Engenharia 360

ESCOLHA A ENGENHARIA
DO SEU INTERESSE

Digite sua Busca

Entregador usa mochila para procurar estágio em Engenharia

por Redação 360 | 26/03/2021

Além de entregador, João também já trabalhou como motorista de Uber e vendedor ambulante

É certo que a criatividade é atributo inato dos seres humanos. Em tempos de crise, sobretudo, ela pode ser um caminho para sua sobrevivência, assim como para perseguir seus sonhos. É o exemplo do que fez João dos Anjos, de Belo Horizonte (MG). João tem 27 anos e atualmente está no último período do curso de Engenharia Civil, numa faculdade particular onde tem bolsa integral. Além disso, para sobreviver e sustentar sua filha de quatro anos, o jovem trabalha como entregador.

“Eu sou apaixonado pela Engenharia, é algo que eu sempre fui apaixonado, sempre gostei muito. Então, enquanto eu puder escolher, vai ser isso. Essa é a profissão que eu quero ter como minha, então vou fazer o que eu puder.”

João dos Anjos
 João dos Anjos em moto com placa procurando estágio em engenharia civil na mochila de entregador

E justamente o sonho de atuar profissionalmente na Engenharia que o levou a trabalhar cerca de 10 horas diárias pilotando sua moto. A fim de encontrar trabalho na área, sua mochila de entrega circula por Belo Horizonte com o anúncio: “Procuro estágio em Engenharia Civil”.

Trabalho como entregador é trampolim para alcançar sonhos

Além de entregador, João também trabalhou como motorista de Uber e vendedor ambulante. Mas a paixão pela Engenharia nunca enfraqueceu por isso.

“Eu sempre fui muito apaixonado por Engenharia, sempre gostei muito da execução da obra. Quero evoluir na carreira”, relata o rapaz. “Importante mesmo é correr atrás”. Embora tenha feito outras atividades para se sustentar, foi o trabalho como entregador que lhe trouxe a ideia de anunciar a procura por estágio em sua área.

placa procurando estágio em engenharia civil na mochila de entregador na moto de João dos Anjos

“Vi na bag uma forma mesmo de chamar a atenção. Com essa dificuldade de conseguir alguma coisa, para cada vaga tem dezenas de candidatos e você precisa ter um jeito de chamar a atenção para o seu currículo.”

João dos Anjos

De fato, o propósito de chamar a atenção foi atingido. O anúncio foi visto, fotografado, publicado, e convites para entrevistas começaram a surgir. “Graças a Deus, depois que o pessoal postou, começou a dar muito resultado”, diz João.

O engenheiro João dos Anjos, 27 anos.
O engenheiro João dos Anjos, 27 anos.

Apesar da falta de incentivos, que o levou a trabalhar como entregador, o jovem já trabalhou duas vezes como concursado, em cargos públicos. Além disso, trabalhou em um empresa privada, na área de iluminação. No entanto, o agravamento da crise atual o fez procurar outros caminhos.

Fonte: Razões para Acreditar.

E você, o que acha desta história inspiradora? Se identificou com João? Conte nos comentários!

Engenharia 360

Redação 360

Engenharia para todos.

Comentários