Engenharia 360

ESCOLHA A ENGENHARIA
DO SEU INTERESSE

Digite sua Busca

Qual é o papel do engenheiro de produção no setor energético sustentável?

por Samira Gomes | 15/09/2020
Copiado!

A Engenharia de Produção também está presente na geração de energia, tornando os processos mais sustentáveis.

O propósito da sustentabilidade ambiental é conservar a integridade dos subsistemas ecológicos. O fornecimento de energia global está restrito, em sua maior parte, nas clássicas fontes de energias como petróleo, gás natural e carvão mineral, que além de poluentes, não são renováveis e inevitavelmente serão substituídas no futuro.

Nesse sentido, a Engenharia de Produção gerencia da maneira correta, efetiva e eficiente os aspectos de produção, a fim de desenvolver melhorias contínuas nos processos produtivos abrangendo produtos e/ou serviços. Sendo assim, o profissional dessa área deve corresponder à procura da sociedade, de forma que o meio ambiente não seja afetado, e produzir lucros para a organização paralelamente.

homem apoiado em placa de energia solar, usando um tablet, com capacete amarelo próximo a ele.
Imagem: Cristovao31 | Adobe Stock

Desafios para atingir a sustentabilidade

O setor energético é muito visto devido aos impactos negativos ocasionados no ecossistema e aos indivíduos, em consequência de projetos de grande dimensão, seja pelo desperdício ou pela ineficiência da produção e uso, característica do setor. Define-se eficiência energética como a habilidade de usar menos energia sem alterar a quantidade de iluminação, transporte, aquecimento e outros serviços fundamentados em energia.

homem segurando lâmpada em mãos representando a sustetabilidade
Imagem: Riccardo Annandele | Via Unsplash

Diferencialmente da matriz energética, que utiliza combustíveis fósseis para produzir eletricidade, a matriz energética brasileira é alicerçada na hidroeletricidade. Cenário que requer a implementação de opções energéticas, com o intuito de modificar o modelo que provocou crescimento em outros momentos, mas não acarretou no essencial desenvolvimento sustentável, em que é fundamental estimar as despesas ambientais e sociais.

Com o objetivo de alcançar a sustentabilidade, uma conversão de valores é primordial, isto é, necessita-se de um modo distinto de produção e consumo, tendo em vista que todos dependem dos sistemas naturais. Para otimizar o modelo de vida social e gerar desenvolvimento não é necessário destruir o meio ambiente.

Progressos gerenciais, institucionais, investigativos e tecnológicos precisam ser empregados para renovar, adicionar e efetuar as noções de sustentabilidade em todo o mundo, considerando que as complicações ambientais alcançaram uma escala global, a exemplo da redução da camada de ozônio e as mudanças climáticas.

mulher e homem conversando representando engenheiro (s) de produção
Imagem: This is Engineering | Via Unsplash

Gestão de processos para eficiência ambiental

Há muito tempo, os engenheiros de produção já reconheceram e atuam nessa área, sendo as limitações de sustentabilidade um dos grandes dilemas que envolve o trabalho desse profissional. São eles os responsáveis por elaborar e empregar métodos específicos para solucionar essas questões. Em alguns deles, como a análise do ciclo de vida do produto e certificações ambientais, esses profissionais têm tido um papel de destaque.

Ainda que essa área seja um ramo de atuação de outros profissionais, como engenheiros ambientais, a graduação em engenharia de produção contém uma visão sistêmica dos processos produtivos que possibilita atuar de modo diversificado, sobretudo nos problemas relativos à análise e desenvolvimento de interferências ambientais sistemáticas.

engenheiro de produção em indústria usando tablet
Imagem: Dusanpetkovic | Adobe Stock

Esses dilemas são consequências das fases de elaboração e desenvolvimento de um produto ou serviço e seu uso. Os impactos ambientais poderiam ser impedidos com táticas adequadas para a diminuição durante o projeto de criação. Nesse cenário, o engenheiro de produção atua na análise da ligação entre o sistema produtivo e o meio ambiente, procurando empregar tecnologias mais limpas nesse processo e usar matérias-primas que visem a não poluição.

Saiba, também, como a energia renovável ajuda no desenvolvimento de um país!

Referências: ABEPRO; CONCCEPAR

Você conhecia essa área de atuação do engenheiro de produção? Conta para a gente nos comentários!

Copiado!
Engenharia 360

Samira Gomes

Engenheira de Produção em formação no Vale do São Francisco. Nordestina fascinada pela escrita. Almeja levar Engenharia e Tecnologia a todos, por meio das palavras, pois acredita que a leitura é a principal ferramenta de aprendizagem.

Comentários