Engenharia 360

ESCOLHA A ENGENHARIA
DO SEU INTERESSE

Digite sua Busca

CANAIS ESPECIAIS


O que é 'Engenheiro Jr', 'Engenheiro Pleno' e 'Engenheiro Sênior'? | 360 Explica

por Redação 360 | 14/10/2021

Então, quando busca uma oportunidade de emprego, como você se descreve? E que tipo de vaga busca? Nível Engenheiro Júnior, Pleno ou Sênior? Saiba+!

Responda rápido: que nível de cargo você está ou gostaria de estar neste momento? Bem, essa diferença é traduzida justamente nos títulos das vagas oferecidas no mercado. Se está saindo agora da faculdade, sendo um recém-formado, é provável que tenha poucos anos de experiência. Portanto, será chamado de ‘Júnior’. Mas, quando se tornará Engenheiro Pleno ou Sênior? E, aliás, quais as diferenças de obrigações e salários destes níveis mais elevados de hierarquia? Que tal esclarecer estas dúvidas antes de preencher o seu currículo? Então, leia o texto a seguir!

Sobre o método de classificação profissional

Sabe porque você precisa conhecer este método de classificação profissional? Assim, quando você escrever no currículo algum desses termos – Engenheiro Júnior, Pleno ou Sênior -, é isso que será, num primeiro momento, usado para classificar ou desclassificar o seu currículo. Ou seja, a classificação errada pode te tirar completamente da pré-seleção para muitas vagas de empregos. Se isso é justo? Claro que não! Inclusive, os critérios utilizados para estas definições são, muitas vezes, questionados por quem está no mercado de trabalho. Mas, enfim, são utilizados há anos por departamentos de recursos humanos e você precisa aprender sobre isso!

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

empresas
Imagem reproduzida de LuzCont

Teste de nível

A primeira coisa que precisa saber sobre essa classificação é que ela não é automática e nem exata! Mas esse foi o melhor jeito que as empresas encontraram de apresentar explicar quais vagas têm disponíveis e quais os pré-requisitos para o seu preenchimento – nível de escolaridade, experiência de mercado, habilidades, e mais. Veja detalhes a seguir!

(A) Engenheiro Júnior

Pode-se dizer que o nível Júnior está só um degrau acima dos trainees e estagiários. Ele representa os recém-graduados, com pouco tempo de casa ou com pouca experiência profissional – até 5 anos. Dentro das empresas, estes profissionais não terão nenhuma autonomia para tomar decisões, somando menos responsabilidades, realizando atividades mais simples e que não exigem tanto conhecimento. Por isso mesmo, receberão um salário mais baixo!

(B) Engenheiro Pleno

Profissionais neste nível recebem tarefas mais complexas dentro das empresas. Consequentemente, precisam ter mais experiência teórica – talvez uma pós ou MBA – e prática – 5 a 10 anos. Devem ter capacidade de tomar decisões sozinhos – embora a palavra final não seja sua, mas dos líderes acima na hierarquia da empresa. E já podem pensar em um plano de carreira mais bem definido.

(C) Engenheiro Sênior

Este pode ser o nível máximo da hierarquia de uma empresa – como a diretoria. Profissionais neste posto lideram projetos e equipes. Eles receberão total liberdade de decisões, por conta da sua alta escolaridade e experiência prática – mais de 10 anos – além de tempo de casa. Deverão acompanhar pessoalmente os processos; darão a última palavra; e, em retorno, ganharão o maior salário – já que, por regra, a curva de remuneração segue essa escala crescente.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Então, descobriu qual o nível em que você está neste momento? E já está pronto para montar o seu currículo!

Aproveite para pesquisar em nosso banco de matérias mais informações sobre este assunto – temos muitas outras dicas para compartilhar com você!


Fontes: Xerpay, Vagas, Oficina da Net.

Comentários

Engenharia 360

Redação 360

Engenharia para todos.