especialidades, como Fortificação e Construção, Elétrica, Eletrônica, Mecânica e Materiais, Química, Cartografia e Computação. Mas é possível prestar concurso para entrar nas Forças Armadas sendo formado em outros cursos de Engenharia, como Engenharia Civil.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Por certo, o setor militar vai também exigir do profissional a experiência prática na sua área de formação. Fora que faça aulas para aprender a manusear armas e atirar, sobre militarismo, postura militar e educação física. Para completar, apresentar muita disciplina e realizar treinos intensos – como corrida em pelotões e musculação. Esses são só alguns dos preparos básicos para quem quer seguir uma carreira como engenheiro militar!

engenheiros militares
Imagem reproduzida de Flickr

De fato, todo esse esforço requer coragem! E você, estaria preparado para a Engenharia Militar? Escreva nos comentários!

Veja Também: Deep fake – o uso indevido político e militar de imagens falsas de satélites


Fontes: Estratégia Militares, Wikipedia, Colégio Web.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Comentários

Engenharia 360

Redação 360

Engenharia para todos.

Assine nossa newsletter
e receba
uma curadoria exclusiva de conteúdos: