Engenharia 360

ESCOLHA A ENGENHARIA
DO SEU INTERESSE

Digite sua Busca

Startup fundada por brasileiro cria nanosatélite que promete soluções para a agricultura

Engenharia 360

3 min

POR Luciana Reis 11/12/2018

Um brasileiro e investimentos da Nasa, juntos eles foram os responsáveis pela criação da startup Hypercubes. O carioca Fábio Teixeira, que estudou na Singularity University, dentro do campus da Nasa, no Vale do Silício, fundou a empresa em 2015. Fábio ganhou uma bolsa de estudos na International Space Uninversity (ISU) e sua empresa desenvolveu uma tecnologia que permite lançar nanosatélites que fotografam a superfície terrestre e, através de mecanismos de “machine learning”, conseguem determinar as condições do solo, quais nutrientes são necessários, qual seu grau de fertilidade ou quais pragas estão atacando as plantações.

Fotografia de Fábio Teixeira, com camiseta escrito Nasa e na frente de instrumentos e caixas em escritório - Startup fundada por brasileiro cria nanosatélite que promete soluções para a agricultura

Imagem: Startese

A identificação do solo é possível graças aos sensores, chamados de imageadores hiperespectrais, de alta resolução e que permitem a captação de imagens e de informações detalhadas, como as propriedades físico-químicas do solo e das plantas e informações morfológicas, tudo isso de maneira remota. Todos esses detalhes, inclusive, tornam esse tipo de sensor mais completo do que o multiespectral, que possui menos bandas espectrais.

As imagens são captadas a cada 90 minutos, com o equivalente a 100 terabytes de informações. Após os dados serem recebidos, são utilizados por especialistas para as melhores soluções na agricultura e até mesmo em áreas utilizadas para a mineração. Pela quantidade recebida, há uma seleção do que será necessário entre os dados que foram captados, o que é possível com o auxílio da inteligência artificial.

Imagem gerada por satélite de um campo agrícola - Startup fundada por brasileiro cria nanosatélite que promete soluções para a agricultura

Exemplo de imagem gerada por satélite, neste caso, o GeoEye. Imagem: Embrapa

Com relação à Hypercubes, já há previsão de aumento da equipe. O objetivo é enviar o primeiro satélite para a Estação Espacial Internacional (ISS). A startup já ganhou o apoio da Nasa, e já chamou a atenção de outros empresários. O valor previsto para o lançamento do satélite é de US$300 mil, uma tecnologia mais barata do que os modelos convencionais.

+ Acabar com a fome – Nanosatélite

O sonho de Fábio Teixeira vai mais além: combater a fome com o seu nanosatélite. A partir do acompanhamento das condições do solo, aumenta-se a produtividade o que, se bem conduzido, traz importantes soluções no combate à fome, problema mundial. Para possibilitar ajuda a quem mais precisa, o objetivo é rentabilizar as atividades da empresa a partir do trabalho voltado a grandes clientes que contratem os serviços da Hypercubes.

Imagem de plantação de soja, vista de cima - Startup fundada por brasileiro cria nanosatélite que promete soluções para a agricultura

Imagem: G1

Com os recursos obtidos após o trabalho desenvolvido a grandes companhias, a partir da disponibilização das imagens e informações necessárias, seria possível investir em um trabalho voltado à toda sociedade. O mesmo valeria para iniciativas em parceria com o Governo e instituições públicas. A tecnologia e o trabalho da startup poderiam ainda favorecer o acompanhamento e prevenção a desastres, como o ocorrido em Mariana.

Vale a pena acompanhar as novidades dessa iniciativa  no Vale do Silício, e que pode melhorar a produção de alimentos, principalmente a quem mais precisa.

Referências: StarteSe, Estado de S. Paulo, Mundocoop, Oficina de Textos

agricultura
Hypercubes
imageador hiperspectral
International Space Uninversity
nanosatélite
startup
Vale do Silício

Luciana Reis

mais
Engenharia 360

VEJA TAMBÉM

9 Resultados
Engenharia 360 no 2019 Lisbon Investment Summit
E se uma máquina falasse por você? Tecnologia traduz sinais cerebrais em fala
O futuro com VR e AR: o que esperar dessas tecnologias?
Cataki: “Tinder de reciclagem” faz sucesso e muda a vida de vários brasileiros
Cientistas desenvolvem liga de ferro com eficiência energética
Depressão na Engenharia: é hora de falar sobre o assunto!
Quanto agrotóxico tem na sua água? Os números são assustadores!
Pesquisadores realizam a impressão 3D de coração a partir de tecido biológico
Como um jogo pode ajudar a reconstruir Notre Dame?
Podcast 360
Ouça ou baixe podcasts
exclusivos da engenharia
Ver Todos

RECOMENDAMOS PARA VOCÊ

9 Resultados
Titulo do Post
Titulo do Post
Titulo do Post
Titulo do Post
Titulo do Post
Titulo do Post