Engenharia 360

ESCOLHA A ENGENHARIA
DO SEU INTERESSE

Digite sua Busca

Engenharia por trás do Carnaval: saiba como ela está presente no evento!

por Larissa Fereguetti | 28/02/2019

Não podemos esquecer que, por trás do Carnaval, uma festa tão esperada pelos brasileiros, tem muita engenharia desconhecida! Confira mais sobre o assunto!

Todo mundo sabe que, depois das festividades de Final de Ano, o brasileiro já fica preparado para o Carnaval. Então, pode confessar que você já está preparando a fantasia, escolhendo seu bloquinho e ensaiando a marchinha. Porém, não podemos esquecer que, por trás desse movimento todo – que é a cara do Brasil -, tem muito planejamento. Conheça a Engenharia por trás do Carnaval!

máscara de carnaval

A engenharia por trás do Carnaval

Projetar o Carnaval é quase como projetar uma obra: você precisa pensar na estrutura, na parte elétrica, na parte hidráulica, na tecnologia, no funcionamento e mais!

Confira abaixo como a Engenharia contribui para fazer o Carnaval acontecer no Brasil!

Carros Alegóricos e outras estruturas

Obviamente, essa você já sabia: por trás dos Carros Alegóricos, tem muitas Normas, muitas estruturas e muita Engenharia. Nós já contamos tudo sobre como esta ciência está presente nos carros alegóricos aqui no Engenharia 360 e também falamos sobre as regras e o papel do engenheiro no processo!

Vale destacar que a Engenharia também está presente na hora de montar estruturas variadas para o Carnaval, como as que comportam pessoas, as que enfeitam as ruas, e mais. E que os ambientes devem ser acessíveis para portadores de necessidades especiais, de acordo com a legislação.

carro alegórico em desfile de carnaval
Imagem extraída de G1

É claro, a palavrinha ‘segurança‘ também é responsabilidade de muitos engenheiros durante as festividades. Eles precisam garantir que os foliões estejam em segurança, seja nas ruas ou nos carros alegóricos!

Engenharia de Produção e o Carnaval

Além de ser como uma grande obra, os desfiles carnavalescos são como uma grande linha de produção, na qual tudo acontece em etapas e no tempo certo. Existe, inclusive, uma linha de pesquisa no CEFET-RJ que estuda a relação ‘Carnaval e Engenharia’.

A saber, um dos artigos produzidos pelo grupo mostra que um diretor de Carnaval de uma Escola de Samba deve ter as competências semelhantes às de atuação de um engenheiro de produção. Com uma visão ampla entre a Arte e a Engenharia, o artigo, de 2018, inclui as interfaces das áreas da Engenharia de Produção com a atuação do diretor de Carnaval na produção do desfile das escolas.

carros alegóricos em preparo para desfile
Imagem extraída de G1

Engenharia de Planejamento Energético e Fornecimento de Água

Antes do carnaval, vários engenheiros precisam pensar no planejamento energético e no fornecimento de água para o período festivo, principalmente nas cidades que recebem muitos foliões. Normalmente, é preciso que as distribuidoras de energia reforcem a segurança energética e que muitas concessionárias aumentem o fornecimento de água. Afinal, já pensou ficar sem água depois de um dia inteirinho pulando na rua? Ainda, vale lembrar que, se você não se importa de ficar sem energia elétrica no período, sem ela a água não é bombeada para as caixas d’águas das residências e demais estabelecimentos.

Engenharia na Tecnologia

Além do planejamento das estruturas dos Carros Alegóricos e de outros espaços, os engenheiros também estão por trás de toda a tecnologia que é usada. Seja para fazer um “Carro Alegórico high-tech” ou fantasias mais tecnológicas, pode saber que sempre tem um dedinho da Engenharia no processo!

carro alegórico durante desfile de carnaval
Imagem extraída de G1

Engenharia no Trânsito

Em muitas cidades, o trânsito fica uma verdadeira baderna por causa do carnaval, visto que muitas vias são interditadas para que a população aproveite a festa. Assim, é preciso pensar em rotas alternativas e em caminhos que não impedem ninguém de chegar ao destino desejado, mesmo que ele seja mais longo. Por trás de tudo isso estão envolvidos muitos engenheiros e também muita computação, que pode ser uma grande aliada na hora de criar rotas alternativas.

Comportamento dos foliões

Isso mesmo! Sabe quando você segue o fluxo do bloquinho? Algumas pesquisas estudam esse comportamento por meio de simulações computacionais. Esses tipos de estudo servem não só para avaliar a dinâmica das paradas de rua, mas também eventos como o tráfego diário, evacuação em casos de desastres, e mais.

“Engenharia da Gambiarra”

O brasileiro já nasce com o dom da gambiarra, não é mesmo? Um brasileiro engenheiro, então, deveria ter doutorado em recurso técnico de baixo custo de cunho temporário até que falhe. Então, seja para manter o churrasco assando, a cerveja gelada, o som funcionando, a fantasia ou o samba no pé, aquela gambiarra sempre aparece!

Confira os exemplos a seguir e lembre-se que fazer gambiarra até pode, mas é preciso respeitar os limites de segurança!

fantasia com gambiarra
gambiarra no churrasco
gambiarra no som
dica para o carnaval

Fontes: G1, Taylor and Francis Online, Revista Centro Federal de Educação Tecnológica.

Comentários

Engenharia 360

Larissa Fereguetti

Doutoranda, mestre e engenheira. Fascinada por tecnologia, curiosidades sem sentido e cultura (in)útil. Viciada em livros, filmes, séries e chocolate. Acredita que o conhecimento é precioso e que o bom humor é uma ferramenta indispensável para a sobrevivência.