Engenharia 360

ESCOLHA A ENGENHARIA
DO SEU INTERESSE

Digite sua Busca

Micro energia eólica: Uma nova tecnologia para aliar a Energia solar residencial

por Beatriz Zanut Barros | 18/10/2019
Copiado!

Já pensou em energia eólica para alimentação de energia residencial? Pois é esta a função da micro energia eólica! Aumentar a capacidade da geração de energia solar residencial.

Atualmente, um prédio com placas de geração de energia solar tem capacidade para alimentar apenas três andares do edifício. Esta tecnologia nova, une placas de geração de energia solar, com mini geradores de energia eólica; Com isto, a capacidade de geração de energia pode chegar a no mínimo cinco andares do edifício.

A empresa que projetou esta tecnologia fica em Amsterdam, e se chama IbisPower. Já o nome da tecnologia que integra energia solar com eólica se chama PowerNEST.

Hoje, ja existem mais de 75 edifícios públicos na Europa com esta tecnologia. E mais de 2 mil instalações residenciais! Sendo que, nas instalações residenciais, a capacidade de energia gerada já alcança mais de 480 GWh por ano! Já para escritórios, e edifícios comerciais já existem mais de 50 mil produtos como este instalados. É ótimo ter uma visão sobre os números, porque temos uma noção melhor de que a tecnologia não está em fase de teste. E o melhor: Já está pronta para ser instalada!

Sabe como ela funciona?

Se nós colocarmos as placas de energia solar diretamente nos prédios e casas, apenas 70% da área do local será reaproveitada. Já integrando as placas fotovoltaicas com energia eólica, será necessário fazer uma estrutura de 4 metros acima do telhado. Como na foto abaixo:

Com isto, toda a estrutura do telhado da residência poderá ser aproveitada, além de contar com uma outra opção de geração para a área.

Abaixo das instalações de energia solar, será instalado as turbinas eólicas. E além disto, serão instalados funis que aumentarão a capacidade do telhado para produção de energia solar; E irá acelerar o fluxo entre as turbinas.

Através dos funis instalados, será retirado também o principal problema da geração de energia eólica: a turbulência causada pelas hélices!

Leia também:

Aquecimento Global pode tornar energia solar menos eficiente

3 impactos ambientais em fontes renováveis de energia

Como funcionam os sistemas híbridos de energia solar

Copiado!
Engenharia 360

Beatriz Zanut Barros

Engenheira de Energia formada em 2018 pela Universidade Presbiteriana Mackenzie. Mestranda em Energia Renovável pela Universitat Politècnica de Catalunya em Barcelona. Acredito que o conhecimento é tudo que possuímos, e sou apaixonada pelas novas tecnologias que além de melhorar a qualidade de vida da população, não prejudicam o meio ambiente.

Comentários