Engenharia 360

ESCOLHA A ENGENHARIA
DO SEU INTERESSE

Digite sua Busca

Entenda como uma pessoa com deficiência visual usa o iPhone

por Clara Ribeiro | 15/03/2021

A Apple tem um bom leque de recursos de acessibilidade e, no que diz respeito à deficiência visual, por exemplo, eles não são poucos

Em 2020 completaram-se 30 anos da Lei dos Americanos Portadores de Deficiência (Americans with Disabilities Act, ou ADA). Por isso, a Apple fez questão de compartilhar neste momento histórias de pessoas com deficiência que utilizam produtos da empresa.

Sarah Herrlinger, diretora de política global de acessibilidade da empresa, ressalta em entrevista para a TechCrunch a importância que teve a Apple para as demais marcas de tecnologia também pensarem sobre o assunto.

“É fundamentalmente sobre cultura. Desde o início, a Apple sempre acreditou que acessibilidade é um direito humano e esse valor central ainda é evidente em tudo o que projetamos hoje.

O impacto histórico do iPhone como principal produto de consumo está bem documentado. O que é menos compreendido é como o iPhone e outros produtos nossos estão mudando comunidades com deficiência.

Com o tempo, o iPhone se tornou o dispositivo auxiliar mais poderoso e popular de todos os tempos. Ele quebrou o modelo do pensamento antigo, pois mostrou que a acessibilidade poderia de fato ser perfeitamente integrada a um dispositivo que todas as pessoas podem usar universalmente. (…)

Representação e inclusão são críticos. Acreditamos no mantra de muitas comunidades de pessoas com deficiência: ‘Nada sobre nós sem nós.’ Iniciamos uma equipe dedicada de acessibilidade em 1985, mas, como tudo em inclusão, acessibilidade deve ser o trabalho de todos na Apple.”

Sarah Herrlinger
iphone para deficiência visual
Créditos: Phil Schiller

Marca disponibiliza recursos para quem tem deficiência visual

De fato, a Apple tem um bom leque de recursos de acessibilidade. No que diz respeito às deficiências visuais, por exemplo, eles não são poucos.

Na mesma época da ADA, em meados de 2020, um vídeo publicado por Kristy Viers impressionou o mundo:

A mulher demonstra como ela faz para usar seu iPhone normalmente no dia-a-dia. Como podemos perceber, é fundamental o recurso chamado Voice Over, que é o principal guia para a utilização do smartphone.

Além disso, recursos em braile e conteúdos falados possibilitam perfeitamente seu uso. O sistema do celular também dispõe de vários mecanismos de lupa, aumentando caracteres e imagens da maneira que for preciso.

De qualquer modo, impressiona a velocidade com que ela realiza todos os comandos, e podemos ver que a tecnologia realmente consegue transpor fronteiras.

E então, gostou de saber mais sobre isso? Deixe a sua opinião e continue acompanhando as postagens!

Engenharia 360

Clara Ribeiro

Jornalista especializada em arquitetura e engenharia. Ávida consumidora de informação; viciada em produzir conteúdo; amante das letras, das artes e da ciência.

Comentários