Engenharia 360

Bio-arquitetura em Destaque: O Edifício Ecológico Feito de Sal, Girassóis e Urina Reciclada

Engenharia 360
por Simone Tagliani
| 23/06/2023 4 min
Imagem reprodução Twitter @Furmadamadam, Adrian Deweerdt (LUMA), via Designboom

Bio-arquitetura em Destaque: O Edifício Ecológico Feito de Sal, Girassóis e Urina Reciclada

por Simone Tagliani | 23/06/2023
Imagem reprodução Twitter @Furmadamadam, Adrian Deweerdt (LUMA), via Designboom
Engenharia 360

Neste texto do Engenharia 360, queremos apresentar um lindo ateliê localizado no sul da França que foi feito com materiais sustentáveis, sendo um excelente exemplo de Bio-arquitetura. O mesmo faz parte do centro cultural Luma Arles, um campus de arte contemporânea criado por Maja Hoffmann, uma colecionadora bilionária suíça e herdeira da farmacêutica Roche. Certamente você nunca viu um projeto assim! Mais informações e imagens a seguir!

Entendendo o conceito de Bio-arquitetura

A bio-arquitetura busca constantemente soluções inovadoras e sustentáveis para a construção de edifícios.

edifício ecológico Le Magasin Électrique
Imagem reprodução Twitter @Furmadamadam, Adrian Deweerdt (LUMA), via Designboom

Esse modelo de Arquitetura utiliza técnicas como o uso de materiais sustentáveis, como madeira certificada e bambu, e incorpora sistemas de energia renovável, como painéis solares e turbinas eólicas. Além disso, ela integra elementos naturais, como jardins verticais e telhados verdes, e utiliza sistemas de captura e reutilização de água da chuva. Nesse sentido, o design bioclimático é planejado levando em consideração o clima local, a orientação solar e a ventilação natural, visando otimizar o conforto térmico e reduzir o consumo de energia.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Veja Também:

Engenharia Urbana vs. Arquitetura Urbana: semelhanças, diferenças e possibilidades de atuação

Confira imagens do impressionante arranha-céu em Singapura que abriga floresta urbana

Conhecendo o edifício ecológico Le Magasin Électrique

O ateliê, chamado de Le Magasin Électrique, é uma construção experimental desenvolvida por um coletivo de Londres chamado Assemble e pelo escritório belga BC Architects. Nas suas proximidades, como parte do centro cultural Luma Arles, há um parque de 10 hectares, que inclui uma torre assinada por Frank Gehry e vagões de trem do século XIX convertidos em salas de exposições.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Mas, neste texto, queremos enfatizar mesmo as características do ateliê, que utiliza materiais bio-arquitetônicos, como maçanetas, luminárias e painéis de revestimento de sal, auxiliando na eliminação de germes; painéis feitos de girassóis, para proporcionar conforto acústico; móveis de Fallopia japonica e corantes feitos de urina reciclada.

A construção foi inspirada no Teatro Oficina de São Paulo e é considerada a peça mais radical do complexo, representando um exemplo do futuro da bio-arquitetura.

edifício ecológico Le Magasin Électrique
Imagem reprodução Twitter @Furmadamadam, Adrian Deweerdt (LUMA), via Designboom
edifício ecológico Le Magasin Électrique
Imagem reprodução Twitter @Furmadamadam, Adrian Deweerdt (LUMA), via Designboom

Veja Também: Topografia Operativa: Repensando a Construção e a Preservação de Espaços Verdes

Durante as obras do Le Magasin Électrique, fez-se o uso de muitas técnicas sustentáveis, como a reutilização de telhas quebradas no piso e a utilização de taipa nas paredes internas, feitas com detritos de demolição, pó de calcário e argila branca. Além disso, o ateliê incorpora sistemas de reciclagem de água, incluindo um sistema de filtragem baseado em algas para a urina, e utiliza plantas cultivadas para produção de corantes. No exterior do edifício, foram cultivadas plantas para a produção de corantes, todas regadas com água reutilizada, incluindo o resíduo líquido dos banheiros, que é separado e filtrado por um sistema à base de algas.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Enfim, o Le Magasin Électrique, por ser uma construção experimental, serve de testes para esses materiais bio-arquitetônicos e tem como objetivo ser um ambiente em constante transformação, continuando a ser um espaço de testes para novos materiais e soluções sustentáveis.

edifício ecológico Le Magasin Électrique
Imagem reprodução Twitter @Furmadamadam, Adrian Deweerdt (LUMA), via Designboom

Outros exemplos de bio-arquitetura

A bio-arquitetura é uma abordagem na arquitetura que busca integrar princípios e elementos da natureza no projeto e na construção de edifícios sustentáveis e saudáveis. Ela valoriza a utilização de materiais e técnicas de construção que minimizam o impacto ambiental e promovem a harmonia com o meio ambiente.

Alguns exemplos bem-sucedidos de bio-arquitetura incluem:

The Edge, em Amsterdã, Holanda

Este edifício é considerado o prédio de escritórios mais sustentável do mundo. Ele incorpora recursos avançados de eficiência energética, como painéis solares, sistemas de iluminação inteligente e controle de climatização baseado em sensores.

arquitetura sustentável
Imagem reproduzida de C4Real

One Central Park, em Sydney, Austrália

Esse empreendimento residencial apresenta uma fachada coberta por plantas verticais, que ajuda a melhorar a qualidade do ar e reduzir o consumo de energia. Ele também utiliza água da chuva para irrigação e painéis solares para geração de energia.

arquitetura sustentável
Imagem reproduzida de Sardaka, via Wikipedia - https://en.wikipedia.org/wiki/One_Central_Park#/media/File:(1)Central_building_Broadway_Sydney-1.jpg

The Bullitt Center, em Seattle, EUA

Trata-se de um edifício comercial que é um modelo de design sustentável. Ele possui um sistema avançado de energia solar, captura e reutiliza água da chuva, utiliza materiais de construção ecologicamente corretos e enfatiza a iluminação natural e a ventilação cruzada.

arquitetura sustentável
Imagem reproduzida de bullittcenter.org

Veja Também:


Fontes: Revista Casa e Jardim, DesignBoom.

Imagens: Todos os Créditos reservados aos respectivos proprietários (sem direitos autorais pretendidos). Caso eventualmente você se considere titular de direitos sobre algumas das imagens em questão, por favor entre em contato com [email protected] para que possa ser atribuído o respectivo crédito ou providenciada a sua remoção, conforme o caso.

Comentários

Engenharia 360

Simone Tagliani

Graduada nos cursos de Arquitetura & Urbanismo e Letras Português; técnica em Publicidade; pós-graduada em Artes Visuais, Jornalismo Digital, Marketing Digital, Gestão de Projetos, Transformação Digital e Negócios; e proprietária da empresa Visual Ideias.

LEIA O PRÓXIMO ARTIGO

Continue lendo