Engenharia 360

Testamos a case LifeProof, o seu celular à prova d'água

Engenharia 360
por Eduardo Mikail
| 04/05/2014 | Atualizado em 18/08/2022 3 min

Testamos a case LifeProof, o seu celular à prova d'água

por Eduardo Mikail | 04/05/2014 | Atualizado em 18/08/2022
Engenharia 360
Ter um celular a prova d’água é vontade de muitos, inclusive minha! Como alternativa a essa falta de recurso nos aparelhos atuais do mercado (pelo menos que atenda as minhas necessidades), comprei a nova capinha LifeProof para iPhone 5S, que promete tornar seu smartphone resistente a água, sujeira, quedas e até neve.
lifeproof

Existem dois modelos atualmente no mercado para iPhone 5S, a nüüd (igual a minha) e a frē mas também tem para iPhone 5C, 5, 4/4S, além de iPad, iPod e Samsung Galaxy S4 e S5.

LifeProof-celular-a-prova-dagua

Confesso que no primeiro “mergulho” do meu iPhone fiquei um pouco receoso. Ensaiei por diversas vezes colocando em um copo com água e depois finalmente na piscina, mas ficava olhando toda hora se não tinha nenhum resquício de umidade dentro da capa.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Durante uma viagem, eu e os amigos blogueiros Nerd PaiProf.º MauryRichard Max e William Marchiori, fizemos um curta, para ilustrar de uma forma divertida o teste da LifeProof e mostrar que ela é realmente resistente!

Veja Também: Celulares: quais as novas tecnologias e o que pode mudar nos próximos anos?

Esse modelo da LifeProof que comprei, a nüüd, custa nos Estados Unidos USD 85,95, aproximadamente R$213,35 com as taxas e tudo mais. Já aqui no Brasil, o investimento sai na casa dos R$379,90, como na loja do MacMagazine. O diferencial dessa para a frē (USD 79,99 na Best Buy) é que você toca diretamente na tela do seu celular (mesmo que já tenha uma película de proteção) e a vedação se da por pressão, enquanto na outra, existe uma espécie de membrana sob a tela, o que particularmente não gostei, pois a sensibilidade ao touch não fica das melhores.

Cada case é testada por engenheiros que avaliam individualmente 4 aspectos:

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

+ ÁGUA – resistente à água, até 2 m de profundidade por até 1 hora

+ QUEDA FUNCIONAL – à prova de choque, até 2 m (dentro dos padrões militares americanos – Military Standard 810F-516)

+ SUJEIRA – totalmente vedado contra sujeira e partículas de poeira

+ NEVE – lacrado para resistir à fusão do gelo

Vista da traseira case LifeProof (Foto: Eduardo Mikail)
Vista da traseira case LifeProof (Foto: Eduardo Mikail)

Para resumir as minhas impressões, destaquei os principais pontos positivos e negativos:

POSITIVOS:

  • achei uma capinha bem leve e que não aumenta significativamente o volume do aparelho
  • a anatomia dela é confortável para segurar e usar os recursos do iPhone
  • as saídas de áudio tanto frontal como inferior são protegidas também e emitem o som com qualidade
  • ambas as câmeras são protegidas e registram fotos e filmagens com boa qualidade debaixo d’água
  • a entrada do fone de ouvido é totalmente lacrada com rosca até, e a lightning, com trava
  • todas as áreas possíveis são emborrachadas e vedam com pressão para evitar a entrada de água ou qualquer partícula de poeira

NEGATIVOS:

  • o leitor de digital (Touch ID) do botão home apesar de funcionar na maioria das vezes com membrana de proteção, em algumas ocasiões com uma gota de água ou presença de sujeira não consegue ler de primeira
  • para acessar os atalhos do iPhone deslizando o dedo de baixo para cima (brilho, bluetooth, wi-fi, AirDrop, AirPlay, etc.), é um pouco difícil, nisso a case atrapalha um pouco infelizmente

Se você também tem uma capinha LifeProof, compartilhe com a gente algumas fotos que você fez com ela, através do nosso Instagram (@engenharia360)!

Engenharia 360

Eduardo Mikail

Engenheiro Civil e empresário, tem o empreendedorismo como estilo de vida. Já trabalhou em uma das maiores construtoras do país e hoje é sócio-fundador da Mikail Engenharia, além do portal Engenharia360.com, um dos pioneiros e maiores veículos especializados no Brasil. É formado também em Administração com especialização em Marketing pela ESPM. Adora viajar e adquirir conhecimento, pois acredita que é a maior riqueza do ser humano.

Comentários

LEIA O PRÓXIMO ARTIGO

Continue lendo