Engenharia 360

Será que é possível fazer massa de concreto sem cimento Portland?

Engenharia 360
por Simone Tagliani
| 18/08/2022 | Atualizado em 20/08/2022 2 min

Será que é possível fazer massa de concreto sem cimento Portland?

por Simone Tagliani | 18/08/2022 | Atualizado em 20/08/2022
Engenharia 360

A resposta para a pergunta no título deste texto é ‘sim’! Inclusive, de acordo com pesquisadores da Universidade Federal de Pernambuco, seria possível fazer uma massa de concreto sem cimento Portland com altíssima resistência – >75 Mpa. Prova disso é o resultado da investigação de seus alunos, que desenvolveram uma técnica de dosagem especial com resíduo do processo de produção de ferro gusa nas siderúrgicas – que é a escória de alto-forno -, em combinação com um ativador alcalino.

concreto sem cimento Portland
Imagem reproduzida de Diario de Pernambuco

Diferença do concreto tradicional para o novo concreto, sem cimento Portland

Como bem sabemos, o concreto tradicional, utilizado na maior parte das construções realizadas ao redor do mundo, contém cimento Portland e sílica ativa. E sempre se pensou ser necessário esses materiais na mistura para manter o padrão de alta resistência do concreto. Contudo, o novo concreto testado, sem cimento Portland, apresentou excelente resistência à compressão e módulo de elasticidade dinâmico com 1, 3, 7 e 28 dias.

O concreto sem cimento apresenta características superiores ao concreto comum.

Os resultados dos testes mostraram que, tanto o concreto de alta resistência, como o concreto de escória álcali-ativada, desenvolveram altas resistências iniciais (>40 MPa com 1 dia) e finais (>86 MPa aos 28 dias).

concreto sem cimento Portland
Imagem reproduzida de UFPE
concreto sem cimento Portland
Imagem reproduzida de Economic News Brasil

Vantagens do concreto sem cimento Portland

Se não precisarmos mesmo usar mais cimento Portland na massa de concreto, os ganhos para o meio ambiente serão enormes. A saber, a produção desse cimento é responsável por cerca de 7% do CO2 emitido no mundo. E tem mais, na nova proposta, faz-se uma boa destinação a um rejeito da siderurgia, que seria mais um obstáculo hoje para a construção civil.

Claro que tudo isso, somado ao incrível desempenho desse novo concreto, como endurecimento mais rápido e maior ganho de resistência – perfeito para produção de peças pré-moldadas em fábricas, por exemplo -, só faz a proposta dos alunos de Pernambuco ainda mais interessante. O que você acha? Escreva nos comentários!

Veja Também: Conheça todos os tipos de Cimentos Portland


Fontes: Inovação Tecnologia.

Engenharia 360

Simone Tagliani

Graduada em Arquitetura & Urbanismo e Letras; técnica em Publicidade; pós-graduada em Artes Visuais e Jornalismo Digital; estudante de Marketing; e proprietária da empresa Visual Ideias.

Comentários

LEIA O PRÓXIMO ARTIGO

Continue lendo