Engenharia 360

ESCOLHA A ENGENHARIA
DO SEU INTERESSE

Digite sua Busca

Engenharia 360

ACS testa a eficácia de tecidos para máscara caseira. Saiba qual é o melhor

Engenharia 360
por Letícia Nogueira
| 04/06/2020 3 min

ACS testa a eficácia de tecidos para máscara caseira. Saiba qual é o melhor

por Letícia Nogueira | 04/06/2020
Copiado!

No dia 19 de maio, a Câmara aprovou como obrigatória a utilização de máscaras em todo o Brasil. As máscaras cirúrgicas ou as N95 são exclusivas a profissionais da saúde, ou àqueles que estejam trabalhando em locais com alto risco biológico. Isso incentiva o uso de máscaras de pano pela população. Porém, será que é possível ter a mesma segurança com a utilização de máscaras feitas em casa?

Mulher usando máscara
Câmara aprova a utilização obrigatória de máscaras (Fonte: Assembleia Legislativa)

A American Chemical Society realizou o experimento para entender a eficácia dessas máscaras, e o efeito da utilização de diferentes mecanismos de filtragem que cada tipo de tecido traria. Para os testes, foram selecionados os seguintes materiais e suas combinações: algodão, chiffon, seda, flanela e sintéticos.

Durante o experimento, partículas aerossóis em uma escala de 10nm a 6µm de diâmetro eram direcionadas aos tecidos. A velocidade destas e a frequência eram similares a da respiração humana. A equipe mediu o número de partículas no ar e seus tamanhos e comparou com os números obtidos antes da passagem delas pelas amostras.

Equipamento utilizado pela American Chemical Society
Equipamento utilizado para a testagem do material (Fonte: ACS Nano)

O melhor resultado foi obtido no algodão com 600 fios por polegada (Cotton 600 TPI), um tecido mais rígido. Ele foi comparado com outras duas categorias: uma amostra de 80 fios por polegada (Q Cotton 80 TPI) e duas amostras de 120 fios envolvendo uma camada de 0,5 cm de algodão (Cotton Quilt).

Eficácia de filtragem em amostras de algodão
Diferentes amostras de algodão e seus resultados quanto à eficácia na filtragem. (Fonte: ACS Nano)

Além disso, sabendo que interações eletrostáticas podem filtrar partículas aerossóis, foram selecionados tecidos sintéticos e naturais específicos para passarem pelos testes. Para esta etapa foram escolhidas: a seda natural, o poliéster-spandex (chiffon) e o algodão-poliéster (flanela).

Os resultados mostraram que a seda com quatro camadas apresentou melhor resultado, sendo seu pior resultado para 80% de eficácia. O gráfico ainda aponta para a seda com uma camada, flanela e chiffon.

Eficácia de tecidos em filtragem
Eficácia da filtragem eletrostática para diferentes amostras de tecido (Fonte: ACS Nano)

Concluindo essas duas partes de testes, os pesquisadores começaram a analisar a eficácia das máscaras que possuíssem dois tecidos diferentes. Isto é, dois materiais trabalhando em conjunto para a filtragem do ar, por meio de dois processos de filtragem: uma mecânica e outra eletrostática. Todas as amostras são um conjunto de algodão 600 TPI com: duas camadas de seda, duas camadas de chiffon, ou uma camada de flanela.

Filtragem mecânica e eletrostática em máscaras
Filtragem mecânica e eletrostática de aerossóis (Fonte: ACS Nano)

Todas os conjuntos obtiveram ótimos resultados de eficácia quando e comparados com os da N95. Elas obtiveram 80% de eficiência para partículas menores do que 300nm, e 90% para partículas maiores do que 300nm. Enquanto, a N95 absorve cerca de 95% das partículas acima de 300nm.

Eficácia da utilização de dois tecidos em máscara
Comparação da eficiência entre amostras de materiais atuando juntos e N95 (Fonte: ACS Nano)

Assim, a pesquisa conclui que a melhor máscara feita em casa é a combinação de algodão e chiffon. Mas finaliza afirmando sobre a importância de fazer o ajuste correto dela, para que não comprometa sua eficácia.

De qual material são suas máscaras? Conta para a gente!

Fonte:  Science Daily, Aerosol filtration efficiency of common fabrics used in respiratory cloth masks.

Leia também: Engenheiros remodelam máscara de proteção contra o coronavírus

Copiado!
Engenharia 360

Letícia Nogueira Marques

Estudante de Engenharia de Materiais pela UFABC. Acredito que não há nenhum sonho que não possa ser realizado com um pouco de disciplina e criatividade.

Comentários