Engenharia 360

Balão Junino: Por que Devemos Repensar essa Tradição de Risco?

Engenharia 360
por Redação 360
| 12/06/2023 | Atualizado em 24/06/2023 5 min
Imagem reproduzida de Veículos da Hora

Balão Junino: Por que Devemos Repensar essa Tradição de Risco?

por Redação 360 | 12/06/2023 | Atualizado em 24/06/2023
Imagem reproduzida de Veículos da Hora
Engenharia 360

Atualização: Na manhã de 6 de junho de 2023, um balão junino em chamas caiu em um condomínio de Arujá, causando pânico entre os moradores. Felizmente, não houve feridos e as autoridades locais foram chamadas, mas a situação já estava sob controle quando chegaram. Essa não foi a única ocorrência, pois durante o final de semana foram avistados balões sobrevoando Mogi das Cruzes e a Polícia Ambiental flagrou um grupo soltando balões em uma chácara em Suzano. É importante destacar que soltar balões é um crime ambiental, sujeito a pena de detenção e multa.

balão junino ou balão de São João
Imagem reproduzida de Correio de Carajás

Veja Também: Conheça a maior estrutura de fogueira de São João já erguida no Brasil

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO


As Festa Juninas são marcadas por diversas tradições culturais, entre elas, como lançamento de balão junino ou balão de São João. No entanto, é fundamental refletirmos sobre os riscos e impactos ambientais dessa prática. Isso porque, embora simbolizem beleza e alegria, esses balões são uma ameaça significativa ao meio ambiente.

Neste texto do Engenharia 360, exploraremos os motivos pelos quais devemos repensar essa tradição de risco, levando em consideração as consequências negativas para a fauna, flora e a ocorrência de incêndios florestais. Confira!

Veja Também: Balões científicos: como esta tecnologia é utilizada no mundo das engenharias

Quais os principais riscos e impactos ambientais associados à prática de soltar balões juninos?

Os balões juninos ou balões de São João, embora possam parecer inofensivos e tradicionais, trazem consigo uma série de riscos e impactos ambientais significativos. Aqui estão alguns exemplos:

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Riscos para a aviação

Os balões juninos representam uma séria ameaça para a segurança da aviação. Eles podem atingir altitudes elevadas e entrar no espaço aéreo, interferindo com a navegação e danificando as aeronaves. A colisão de um balão com uma aeronave pode levar a acidentes graves e colocar em risco a vida dos passageiros e tripulantes.

balão junino ou balão de São João
Imagem de Agência Força Arérea, via Senado
balão junino ou balão de São João
Imagem reproduzida de ABRAPAC
balão junino ou balão de São João
Imagem reproduzida de Já é notícia

Qualidade do ar e saúde humana

Os balões são normalmente feitos de materiais como papel e plástico, que são inflamáveis. Quando incendeiam, liberam poluentes tóxicos e partículas na atmosfera, prejudicando a qualidade do ar e representando um risco para a saúde humana, especialmente para pessoas com condições respiratórias preexistentes.

Redes elétricas e edificações

Os balões podem entrar em contato com fios de energia, causando curtos-circuitos, incêndios e interrupções no fornecimento de energia. Além disso, os balões inflamáveis podem pousar em telhados e estruturas, causando incêndios em edifícios e colocando vidas em perigo. É fundamental conscientizar sobre esses perigos e buscar alternativas mais seguras para celebrar festividades.

balão junino ou balão de São João
Imagem reproduzida de CDL Vitoria da Conquista
balão junino ou balão de São João
Imagem reproduzida TV Globo

Impacto na fauna e flora

Os balões podem se tornar armadilhas mortais para animais. As linhas e cabos usados nos balões podem enroscar-se em árvores e plantas, prejudicando seu crescimento e até causando sua morte. Além disso, os animais que entram em contato com os balões ou ingerem seus restos podem sofrer lesões, ou obstrução intestinal, levando à morte.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Incêndios florestais

Os balões juninos são frequentemente lançados com velas acesas, o que os torna altamente inflamáveis. Quando caem em áreas florestais, podem causar incêndios de grande escala, destruindo habitats naturais, colocando em risco a vida de animais e plantas, além de causar danos econômicos e sociais significativos.

balão junino ou balão de São João
Imagem Prefeitura de Jundiaí, via Senado Federal

Como a Engenharia pode contribuir para evitar esses riscos?

A Engenharia pode contribuir, nesse caso, para o desenvolvimento de tecnologias de monitoramento e detecção, pesquisa de materiais alternativos seguros, promoção de alternativas sustentáveis para celebrar festas juninas e participação em regulamentações e políticas públicas.

Isso tudo envolve também informar sobre os perigos dos balões, alertar as autoridades sobre a presença de balões em áreas de risco, desenvolver novos materiais, incentivar o uso de alternativas, e trabalhar para regulamentações mais rigorosas.

Aliás, aqui estão algumas tecnologias alternativas propostas pela Engenharia para substituir a tradição dos balões juninos de forma segura:

  • Lanternas flutuantes biodegradáveis feitas de materiais como papel reciclado e tecidos naturais, projetadas para serem resistentes ao fogo.
  • Fogos de artifício controlados e seguros, com efeitos visuais atrativos e menor risco de incêndio, permitindo maior controle sobre altura e direção.
  • Instalações de luzes temáticas que recriam o ambiente festivo e colorido das festas juninas, sem os riscos associados aos balões.
  • Uso de drones decorativos controlados, programados para criar efeitos visuais no céu, proporcionando uma exibição aérea segura e impressionante.

É importante ressaltar que qualquer tecnologia alternativa proposta precisa ser desenvolvida com base em princípios de segurança, minimizando os riscos de incêndio, danos ambientais e riscos à saúde pública. Além disso, as tecnologias alternativas devem ser acessíveis, viáveis e respeitar as tradições culturais das festas juninas.

Quais as iniciativas sociais e governamentais vigentes para combater a prática ilegal de soltar balões?

Existem legislações e medidas de segurança no Brasil para combater a prática ilegal de soltar balões em várias regiões devido aos riscos de incêndio e danos ambientais. Iniciativas sociais e governamentais promovem a conscientização por meio de campanhas educacionais, eventos públicos e distribuição de materiais informativos.

Mas para reduzir a prática de soltar balões, é importante fornecer educação contínua, promover alternativas seguras e envolver líderes comunitários. Engenheiros e especialistas em segurança podem contribuir para a criação de regulamentações mais rigorosas, assim como no desenvolvimento de sistemas de monitoramento e pesquisa de materiais alternativos seguros, como citado antes. Só que alcançar a conscientização e mudança de comportamento requer esforços contínuos, parcerias e uma abordagem abrangente.

balão junino ou balão de São João
Imagem de PMERJ, via Portal Grande Tijuca

Compartilhe esta matéria! Contribua para conscientizar a sociedade sobre os perigos dos balões juninos. Informar as pessoas sobre os riscos e incentivar práticas responsáveis é essencial. Unidos, podemos promover celebrações conscientes!

Veja Também:


Fontes: OCP News, Band - UOL, G1.

Imagens: Todos os Créditos reservados aos respectivos proprietários (sem direitos autorais pretendidos). Caso eventualmente você se considere titular de direitos sobre algumas das imagens em questão, por favor entre em contato com contato@engenharia360.com para que possa ser atribuído o respectivo crédito ou providenciada a sua remoção, conforme o caso.

Comentários

Engenharia 360

Eduardo Mikail

Somos uma equipe de apaixonados por inovação, liderada pelo engenheiro Eduardo Mikail, e com “DNA” na Engenharia. Nosso objetivo é mostrar ao mundo a presença e beleza das engenharias em nossas vidas e toda transformação que podem promover na sociedade.

LEIA O PRÓXIMO ARTIGO

Continue lendo