Engenharia 360

ESCOLHA A ENGENHARIA
DO SEU INTERESSE

Digite sua Busca

Ferramenta do Google ensina lógica de programação para crianças

por Lucie Ferreira | 22/08/2016
Copiado!

 

Project-Bloks_02_blog-da-engenharia

Criada para ensinar lógica de programação para crianças, o Project Bloks é uma iniciativa do Google (Foto: Google)


 
O Project Bloks, do Google, é uma ferramenta fácil de usar e que foi criada para ensinar a lógica de programação para crianças.
Trata-se de bloquinhos coloridos que, apesar de simples, têm funções específicas e podem ser conectados entre si para exercer comandos mais complexos, como controlar robôs, ativar sensores em um ambiente por meio de wi-fi ou Bluetooth e programar alto-falante para tocar áudio. Por ser uma plataforma de hardware aberto, permite que fabricantes a utilizem para criar novas ferramentas a partir dela.

A ideia é que fabricantes utilizem a ferramenta como base para criar seus próprios brinquedos e, posteriormente, comercializá-los, já que o Bloks é um conceito constituído de hardware e software, e não um brinquedo em si. Se projeto for bem aceito, daqui a alguns anos será possível encontrar vária opções da linha no mercado.

Project-Bloks_01_blog-da-engenharia

A ferramenta permite que fabricantes de brinquedos criem produtos que ensinem as bases da programação (Foto: Google)

+ Entre códigos e blocos

A lógica de programação é extremamente importante para qualquer programador, pois é a base de sua função e pode ser aplicada em linguagens como JavaScript, Ruby e Python.  Por isso, se for sólida, fica mais fácil para o usuário aprender a linguagem.
A grande vantagem do Project Bloks é fazer com que a criança aprenda brincando, uma vez que por serem coloridos e apresentados como algo físico, os bloquinhos permitem a interação em grupo. Do modo tradicional, como todo programador ou alguém que tentou aprender programação sabe, é preciso entender os códigos e suas funções apenas em teoria, para depois dominá-los.

Project-Bloks_03_blog-da-engenharia

Apesar de simples, os blocos têm funções específicas e podem ser conectados entre si para exercer comandos mais complexos (Foto: Google)

+ Mercado em ascensão

Segundo Marc Andreessen, importante investidor de capital de risco do Vale do Silício, a demanda por engenheiros e programadores experientes é maior do que a oferta, levando à escassez de profissionais técnicos e valorizando aqueles que forem mais experientes.
Por isso, a educação de programação surge como uma solução a médio prazo, especialmente com a criação de ferramentas fáceis de usar, para ensinar os pequenos a se interessarem pelo assunto de um jeito mais divertido. Além dele, existem outros aplicativos, sites, brinquedos e até cursos para crianças de no mínimo 3 anos de idade.
Fonte: Época Negócios

Copiado!

Comentários