Engenharia 360

De tradução de textos antigos a mapeamento de danos da Covid-19: a contribuição da IA

Engenharia 360
por Redação 360
| 27/06/2023 | Atualizado em 09/07/2023 4 min
Imagem reproduzida de ArqueoHistória Almanaque – https://www.arqueohistoria.com.br/post/intelig%C3%AAncia-artificial-capaz-de-decifrar-tabuletas-escritas-em-cuneiforme

De tradução de textos antigos a mapeamento de danos da Covid-19: a contribuição da IA

por Redação 360 | 27/06/2023 | Atualizado em 09/07/2023
Imagem reproduzida de ArqueoHistória Almanaque – https://www.arqueohistoria.com.br/post/intelig%C3%AAncia-artificial-capaz-de-decifrar-tabuletas-escritas-em-cuneiforme
Engenharia 360

A Inteligência Artificial (IA) tem desempenhado um papel fundamental em diversas áreas da ciência. Com sua capacidade de processar grandes volumes de informações e aprender com base em padrões, a tecnologia tem revolucionado a forma como lidamos com desafios complexos.

Neste texto do Engenharia 360, exploraremos a notável contribuição da IA, abordando desde a recuperação e preservação de conhecimentos históricos até a análise e compreensão dos impactos da mais recente pandemia. Veremos como ela se tornou uma ferramenta poderosa para enfrentar esses desafios, ampliando nossa compreensão e possibilitando avanços significativos em diversas áreas do conhecimento.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

inteligência artificial (IA)
Imagem reproduzida de ArqueoHistória Almanaque - https://www.arqueohistoria.com.br/post/intelig%C3%AAncia-artificial-capaz-de-decifrar-tabuletas-escritas-em-cuneiforme

IA na tradução de textos da antiguidade

A escrita cuneiforme acadiana é um sistema antigo de escrita usado na Mesopotâmia. As tábuas de argila inscritas nessa escrita são importantes porque fornecem informações sobre a vida das civilizações antigas.

A tradução desses textos é rara devido à falta de especialistas na área. Mas pesquisadores da Universidades de Tel Aviv e Ariel, em Israel, desenvolveram um modelo de Inteligência Artificial para traduzir textos cuneiformes acadianos. O objetivo da tradução para o inglês é facilitar o estudo dessa antiga forma de escrita.

inteligência artificial (IA)
Imagem reproduzida de Futuro Prossimo - https://pt.futuroprossimo.it/2021/09/scrittura-cuneiforme-una-ai-potrebbe-completare-le-tavole-mesopotamiche/

Veja Também:

Engenharia e Arqueologia: explorando o mistério da construção mais antiga da humanidade

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Como a Inteligência Artificial se saiu na tradução de textos acadianos?

O modelo de Inteligência Artificial para traduzir textos cuneiformes acadiano alcançou uma pontuação de 37,47 no BLEU4, que é um teste de correspondência entre traduções automáticas e traduções humanas. No entanto, a precisão na tradução de textos acadianos formais foi maior do que na tradução de textos literários e poéticos.

A saber, os pesquisadores utilizaram métodos de processamento de linguagem natural (NLP) para criar a tradução dos glifos cuneiformes para o inglês. O programa teve mais sucesso ao traduzir frases de até 118 caracteres e apresentou traduções errôneas ao lidar com textos mais longos.

Desde já, o código-fonte da tecnologia está disponível no GitHub e os pesquisadores também planejam desenvolver um aplicativo chamado Babylonian Engine para permitir que outras pessoas façam traduções da escrita cuneiforme.

inteligência artificial (IA)
Imagem reproduzida de Wikimedia Commons, Museu do Louvre, Rama, via UOL

Veja Também: O que é a tecnologia LiDAR?

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

IA no mapeamento de danos da Covid-19

Pesquisadores da Unicamp desenvolveram um método utilizando Inteligência Artificial para mapear os danos da Covid-19 nos pulmões de pacientes infectados. O objetivo é permitir um acompanhamento mais preciso da evolução da doença.

O método foi desenvolvido em 2020 e foi aplicado tanto para pacientes com Covid-19 quanto para estudar os efeitos da Covid longa. A pesquisa foi realizada pela equipe da Unicamp, com orientação da professora Letícia Rittner e do pesquisador Roberto de Alencar Lotufo. Mas, recentemente, um aluno da instituição foi aos Estados Unidos para estudar a aplicação do método em pacientes na Universidade de Iowa.

inteligência artificial (IA)
Imagem reproduzida de Diedre Carmo, Arquivo pessoal, via G1

Como o método de mapeamento foi adaptado para funcionar em diferentes contextos?

Na pesquisa da Unicamp utilizando Inteligência Artificial, um algoritmo foi treinado em imagens de tomografia computadorizada para identificar e sinalizar as partes não saudáveis dos pulmões. O método foi adaptado para funcionar em diferentes contextos e equipamentos de tomografia de diversos países. Aliás, o aluno Diedre Santos do Carmo estudou a aplicação desse método lá em Iowa.

Com o treinamento intensivo do algoritmo, feito em diferentes hospitais, obtêm-se imagenspor tomografia computadorizada. Nesse caso, a Inteligência Artificial delimita as bordas das partes não saudáveis do pulmão, fornecendo um número preciso que representa a porcentagem de comprometimento. Claro que esses resultados ainda requerem confirmação e investigação mais detalhada por outros grupos de pesquisa.

Além disso, a Inteligência Artificial também está sendo utilizada para estudar os efeitos da Covid longa. Os resultados preliminares indicam um nível menor de acometimento dos pulmões entre pacientes vacinados. O método está disponível para uso de pesquisadores, mas questões tecnológicas dificultam sua ampla utilização na rede pública de saúde.

No entanto, a ampla utilização do método na rede pública de saúde enfrenta alguns impedimentos. Um dos principais é a questão tecnológica, como a necessidade de computadores adequados nas unidades de atendimento. Superar esses desafios tecnológicos é essencial para que o método possa ser amplamente utilizado na prática clínica.

Veja Também:


Fontes: Revista Galileu, G1.

Imagens: Todos os Créditos reservados aos respectivos proprietários (sem direitos autorais pretendidos). Caso eventualmente você se considere titular de direitos sobre algumas das imagens em questão, por favor entre em contato com [email protected] para que possa ser atribuído o respectivo crédito ou providenciada a sua remoção, conforme o caso.

Comentários

Engenharia 360

Eduardo Mikail

Somos uma equipe de apaixonados por inovação, liderada pelo engenheiro Eduardo Mikail, e com “DNA” na Engenharia. Nosso objetivo é mostrar ao mundo a presença e beleza das engenharias em nossas vidas e toda transformação que podem promover na sociedade.

LEIA O PRÓXIMO ARTIGO

Continue lendo