Engenharia 360

ESCOLHA A ENGENHARIA
DO SEU INTERESSE

Digite sua Busca

Você sabe qual é a duração de um edifício?

por Larissa Fereguetti | 19/06/2018
Copiado!

Você já se perguntou qual é a duração de um edifício? É estranho falar sobre a duração de uma construção quando colocamos, lado a lado, prédios que foram construídos séculos atrás e continuam de pé e os que foram construídos recentemente, mas já estão interditados. Isso ocorre porque a duração depende de vários fatores intrínsecos à construção e ao ambiente em que o edifício está.

duração de um edifício

Imagem: buildinglogix.net

+ Duração de um edifício, em média

O tempo médio estimado é de 50 a 100 anos. Alguns podem durar mais de 60 anos sem apresentar qualquer problema. Se você já começou a fazer as contas de quantos anos tem seu prédio, não precisa surtar. Deve-se levar em conta um grande número de fatores para saber, em média, quanto tempo um edifício dura.

Um grande problema atual é a redução de custos. A qualidade do material usado também interfere no processo. Um prédio que antes era construído com material de qualidade e para durar 150 anos seria, atualmente, construído com menor custo e com estimativa de 50 anos de duração. A qualidade está dando lugar à quantidade.

duração de um edifício

Imagem: safetycodes.ab.ca

Outro fator é a condição ambiental à qual o edifício está sujeito. Ventos, chuva, sol, umidade e fungos interferem na duração dos prédios. Nos Estados Unidos, por exemplo, as construções da Costa Leste são feitas para suportar furacões e ventos fortes, enquanto as da Costa Oeste precisam sobreviver a terremotos. O tempo de recorrência desses eventos é levado em consideração na hora de construir.

+ Durabilidade e manutenção de cada componente

A manutenção também é importante. Se for analisada cada parte da construção separadamente, é possível chegar a vários tempos diferentes, o que indica, mais ou menos, a necessidade de manutenção. Os telhados de aço podem durar 20 anos, os de amianto 40 anos e os de barro resistem por séculos.

Já as tubulações de metal duram em média 20 anos, enquanto as de PVC chegam a 50 anos. Os vidros, azulejos, tijolos e cerâmicas em geral possuem durabilidade indefinida.

duração de um edifício

Imagem: hindustantimes.com

Em uma construção, a tinta é uma das primeiras a apresentar os sinais de degradação e, com 5 ou 10 anos já é preciso renovar. Ela é a primeira proteção de um edifício.

O concreto e as vigas podem durar entre 50 e 100 anos. O problema é quando o cimento presente na sua composição absorve gás carbônico e gera uma mistura ácida e corrosiva. Claro que há exceções, como o caso do concreto romano que nós já mostramos aqui no Blog da Engenharia.

Assim, para prorrogar a duração de um edifício, é preciso ficar atento na hora da manutenção. As vistorias também devem ser frequentes, com o objetivo de identificar possíveis problemas e realizar a correção antes que seja tarde demais.

Referências: Independent; Mundo Estranho; Linkedin.

Copiado!
Engenharia 360

Larissa Fereguetti

Doutoranda, mestre e engenheira. Fascinada por tecnologia, curiosidades sem sentido e cultura (in)útil. Viciada em livros, filmes, séries e chocolate. Acredita que o conhecimento é precioso e que o bom humor é uma ferramenta indispensável para a sobrevivência.

Comentários