Engenharia 360

ESCOLHA A ENGENHARIA
DO SEU INTERESSE

Digite sua Busca

Estudo usando Big Data pode ajudar no manejo de águas subterrâneas da Califórnia

por Larissa Fereguetti | 11/12/2020

Nos últimos anos, o estado passou por diversas secas preocupantes.

A gestão das águas subterrâneas de forma sustentável é um dos fatores preocupantes no estado da Califórnia, nos Estados Unidos, o qual possui uma indústria agrícola multibilionária. Tanto que um estudo publicado na revista PNAS esta semana mostrou que as diretrizes do estado com relação ao manejo de água precisam ser revistas.

A Califórnia aprovou a Lei de Gestão de Águas Subterrâneas Sustentáveis em 2014, após encarar secas repetidas. Foi a primeira vez na história do estado que as águas subterrâneas foram reguladas. O problema é que a eficácia dessa legislação ainda não foi determinada, visto que ela se baseia nas definições de água doce para definir a hidrografia para o manejo de água.

Um time de pesquisadores da McGill University liderou o estudo que analisou mais de 200.000 amostras de água subterrânea coletadas em todo o estado e aproximadamente 400.000 dados de medição de sólidos dissolvidos totais. A descoberta foi de que há problemas com as diretrizes usadas para o gerenciamento dessa água, as quais são de quase cinquenta anos atrás e não refletem a situação atuam.

águas subterrâneas na Califórnia, imagem ilustrativa
Imagem: Santa Barbara County Public Works Department | via The New York Times

Segundo a pesquisa, os poços de água subterrânea existentes já penetram e invadem as bases de água doce que são usadas para definir o fundo dos reservatórios de água. Ainda, há água salobra no s reservatórios subterrâneos atuais e água doce fora dos seus limites.

Melissa Rohde, do time de pesquisadores e cientista do The Nature Conservancy of California, afirmou que “A Lei de Gestão de Água Subterrânea Sustentável atualmente se aplica apenas a bacias de água doce, uma vez que as definições administrativas de água subterrânea se originaram décadas atrás, quando era economicamente inviável tratar e distribuir água subterrânea salobra ou salgada ‘inutilizável’”.

Atualmente, a água salobra pode ser usada graças aos avanços tecnológicos no tratamento de água. Segundo Rohde, “com os avanços tecnológicos, a água salobra agora é utilizável e cada vez mais desejável com o declínio do acesso à água doce. Ao excluir a água subterrânea salobra da gestão sustentável de água subterrânea, corremos o risco de prejudicar a lei de gestão de águas e explorar em excesso este importante recurso público.”

Referências: PNAS; Phys.org

Leia também: ANA disponibiliza cursos gratuitos e com certificado sobre gestão de água

O que você acha da proposta de novas diretrizes para o manejo das águas subterrâneas da Califórnia? Comente!

Engenharia 360

Larissa Fereguetti

Doutoranda, mestre e engenheira. Fascinada por tecnologia, curiosidades sem sentido e cultura (in)útil. Viciada em livros, filmes, séries e chocolate. Acredita que o conhecimento é precioso e que o bom humor é uma ferramenta indispensável para a sobrevivência.

Comentários