Engenharia 360

Futuristas, essas 10 cidades planejadas têm os projetos mais ambiciosos do mundo

Engenharia 360
por Simone Tagliani
| 19/09/2022 | Atualizado em 30/11/2022 5 min

Futuristas, essas 10 cidades planejadas têm os projetos mais ambiciosos do mundo

por Simone Tagliani | 19/09/2022 | Atualizado em 30/11/2022
Engenharia 360

O momento que você começou a ler este texto já está no passado. Ou seja, já vivemos o futuro a cada novo instante. Mas também precisamos olhar mais a frente, para um momento mais adiante da nossa história. Isso chama-se resiliência; pensar em como podemos administrar melhor o caminhar do hoje para termos um amanhã melhor, levando principalmente em consideração o crescimento das populações. E uma das respostas está no planejamento urbano voltado à sustentabilidade.

Os dez projetos apresentados a seguir são uma amostra de como o futuro realmente pode ser. Dizem que estes são planos altamente ambiciosos. Alguns especialistas até afirmam ser uma utopia. Veja por quê!

1. The Line

cidades inteligentes
Imagem reproduzida de TSF

Começamos com um projeto polêmico para a Arábia Saudita, do escritório de arquitetura Neom, que ganhou destaque nas redes sociais recentemente – inclusive, noticiamos sobre ele dentro do 360. Seria uma grande cidade para 9 milhões de pessoas, montada dentro de uma estrutura linear; um edifício com 170 km de comprimento, 500 metros de altura e apenas 200 metros de largura, com um sistema próprio de transporte facilitado para conectar as extremidades em 20 minutos.

2. Telosa

cidades inteligentes
Imagem reproduzida de Dezeen

O estúdio BIG, do famoso arquiteto dinamarquês Bjarke Ingels, pensou num plano para uma cidade no meio do deserto dos Estados Unidos – o local exato ainda não foi escolhido. A mesma seria construída com ajuda dos investimentos do bilionário Marc Lore, dono da NBA, de basquete. A promessa é que essa seja a cidade mais sustentável do mundo – se bem que veremos isso sendo dito sobre muitos outros projetos desta lista!

3. BiodiverCity

cidades inteligentes
Imagem reproduzida de Office Connection

Outra cidade do mesmo estúdio, BIG, mas agora para a Malásia. Seriam três ilhas artificiais, somando 1800 hectares, com um anel de proteção ecológica ao redor de cada e com construções erguidas com uma mistura de bambu, madeira e concreto, que se pretende fabricar à partir de materiais reciclados.

4. Nova Capital Administrativa

cidades inteligentes
Imagem reproduzida de Cimento Itambé

Agora, vamos falar do projeto privado para masterplan de 700 km – com direito a um dos maiores parques do mundo – de uma nova cidade para o Egito. Diferente dos demais planos citados antes, este realmente está em fase de construção. A ideia é aliviar a capital Cairo, que está sofrendo demais com a urbanização, sobretudo em termos de congestionamento de veículos e falta de novas ofertas de moradia para seus habitantes.

5. Amaravati

cidades inteligentes
Imagem reproduzida de The Hindu Business Line

Importantes empresários e políticos prometem que esta será a nova capital do estado de Andhra Pradesh, na Índia. Mas assim como o primeiro exemplo deste texto, esta cidade também terá uma organização diferenciada, em torno de um prédio administrativo em formato de topo de agulha. A melhor parte é que, de acordo com os planos, mais da metade do seu território será de zonas verdes ou de lagos. A ideia está sendo elaborada pelo famoso escritório Foster + Partners, do Reino Unido.

6. Smart Forest City

cidades inteligentes
Imagem reproduzida de Eukalypton

A badalada Cancun, no México, deve receber, em breve, um agregado em seu território, a Smart Forest City. Seria, dentro de uma malha urbana, como um grande jardim botânico com tecnologia inteligente inspirado na cultura maia, abrigando quase 8 milhões de espécies de plantas e árvores, sendo capaz de absorver totalmente o carbono liberado na área pelas atividades humanas.

7. The Orbit

cidades inteligentes
Imagem reproduzida de Dezeen

A cidade The Orbit está sendo desenhada pela empresa Toronto Partisans para o seu país natal, o Canadá. A ideia é transformar uma zona agrícola através da tecnologia e todos os benefícios oferecidos pela fibra óptica, drones e veículos autônomos. Seria uma ampliação do conceito de cidade-jardim, tão estudado pelos arquitetos e urbanistas, e que surgiu na Europa do século XX.

8. Maldivas Floating City

cidades inteligentes
Imagem reproduzida de ArchDaily

As Ilhas Maldivas são muito conhecidas pelos instagramers, destino de férias de muitos brasileiros. Suas paisagens são lindíssimas, mas gravemente ameaçadas pelo aumento do nível dos oceanos nos últimos anos, em decorrência do aquecimento global. As previsões não são boas, apontando que a área possa ficar inabitada nos próximos vinte ou trinta anos. Nos planos de contingência do governo está a parceria com a empresa Waterstudio, dos Países Baixos, para a construção dessa cidade flutuante de estruturas hexagonais em uma lagoa perto da capital. Seria, de fato, a primeira cidade-ilha flutuante do mundo!

9. Chengdu Future City

cidades inteligentes
Imagem reproduzida de gmp Architekten

O Office for Metropolitan Architecture (OMA), da Holanda, foi contratado pelo governo chinês para o planejamento da cidade sem carros Chengdu Future City, próxima da província de Sichuan. A mesma será dividida em seis zonas distintas, com um projeto paisagístico para se misturar com a skyline natural circundante. O ponto mais admirado deste plano são as estratégias para rede de mobilidade inteligente, que contaria até com carros autônomos.

10. Innovation Park

cidades inteligentes
Imagem reproduzida de Architects Zone

Para finalizar, vamos comentar sobre, certamente, a ideia mais ambiciosa desta lista, que é a do estúdio Ehrlich Yanai Rhee Chaney Architects e Tom Wiscombe Architecture para o deserto de Nevada. Sua equipe está atendendo a um pedido de Jeffrey Berns, que é um magnata das criptomoedas nos Estados Unidos. A intenção é explorar a tecnologia dos criptoativos – blockchain – para criar uma cidade inteligente. Mas, atenção para a parte mais polêmica dessa história: Jeffrey quer criar uma comunidade onde as pessoas possam depositar, votar e armazenar dados sem o envolvimento de governos ou terceiros.


Não sei de vocês, mas, analisando essas ideias, tive a impressão de que estamos continuando a errar. Lamentavelmente, desacredito de todas estas propostas – pensando que, passados séculos, não obtivemos a paz e a harmonia, a ordem e o progresso, na Terra. E destaco que, enquanto falamos em criar cidades sustentáveis, continuamos desrespeitando desenfreadamente o meio ambiente. Como você sabe, não existe futuro para a vida na Terra sem água, sem florestas, sem animais. Por favor, que não nos esqueçamos disso nesta equação; que não coloquemos, de modo egoísta, o ser humano no topo desta lista, pois não bastará!


Fonte: Casa Cor.

Engenharia 360

Simone Tagliani

Graduada em Arquitetura & Urbanismo e Letras; técnica em Publicidade; pós-graduada em Artes Visuais e Jornalismo Digital; estudante de Marketing; e proprietária da empresa Visual Ideias.

Comentários

LEIA O PRÓXIMO ARTIGO

Continue lendo