Engenharia 360

ESCOLHA A ENGENHARIA
DO SEU INTERESSE

Digite sua Busca

É possível minerar asteróides?

Engenharia 360

2 min

POR Colaboradores BDE 05/12/2013

É possível minerar asteróides? Segundo a Planetary Resources, a primeira (e por enquanto única) empresa de mineração espacial, a resposta é sim!

Planetary Resources

Segundo o site oficial, a missão da Planetary Resources é “trazer os recursos naturais do espaço para esfera de influência econômica da humanidade, impulsionando nosso futuro para o século 21 e além”. Algo bem audacioso, não acham?
E não para por aí. Vejam uma parte do grupo de cientistas e investidores que estão juntos nesta empreitada:

  • Larry Page e Eric Schmidt (fundadores do Google);
  • James Cameros (diretor de cinema);
  • Charles Simonyi (ex-chefe de arquitetura de software da Microsoft);
  • e a lista é longa…

Eles pretendem criar robôs comerciais de baixo custo que possam explorar asteróides e determinar sua posição, composição e acessibilidade de recursos. Depois estes recursos serão enviados para a Terra, e segundo eles “aumentar o PIB global”.

Os asteróides foram os primeiros corpos celestes que surgiram durante a formação do Sistema Solar, e estão bem espalhados: alguns estão perto do Sol, outros de Netuno. Cerca de 9000 passam perto da Terra (mas a cada ano são descobertos aproximadamente 1000 asteróides). Cerca de 1500 são facilmente acessíveis da Terra. Alguns contém uma grande concentração de água (que pode dar suporte à um grande programa espacial) e outros com uma grande quantidade de metais precioso (como ouro e platina).

O primeiro passo do programa de exploração da Planetary Resources é o lançamento de satélites prospectores, chamados de série Arkyd 100.

Arkyd 100

O Arkyd 100 é o primeiro telescópio prospector da Planetary Resources. Ele ficará na órbita da Terra analisando os asteróides que tem algum valor econômico. Mas não é só isso: ele é o primeiro telescópio espacial onde pessoas de várias parte do mundo (inicialmente, as que contribuíram para a arrecadação de mais de 1 milhão de dólares no Kickstarter para a construção do telescópio) terão a chance de usar um telescópio espacial e poderem observar o espaço em altíssima resolução. Isso é algo extraordinário, pois dá acesso a estudantes, cientistas e exploradores do mundo todo à uma tecnologia de milhões de dólares.
[youtube //www.youtube.com/watch?v=uzM18tiR5B0]
E vocês, também estão empolgados com uma empresa que parece ter saído dos filmes de ficção científica?
Links:

 


+ Texto por Douglas Moura. Estudante de Engenharia Civil, saxofonista amador e programador auto-didata, acredita que pode mudar o mundo um passo de cada vez. Ama jazz, software livre e ciências exatas.


Quer ter seu texto publicado aqui? Nos envie por email para contato@engenharia360.com e se o conteúdo for aprovado nós publicamos!

exploração espacial
mineração espacial
Planetary Resources

Colaboradores BDE

mais
Imagem padrão usuário Engenharia 360

VEJA TAMBÉM

6 Resultados
Tesla está trabalhando em ventiladores pulmonares feitos com partes de carros
6 dicas para otimizar seu home office | Lista 360
Robô delivery de medicamentos desenvolvido pela USP pode evitar contágio por coronavírus
Bioesterelizador desenvolvido em universidade paraibana pode atuar como mais uma frente contra coronavírus
O que é desinfecção ultravioleta e como esse conceito está sendo usado na pandemia de coronavírus
Como machine learning pode ajudar a driblar a resistência a antibióticos?
Podcast 360
Ouça ou baixe podcasts
exclusivos da engenharia
Ver Todos

RECOMENDAMOS PARA VOCÊ