Engenharia 360

Adensamento do concreto: TUDO o que você precisa saber

Engenharia 360
por Redação 360
| 11/05/2023 | Atualizado em 15/05/2023 4 min
Imagem de ArtPhoto_studio em Freepik

Adensamento do concreto: TUDO o que você precisa saber

por Redação 360 | 11/05/2023 | Atualizado em 15/05/2023
Imagem de ArtPhoto_studio em Freepik
Engenharia 360

O adensamento do concreto é um aspecto essencial no processo de construção civil que requer atenção cuidadosa e compreensão completa por parte dos engenheiros. Neste texto do Engenharia 360, discutiremos a importância do adensamento adequado, os diferentes métodos disponíveis e os fatores que influenciam a escolha da abordagem correta. Além disso, examinaremos os equipamentos e ferramentas utilizados no processo, destacando as melhores práticas e os erros comuns a serem evitados.

O que é o adensamento do concreto?

O adensamento do concreto é um processo realizado durante a fase de betonagem na construção civil, que envolve a vibração contínua e enérgica do concreto durante e imediatamente após a sua aplicação. O objetivo desse processo é movimentar o material de forma a reduzir o número de bolhas de ar e excesso de água no interior do concreto, obtendo assim uma massa compacta e densa.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

O adensamento do concreto é importante porque melhora a durabilidade e impermeabilidade do material. Ao eliminar os espaços vazios e bolhas de ar, melhora-se o contato do concreto com as fôrmas e as ferragens, aumentando a aderência e a densidade do concreto. Isso contribui para aumentar a sua impermeabilidade, prevenindo a degradação das ferragens e evitando infiltrações no concreto.

adensamento do concreto
Imagem de ArtPhoto_studio em Freepik

Existem dois métodos principais de adensamento do concreto: manual e mecânico. No adensamento manual, o concreto é compactado para empurrar o concreto para baixo, comprimi-lo e expulsar o ar incorporado. Esse método é utilizado em camadas do material, e o número de golpes aplicados é mais importante do que a energia aplicada. Já o adensamento mecânico, com auxílio de máquinário, é o método mais indicado, especialmente em obras de médio e grande porte.

Veja Também: Domine como fazer o controle da resistência à compressão do concreto

Por que é importante realizar o adensamento do concreto?

O adensamento do concreto é um processo essencial na construção civil, pois traz várias vantagens e contribui para a qualidade e durabilidade da estrutura. A seguir, vamos revisar quais as principais razões pelas quais o adensamento é importante são:

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Eliminação de vazios e bolhas de ar

Durante o adensamento, o concreto é movimentado de forma a reduzir a presença de vazios e bolhas de ar em seu interior. Isso resulta em um concreto mais compacto e denso, evitando problemas como a permeabilidade e melhorando a aderência com as armaduras.

Aumento da durabilidade

O adensamento adequado do concreto melhora sua impermeabilidade, reduzindo a possibilidade de penetração de água, agentes corrosivos e elementos prejudiciais. Isso contribui para a durabilidade da estrutura e evita danos a longo prazo.

Melhora a resistência mecânica

O adensamento adequado auxilia no arranjo interno dos agregados, aumentando a densidade do concreto. Isso melhora sua resistência mecânica, tornando-o mais capaz de suportar cargas e deformações sem sofrer danos.

Evita a segregação dos componentes

Durante o adensamento, o concreto é movimentado de forma a evitar a segregação dos seus componentes, ou seja, a separação dos agregados e da pasta de cimento. Isso resulta em uma mistura homogênea e uniforme, garantindo a qualidade do concreto final.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

A frequência e a amplitude adequadas para o adensamento do concreto variam de acordo com a trabalhabilidade do material e o tipo de equipamento utilizado. No caso de adensamento mecânico com vibradores de imersão, a frequência geralmente varia entre 6.000 e 12.000 vibrações por minuto, enquanto a amplitude varia de 0,5 a 2,5 mm.

Quais problemas podem ocorrer se o adensamento não for realizado adequadamente?

O adensamento adequado do concreto é crucial para evitar problemas como porosidade, desuniformidade e baixa resistência. Quando o adensamento não é feito corretamente, pode justamente haver falta de aderência entre o concreto e a ferragem, aumentando o risco de corrosão.

Além disso, a permeabilidade do concreto aumenta, o que permite a entrada de água e agentes prejudiciais, levando à deterioração prematura da estrutura. Fissuras e deformações também podem ocorrer devido à variação de volume durante a cura. Portanto, o adensamento adequado é essencial para garantir a qualidade do concreto, especialmente próximo à ferragem.

Como é feito o adensamento do concreto, na prática?

O adensamento do concreto consiste na movimentação do material até se tornar uma massa de concreto compacta e densa. Como dito antes, esse processo pode ser realizado de forma manual ou de forma mecânica.

Adensamento Manual

Manualmente, o adensamento do concreto pode ser feito por socamento ou apiloamento, utilizando peças de madeira ou barras de aço.

Em tal processo, o concreto é "empurrado" para baixo, processo que falicita a expulsão do ar incorporado. Mas, nesse caso, o adensamento deve ser realizado por camadas do material - com espessura máxima de 15 a 20 cm -, com espessuras específicas dependendo da trabalhabilidade do concreto. E por apresentar baixa eficiência, é recomendado apenas para casos de emergência ou locais de pouca importância.

adensamento do concreto
Imagem de wirestock em Freepik

Adensamento Mecânico

O adensamento mecânico já é mais indicado para obras de médio e grande porte. Os vibradores de imersão são amplamente utilizados nesse método. Eles consistem em uma fonte de energia, como um motor, e uma agulha vibrante que é inserida no concreto. A frequência e amplitude do vibrador dependem da plasticidade do concreto, dimensões da peça e massa do concreto a ser adensado. O tempo de vibração varia de acordo com a trabalhabilidade do concreto. O comprimento da agulha deve ser de aproximadamente ¾ da espessura da camada de concreto a ser adensada.

Além dos vibradores de imersão, também existem vibradores externos, como mesas vibratórias, vibradores de parede de fôrmas e rolos compactadores vibratórios. Esses vibradores são fixados à parede da fôrma e evitam o contato direto com o concreto. Eles são utilizados em situações específicas, como quando há risco de danificar a cabeça de um vibrador interno.

Veja Também:


Fontes: Engenharia Civil, OrçaFascio.

Imagens: Todos os Créditos reservados aos respectivos proprietários (sem direitos autorais pretendidos). Caso eventualmente você se considere titular de direitos sobre algumas das imagens em questão, por favor entre em contato com [email protected] para que possa ser atribuído o respectivo crédito ou providenciada a sua remoção, conforme o caso.

Comentários

Engenharia 360

Eduardo Mikail

Somos uma equipe de apaixonados por inovação, liderada pelo engenheiro Eduardo Mikail, e com “DNA” na Engenharia. Nosso objetivo é mostrar ao mundo a presença e beleza das engenharias em nossas vidas e toda transformação que podem promover na sociedade.

LEIA O PRÓXIMO ARTIGO

Continue lendo