Engenharia 360

Confira imagens do Dogger Bank, o maior parque eólico do planeta

Engenharia 360
por Redação 360
| 16/08/2023 4 min
Imagem reproduzida de Aibel, em Tayrones Galvão LinkedIn

Confira imagens do Dogger Bank, o maior parque eólico do planeta

por Redação 360 | 16/08/2023
Imagem reproduzida de Aibel, em Tayrones Galvão LinkedIn
Engenharia 360

O maior parque eólico do planeta é o Dogger Bank Wind Farm, localizado no Reino Unido, a cerca de 130 km da costa de Yorkshire. Quando estiver completamente funcional, terá uma capacidade total de geração de energia de 3,6 GW. Vale destacar que as empresas envolvidas no desenvolvimento e construção do parque são SSE Renewables, Equinor e Vårgrønn (joint-venture entre Eni Plenitude e Hitec Vision). Ademais, as turbinas utilizadas no parque são as Haliade-X 13 MW da GE Renewable Energy. Confira outros destalhes no texto a seguir, do Engenharia 360!

Dogger Banks
Imagem reproduzida de Equinor, via Petróleo Hoje

Como as turbinas eólicas do parque Dogger Bank serão instaladas?

Na construção do parque Dogger Bank serão usadas as turbinas Haliade-X 277 da GE Renewable Energy, cada uma com 13 MW de potência. A instalação será realizada pelo navio Voltaire - o maior navio de elevação offshore do mundo -, que possui uma capacidade de elevação de 3,2 mil toneladas. No total, serão 277 turbinas eólicas, de 260 metros de altura - cada volta das lâminas de 107 metros de comprimento pode produzir energia suficiente para abastecer um ambiente domiciliar britânico por dois dias.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Dogger Banks
Imagem reproduzida de Dogger Banks, via Portal da Engenharia

Aliás, a construção do parque eólico Dogger Bank já começou, em 2020; a previsão é que seja concluída em 2026. O custo total da obra está estimado em 9 bilhões de libras (aproximadamente R$ 48 bilhões). E a fazenda eólica, depois de tudo, terá uma capacidade instalada de 3,6 GW e será capaz de fornecer eletricidade para cerca de seis milhões de residências.

Dogger Banks
Imagem divulgação SSE, via CNN Brasil
Dogger Banks
Imagem reproduzida de NCE, via Blog Canal da Engenharia

É importante dizer que o projeto do parque eólico Dogger Bank é uma iniciativa significativa do Reino Unido para reduzir suas emissões de carbono e alcançar a meta de gerar 30% de sua energia a partir de fontes renováveis até 2030. O projeto é uma joint-venture entre a desenvolvedora britânica SSE Renewables, Equinor e Vårgrønn.

Veja Também: Maravilhe-se com as imagens do maior complexo de energia solar do Brasil

Quais são os benefícios ambientais esperados da operação do Dogger Bank Wind Farm?

A extensão da fazenda eólica Dogger Bank, que se localiza no fundo do mar, ocupa uma área praticamente equivalente à dimensão da grande Londres, antes parte de uma ponte terrestre entre o Reino Unido e a Europa. O projeto, além disso, resultará em uma significativa redução das emissões de CO₂, equivalente à poluição gerada por cerca de 1,5 milhão de veículos a gasolina, com uma redução concomitante do consumo de recursos fósseis. Além disso, a fazenda eólica tem o potencial de minimizar a vulnerabilidade às oscilações nos preços dos combustíveis e de promover a segurança energética.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

A construção de um empreendimento como o Dogger Bank Wind Farm tem o propósito de catalisar, no futuro, a promoção da energia renovável no país, impelindo a migração para fontes de energia limpa e afastando a dependência de combustíveis fósseis, assim como mitigando as emissões de gases de efeito estufa. Adicionalmente, a iniciativa é prevista para estimular avanços na inovação tecnológica, instigando pesquisas e desenvolvimento de soluções mais eficazes para a geração de energia eólica, contribuindo para o avanço do setor.

Dogger Banks
Imagem reproduzida de Aibel, em Tayrones Galvão LinkedIn

A construção das bases submarinas e demais infraestrutura associada ao Dogger Bank Wind Farm oferece a possibilidade de criar habitats artificiais benéficos à vida marinha, desempenhando o papel de recifes artificiais e áreas de preservação. Além disso, no contexto de preservação ambiental, o projeto tem o potencial de gerar empregos verdes, particularmente em áreas como engenharia, manufatura, logística e manutenção, impactando positivamente a economia local e fomentando oportunidades de trabalho sustentáveis.

Sem dúvida, o parque de energia eólica representa um avanço importante nessa direção, colaborando para a geração de energia sustentável e para a autossuficiência energética da nação. Compartilhe suas opiniões sobre essa emocionante inovação na seção de comentários logo abaixo!

Veja Também:

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO


Fontes: Olhar Digital.

Imagens: Todos os Créditos reservados aos respectivos proprietários (sem direitos autorais pretendidos). Caso eventualmente você se considere titular de direitos sobre algumas das imagens em questão, por favor entre em contato com [email protected] para que possa ser atribuído o respectivo crédito ou providenciada a sua remoção, conforme o caso.

Comentários

Engenharia 360

Eduardo Mikail

Somos uma equipe de apaixonados por inovação, liderada pelo engenheiro Eduardo Mikail, e com “DNA” na Engenharia. Nosso objetivo é mostrar ao mundo a presença e beleza das engenharias em nossas vidas e toda transformação que podem promover na sociedade.

LEIA O PRÓXIMO ARTIGO

Continue lendo