Engenharia 360

ESCOLHA A ENGENHARIA
DO SEU INTERESSE

Digite sua Busca

Engenharia 360

Que tal tomar um banho demorado e gastar apenas 10 litros de água?

Engenharia 360
por Larissa Fereguetti
| 01/07/2015 3 min

Que tal tomar um banho demorado e gastar apenas 10 litros de água?

por Larissa Fereguetti | 01/07/2015
Copiado!

Não é a primeira vez que falamos do engenheiro mecatrônico Pedro Ricardo Paulino, que já foi noticiado aqui no BDE pela criação de uma máquina que “fabrica” água. Agora, ele inventou um chuveiro que permite tomar longos banhos com apenas 10 litros de água.

Imagem: folha.uol.com.br

Imagem: folha.uol.com.br



A engenhoca tem como base um processo de filtração feita em velocidade suficiente para abastecer o chuveiro e gastar uma pequena quantidade de água. Assim que é utilizada, a água passa por dois filtros, sendo posteriormente pressurizada por uma bomba e filtrada mais duas vezes. A água vai para um reservatório onde recebe um processo de desinfecção por raios ultravioletas e ozônio. Para ter uma ideia sobre a economia de água, um chuveiro convencional possui uma vazão entre 5 a 25 litros de água por minuto, dependendo do modelo. Comparando o limite inferior, de 5 L/min, um banho de dois minutos em um chuveiro convencional gasta a mesma quantidade de água que em um banho demorado no chuveiro de Pedro Paulino.
Imagem: folha.uol.com.br

Imagem: folha.uol.com.br


O preço dos filtros é de 300 a 400 reais. O chuveiro será vendido por R$8000,00 o modelo mais barato e R$25000,00 o mais caro, que possui luzes de LED e acabamento em aço inox e policarbonato. Além de economizar água, a invenção ainda economiza 70% de energia quando comparado a chuveiros convencionais.
Fora do Brasil vários produtos semelhantes estão conquistando o mercado. A Orbital System, uma empresa da Suécia, desenvolveu um chuveiro capaz de economizar 90% de água e 80% de eletricidade. Além de filtrar e bombear a água utilizada durante o banho, ele armazena parte do aquecimento em seu interior, proporcionando a economia de energia.
Imagem: informedmeateater.com

Imagem: informedmeateater.com


Leia também: 12 engenhocas para economizar água 


 
A invenção sueca foi nomeada “Shower of the Future” e conta com um sistema de filtração que, de acordo com o site da empresa, o nível de pureza da água é superior ao da água fornecida em algumas torneiras. A tecnologia do chuveiro é semelhante à utilizada por astronautas no espaço.

Imagem: orbital-systems.com

Imagem: orbital-systems.com


 
A tendência é de que mais invenções sustentáveis sejam criadas. No Brasil, a falta de água que afeta algumas regiões é um fator motivador. Ter produtos nacionais é uma vantagem, tendo em vista a maior acessibilidade aos mesmos. Além do chuveiro, vários dispositivos simples e baratos de economia de água e energia podem ser encontrados a venda na internet. Vale lembrar que para economizar água também é essencial ter atitude. Não adianta poupar água no banho e desperdiçá-la “varrendo” seu quintal com água enquanto você poderia utilizar uma vassoura, por exemplo.
Referências: Folha de São Paulo; Orbital System; Shower of the Future; The Guardian.

Copiado!
Engenharia 360

Larissa Fereguetti

Doutoranda, mestre e engenheira. Fascinada por tecnologia, curiosidades sem sentido e cultura (in)útil. Viciada em livros, filmes, séries e chocolate. Acredita que o conhecimento é precioso e que o bom humor é uma ferramenta indispensável para a sobrevivência.

Artigo Anterior
Próximo Artigo

Comentários