Engenharia 360

ESCOLHA A ENGENHARIA
DO SEU INTERESSE

Digite sua Busca

Casa em formato de bunker é projetada para ser indestrutível

por Redação 360 | 16/03/2021

A iniciativa parte da observação de que o mundo está mudando, sobretudo os jovens, que querem cada vez mais perseguir suas aspirações pessoais e explorar o mundo

Elaborada pela empresa Grandio, de origem argentina, a HÜGA House pode ser “instalada” em apenas um dia, sem necessidade de uma fundação. Além disso, a casa feita de concreto pré-moldado tem 45 m², e é projetada para ser indestrutível.

Inspirada pelas paisagens da Patagônia, a casa proporciona resistência suficiente para conter desde nevascas até altas umidades. De acordo com os arquitetos, pode inclusive ficar intacta depois de um incêndio.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Os modelos disponíveis da casinha são com um ou dois dormitórios. Fora este detalhe, ambas as opções contém um mezanino suplementar, banheiro, armário embutido, cozinha e uma sala dupla (que pode ser dividida como sala de estar e de jantar).

HÜGA House, parte frontal
Frente da HÜGA House

Casa HÜGA é “portátil”

O novo lançamento da Grandio já está em pré-venda nos Estados Unidos. O produto é primeiramente fabricado e depois instalado no lugar de preferência do cliente, em apenas 24 horas. Ademais, a pequena casa pré-fabricada não requere fundação. Por isso, é exequível a ideia de uma casa “portátil”. Afinal, não havendo fundação, é possível que seja transportada novamente para lugares diversos.

A casa é resultado de dois anos de trabalho, contando com uma equipe multidisciplinar de profissionais. Somado a isso, os 77 anos da empresa contribuíram para o sucesso do protótipo. Assim, por meio da inovação na tecnologia e no design, a casa atingiu o objetivo de ser não só portátil, como também adaptável e resistente a ambientes diferentes, inclusive os mais hostis.

Esta característica se alinha com o conceito que inspirou a Grandio para a criação da nova casa. Com a premissa de ser uma “casa do futuro”, a HÜGA House traz à tona alguns fenômenos sociológicos atuais, como o êxodo urbano e o nomadismo digital. Não à toa, as “tiny homes” (casas pequenas) apontam uma forte tendência para os anos futuros.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

HÜGA House sendo transportada
Parte interna da casa
Planta - parte interna

Conceito dinamarquês inspira empresa

A iniciativa da Grandio parte da observação de que o mundo está mudando. Sobretudo os jovens, que querem cada vez mais perseguir suas aspirações pessoais, explorar o mundo e viver desacorrentados.

Com isso, veio a calhar o nome HÜGA. O nome foi inspirado no conceito de “Hygee”, palavra do idioma dinamarquês que significa “encontrar felicidade nas coisas pequenas”. Assim, valoriza-se a ideia do desapego material a posses ou fortunas, a troco do encontro consigo mesmo, com a família e o amigos.

Fontes: Archdaily; Inhabitat.

E aí, o que achou da pequena casa da Grandio? Moraria em uma? Conte para a gente nos comentários!

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Comentários

Engenharia 360

Redação 360

Engenharia para todos.