Engenharia 360

ESCOLHA A ENGENHARIA
DO SEU INTERESSE

Digite sua Busca

Avenida Champs-Élysées, em Paris, será transformada em "jardim extraordinário"

por Redação 360 | 20/01/2021
Copiado!

As obras devem começar em 2024, logo após os Jogos Olímpicos, e devem ser finalizadas até 2030

Em anúncio feito na última semana, a prefeita de Paris Anne Higaldo confirmou que a avenida mais famosa da cidade – a Champs-Élysées, será transformada em “jardim extraordinário”. A capital francesa investirá 250 milhões de euros em um plano que pretende restringir a circulação de carros e abrir espaço para pedestres e a natureza na região.

vista da Champs-Élysées em Paris
Imagem: PCA-Stream

A Champs-Élysées é a avenida mais cara da cidade e estava sofrendo com a poluição e com o intenso trânsito de automóveis. Com o objetivo de oferecer uma cidade mais agradável aos pedestres, o projeto vai fechar metade das 8 faixas para carros e transformá-las em áreas verdes.

avenida Champs-Élysées
Imagem: PCA-Stream

Encabeçado pelo escritório PCA-Stream, as obras devem começar somente em 2024, depois dos Jogos Olímpicos, para não atrapalhar o evento e o turismo em Paris.

vista da Champs-Élysées
Imagem: PCA-Stream

Com as obras finalizadas até 2030, espera-se melhorar a qualidade do ar ao longo dos quase 2 quilômetros de extensão da Champs-Élysées e criar um ambiente mais sustentável e acolhedor para a população.

projeto futuro do jardim
Imagem: PCA-Stream

Projetada em 1667 por André Le Nôtre como uma extensão dos jardins do Palácio das Tulheiras, a Champs-Élysées hoje possui altos níveis de poluição, o que contribuiu para afastar turistas e moradores do local. O objetivo é, daqui para frente, começar a construir uma cidade mais amigável aos pedestres e não aos carros.

De acordo com a prefeitura, a intervenção resultará em uma redução dramática na poluição sonora, poluição do ar por partículas finas e emissões de CO2 na atmosfera. Por mais projetos como este!

Fonte: Ciclo Vivo

O que você achou do projeto? Comente!

Copiado!
Engenharia 360

Redação 360

Engenharia para todos.

Comentários