Engenharia 360

O que é Biometano e qual a sua utilização na Engenharia?

Engenharia 360
por Redação 360
| 04/11/2022 | Atualizado em 06/11/2022 3 min

O que é Biometano e qual a sua utilização na Engenharia?

por Redação 360 | 04/11/2022 | Atualizado em 06/11/2022
Engenharia 360

Nos últimos anos, o governo federal tem lançado várias linhas de crédito para o mercado de biometano – criando o conceito “crédito de metano” -, além de incentivos fiscais para projetos neste setor. Um dos focos é geração de eletricidade – já que o insumo poderia ser injetado na malha de gasodutos. O Brasil tem hoje 44 usinas termelétricas a biogás em operação, segundo dados da Aneel. E, a saber, o biometano é um gás oriundo do biogás – só que tendo maior poder de combustão que o biogás. Saiba mais no texto a seguir!

A produção do biometano

O biometano (CH4) é obtido pela retirada de vapor de água, gás carbônico e sulfeto de hidrogênio. Como dito antes, trata-se de um combustível derivado do biogás – este, por sua vez, composto pelos gases carbono e metano – excelente combustível, com efeito estufa 20 vezes maior que o CO2 quando liberado para a atmosfera -, e produzido a partir de rejeitos orgânicos de atividades agropecuárias e antrópicas, por exemplo.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

biometano
Imagem reproduzida de Figener

Hoje, no Brasil, já existem 10 usinas de biometano. As mesmas encontram-se localizadas no Ceará, Rio de Janeiro, São Paulo e Paraná. Ainda existe a perspectiva de construção de novas usinas em São Paulo, Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Goiás, Mato Grosso e Mato Grosso do Sul. Nestes locais, o biogás passa por um processo de purificação, com redução do teor de gás carbônico, além de remoção de gás sulfídrico e teor de água. No fim, o que se tem é algo, em composição, parecido com gás natural – ou 90% de metano.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Hoje, no interior do nosso país, a maior oferta é de gás natural. Contudo, são nesses locais que encontramos mais da produção agropecuária – o melhor insumo. Por hora, o biometano só é considerado uma alternativa onde há malha de gasodutos disponível, ou seja, na zona da costa. Do contrário, se fosse possível unir ‘produção e demanda’ seria perfeito! Então, investir na interiorização deste produto, ou melhor dizendo, na descentralização do biometano, poderia ser bem interessante para o país.

biometano
Imagem reproduzida de Portal do Agronegócio

As aplicações do biometano

É preciso destacar que a qualidade do biocombustível no Brasil, assim como sua composição, é regulada por duas resoluções, publicadas em 2015 e 2017.

Por diferentes razões, todas as aplicações do insumo fóssil podem ser substituídas por biometano. Para começar, como combustível automotivo – apresentando comportamento semelhante ao GNV -, para ser usado no lugar da gasolina e do diesel em veículos leves e pesados. Aliás, o biometano pode ser 30% mais barato que o óleo diesel. E o biometano também pode ser usado como combustível em veículos do ciclo Otto – ou seja, em motores de combustão interna – e em veículos pesados dual-fuel, que usam diesel e gás natural.

Agora, uma segunda serventia: o biometano é fonte para a geração de energia elétrica, sim!

biometano
Imagem reproduzida de biometano energia

A mobilidade das cidades com biometano

Dizem que o biometano seria a melhor aposta para uma mobilidade sustentável para cidades inteligentes. Primeiro, porque pode contribuir para a diminuição da emissão de gases do efeito estufa, originados em grande excesso nos veículos movidos a combustíveis fósseis, derivados do petróleo. Outras vantagens seriam:

  • oferecer melhor destino para resíduos orgânicos;
  • fomentar uma economia mais sustentável;
  • ter custo justo para o consumo da energia;
  • e reduzir o lançamento de metano na atmosfera, amenizando os impactos no avanço do aquecimento global.

E, para finalizar, é a resolução da 08/2015 da Associação Natural de Petróleo (ANP) que controla a comercialização do biometano para uso de gás veicular (GNV) e para instalações residenciais destinado ao uso de gás veicular (GNV) e às instalações residenciais e comerciais.

biometano
Imagem reproduzida de EPBR

Fontes: Wikipédia, CI Biogás, Ecycle, Poder 360.

Engenharia 360

Redação 360

Somos uma equipe de apaixonados por inovação, com “DNA” na Engenharia. Nosso objetivo é mostrar ao mundo a presença e beleza das engenharias em nossas vidas e toda transformação que podem promover na sociedade.

Comentários

LEIA O PRÓXIMO ARTIGO

Continue lendo