Engenharia 360

Quais as Notas de Corte para Engenharia em 2024?

Engenharia 360
por Redação 360
| 06/02/2024 | Atualizado em 09/02/2024 5 min
Imagem de Freepik

Quais as Notas de Corte para Engenharia em 2024?

por Redação 360 | 06/02/2024 | Atualizado em 09/02/2024
Imagem de Freepik
Engenharia 360

A Engenharia é uma profissão que sempre esteve e sempre estará em alta. Isso porque a Engenharia é uma atividade essencial para o desenvolvimento de um país. Com a grande necessidade de investimentos em infraestrutura e tecnologia no Brasil, essa torna-se uma boa escolha para os jovens no vestibular. Contudo, vale destacar que o ingresso no Ensino Superior é desafiador, especialmente em cursos mais concorridos por notas de corte. Veja mais a seguir, neste artigo do Engenharia 360!

O que são notas de corte?

Não poderíamos iniciar este artigo de outra forma. Precisamos esclarecer o que é esse "bicho de sete cabeças", que são as notas de cortes. Bem, trata-se de um modelo de pontuação mínima que um candidato precisa alcançar para ser selecionado em um curso específico, como Engenharia Elétrica, Engenharia Civil, Engenharia de Produção, etc.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

notas de cortes para engenharia
Imagem reproduzida site 'ENEM 2023'

Esse conceito é aplicado no Brasil como modelo de seleção, especialmente para Sisu, ProUni e FIES. Vamos apresentar um exemplo: digamos que você queira entrar na faculdade de Engenharia Mecânica da Universidade da sua cidade. Com base nos dados, a média geral necessária, perante os concorrentes, precisa ser de no mínimo 680 pontos se quiser fazer parte do Sisu. Já o ProUni poderia exigir 640 pontos para bolsa integral. E o FIES uma nota de 550 pontos.

Lembrando que as notas de cortes são uma referência para os candidatos, para poderem avalar suas chances de ingresso, podendo variar de acordo com o curso, instituição e modalidade de concorrência. E, nesse cenário, ainda é preciso compreender as reservas em ações afirmativas, como as previstas na Lei de Cotas.

A Engenharia está entre os cursos mais difíceis de passar no vestibular - perdendo apenas para Direito e Medicina. É preciso reforçar os estudos e ter pontuação mais alta nas seguintes matérias:

  • Redação
  • Linguagens
  • Códigos
  • Ciências Humanas
  • Ciências da Natureza
  • Matemática

Veja Também: 5 coisas que só quem é estudante de engenharia consegue entender

Como são aplicadas as notas de corte?

ENEM

O Exame Nacional do Ensino Médio, ENEM, é uma avaliação realizada pelo governo e que permite o acesso ao Ensino Superior de diversas universidades, tanto públicas quanto privadas. Suas notas de corte são geralmente altas. Mas o que você precisa saber agora é que, através deste exame, é possível concorrer a quatro processos seletivos: Sisu, ProUni, FIES e Ingresso Direto. E existe uma nota mínima do Enem necessária para entrar em cada um desses processos seletivos.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Observação: A nota mínima para conseguir financiar o curso de Engenharia pelo FIES é de 500 pontos, em média. As mais altas podem chegar a 700 pontos, enquanto as mais baixas ficam, no mínimo, exigindo 450 pontos.

notas de cortes para engenharia
Imagem de Dragana_Gordic em Freepik

Sisu

O Sisu é um Sistema de Seleção Unificada, mais um processo seletivo aplicado pelo governo e que utiliza a nota do ENEM como critério de seleção para vagas em universidades públicas. Vale destacar que a média geral para conseguir vagas pelo Sisu é de 680 pontos - com base nos últimos processos seletivos -, com a menor nota raramente ficando abaixo de 600 pontos e as maiores na casa dos 830.

A nota de corte média, por curso, é mais ou menos a seguinte:

  • Engenharia Civil: 700 pontos
  • Engenharia Mecânica: 690 pontos
  • Engenharia Elétrica: 680 pontos
  • Engenharia da Computação: 670 pontos
  • Engenharia de Produção: 670 pontos
  • Engenharia Sanitária: 650 pontos

ProUni

Prouni significa 'Programa Universidade para Todos', um programa do governo que oferece bolsas de estudo integrais e parciais em instituições privadas de ensino superior. Para Engenharia, a nota de corte no Prouni também varia, mas é geralmente menor do que as exigidas para ingresso pelo Sisu. A saber, a média de corte no ENEM para Engenharia pelo Prouni costuma estar em torno de 640 pontos, com a menor exigida em 450 e geralmente a maior ficando em 800 pontos.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Resumindo, o critério para seleção do Prouni é o desempenho no Enem mais recente. O processo de seleção no Prouni é totalmente informativo. Seu sistema recupera as notas do Enem e faz a classificação automática.

O segredo para conquistar uma vaga no ProUni é ficar de olho nas notas de corte! Vamos supor que a instituição do curso de Engenharia que você está visando oferece 5 bolsas de estudos. A primeira bolsa vai para quem obteve a maior nota, e assim por diante. A nota de corte corresponde ao valor do 5º colocado; se ele foi avaliado com 700 pontos, então você precisaria ter uma nota maior.

Observação: Recentemente, o MEC divulgou que, agora, candidatos que obtiverem média de 509,42 no Enem têm uma chance considerável de 53% de ingressar em cursos de graduação. Inclusive, alunos de escolas públicas podem concorrer em modalidades específicas, possibilitando escolha de vagas com critérios como renda familiar e raça, conforme enquadramento.

Tipos de notas de cortes no ProUni

No ProUni há dois tipos de notas de corte: parcial e final. O primeiro é calculado diariamente enquanto as inscrições estiverem abertas, considerando os candidatos do mesmo curso, turno, faculdade, campus e modalidade - é como um leilão, permitindo trocas de escolhas -, mas não garante a bolsa. Já o segundo serve para registro das informações, quando se gera a lista com os nomes dos aprovados.

A nota de corte média, por curso, é mais ou menos a seguinte:

  • Engenharia Aeronáutica: 530 pontos a 680 pontos.
  • Engenharia Agronômica: 452 pontos a 675 pontos.
  • Engenharia Ambiental: 456 pontos a 656 pontos. 
  • Engenharia Biomédica: 453 pontos a 647 pontos. 
  • Engenharia Civil: 450 pontos a 708 pontos. 
  • Engenharia da Computação: 463 pontos a 626 pontos.
  • Engenharia de Alimentos: 469 pontos a 620 pontos.
  • Engenharia de Computação: 452 pontos a 677 pontos.
  • Engenharia de Controle e Automação: 467 pontos a 681 pontos. 
  • Engenharia de Produção: 450 pontos a 714 pontos. 
  • Engenharia Eletrônica: 473 pontos a 633 pontos. 
  • Engenharia Elétrica: 455 pontos a 727 pontos.
  • Engenharia Mecatrônica: 461 pontos a 684 pontos. 
  • Engenharia Mecânica: de 452 pontos a 682 pontos. 
  • Engenharia Química: de 454 pontos a 677 pontos.

Faculdades que participam do ProUni

São alguns exemplos de instituições com vagas para alunos bolsistas em cursos de Engenharia pelo país:

  • Centro Educacional Anhanguera (Anhanguera)
  • Cruzeiro do Sul Virtual (à distância)
  • Universidade Cidade de São Paulo (UNICID)
  • Universidade de Franca (UNIFRAN)
  • Universidade Norte do Paraná (UNOPAR)
  • Pontifícia Universidade Católica (PUC)
  • Centro Universitário Braz Cubas
  • Centro Universitário Claretiano (CEUCLAR)
  • Centro Universitário da Grande Dourados (UNIGRAN)
  • Centro Universitário das Faculdades Metropolitanas Unidas (FMU)
  • Centro Universitário de Maringá (UNICESUMAR)
  • Centro Universitário Internacional (UNINTER)
  • Centro Universitário Leonardo da Vinci (UNIASSELVI)
  • Centro Universitário Maurício de Nassau (UNINASSAU)
  • Universidade de Caxias do Sul (UCS)
  • Universidade de Santo Amaro (UNISA)
  • Universidade de Uberaba (UNIUBE)
  • Universidade Estácio de Sá (UNESA)
  • Universidade Paulista (UNIP)
  • Universidade Potiguar (UNP)
notas de cortes para engenharia
Imagem de Freepik

Quais os cursos de Engenharia com as menores notas de corte no Brasil?

  • Sisu = Engenharia de Aquicultura: 580 pontos.
  • ProUni = Engenharia Civil: 583 pontos; Engenharia de Produção: 598 pontos.
  • FIES = Engenharia de Produção: entre 453 e 456 pontos; Engenharia Florestal: 473 pontos; Engenharia de Software: 474 pontos; Engenharia Civil: 570 pontos.

Veja Também:


Fontes: Guia da Carreira, Educa Mais Brasil.

Imagens: Todos os Créditos reservados aos respectivos proprietários (sem direitos autorais pretendidos). Caso eventualmente você se considere titular de direitos sobre algumas das imagens em questão, por favor entre em contato com [email protected] para que possa ser atribuído o respectivo crédito ou providenciada a sua remoção, conforme o caso.

Comentários

Engenharia 360

Eduardo Mikail

Somos uma equipe de apaixonados por inovação, liderada pelo engenheiro Eduardo Mikail, e com “DNA” na Engenharia. Nosso objetivo é mostrar ao mundo a presença e beleza das engenharias em nossas vidas e toda transformação que podem promover na sociedade.

LEIA O PRÓXIMO ARTIGO

Continue lendo