Engenharia 360

Você moraria em habitações feitas em fábricas de casas?

Engenharia 360
por Simone Tagliani
| 22/01/2024 5 min
Imagem gerada em IA de Freepik

Você moraria em habitações feitas em fábricas de casas?

por Simone Tagliani | 22/01/2024
Imagem gerada em IA de Freepik
Engenharia 360

Estamos vivendo um importante momento para o setor da construção civil. A evolução tecnológica nos permitiu chegar a um novo patamar de produção. Estamos falando das habitações feitas em fábricas de casas, ou seja, a possibilidade de materializar casas por meio de sistemas de peças fabricadas industrialmente em uma área fora do canteiro.

O conceito nem é mais uma novidade. Contudo, com os novos materiais e tecnologias digitais, a abordagem está cada vez mais frequente nos projetos de arquitetura e engenharia. É sobre isso que vamos discutir no texto a seguir, do Engenharia 360. Acompanhe!

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

O que são casas feitas em fábricas de casas?

Costumamos chamar as casas feitas em fábricas de casas de casas pré-fabricadas. Este é um modelo de construção que vem ganhando muita força no setor da arquitetura e engenharia.

Suas partes são construídas em uma fábrica e depois transportadas para o local onde serão instaladas. As mesmas podem ser produzidas em uma variedade de materiais, isso inclui madeira, aço, concreto e plástico. E, por fim, os métodos para essa fabricação também podem variar, a depender do material a ser utilizado, claro.

fábricas de casas
Imagem gerada em IA de Freepik

Quais as principais vantagens das casas pré-fabricadas?

Quando paramos para pensar, não é difícil encontrar razões para investir em casas feitas em fábricas de casas, sobretudo se compararmos aos métodos tradicionais de construção em arquitetura e engenharia. Começando pelos custos, que acabam reduzidos. Também é possível criar projetos padronizados - o que seria uma tremenda vantagem se a ideia fosse erguer um loteamento, por exemplo.

Através da pré-fabricação, os arquitetos e engenheiros podem ter certos componentes e subsistemas de seus projetos produzidos (em série ou de forma personalizada) por fábricas especializadas que serão encarregadas de desenvolvê-los usando ferramentas com um grau mais elevado de "tecnificação".

Construir com peças pré-fabricadas é muito mais rápido e eficiente, com baixa exigência de mão-de-obra. Há bem menos geração de resíduos ou desperdício de materiais. Não existe a necessidade de remoção de entulhos nas obras. Além disso, a eficiência energética pode ser integrada desde a fase de projeto, tornando as casas fabricadas uma opção mais sustentável.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

O maior destaque vai para a incorporação da automação em várias etapas dos processos, desde o projeto à construção em si. Isso proporciona significativa melhoria nas etapas de desenvolvimento das obras. Há maior precisão na execução das tarefas e maior controle para a redução de falhas e imprevistos.

fábricas de casas
Imagem gerada em IA de Freepik
fábricas de casas
Imagem gerada em IA de Freepik

Quais os maiores desafios e oportunidades das casas pré-fabricadas?

Devemos agradecer que nos últimos anos as casas feitas em fábricas de casas ganharam mais aceitação do público, começando a compreender que esse tipo de construção pode ter uma qualidade superior. Isso abre portas para uma maior comercialização de construções pré-fabricadas. E na medida que isso ganha proporções maiores, aumenta a necessidade de regulamentações e leis, além de mais estudos em arquitetura e engenharia.

O Brasil, infelizmente, ainda investe pouco na construção de moradias fora da linha dos métodos tradicionais. Mas a inserção do processo fabril para solucionar projetos do governo têm impulsionado novos projetos, inspirando também o mercado imobiliário. Se pensarmos bem, essa é uma boa resposta para o aumento dos custos da construção, a escassez de mão-de-obra e a crescente demanda por construções sustentáveis.

fábricas de casas
Imagem gerada em IA de Freepik

Veja Também: Inovações na Construção Civil: Explorando as Lajes do Futuro em Engenharia de Edificações

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Como anda o mercado das fábricas de casas?

Sem dúvidas, a digitalização tem tido um papel crucial na transformação do setor de arquitetura e engenharia. Inclusive, podemos dizer que softwares paramétricos e simulações avançadas de materiais melhoram a fase de projeto, garantindo precisão e eficácia. Nos canteiros de obras, temos agora robôs, drones, impressoras 3D e máquinas CNC, garantindo execuções mais precisas e controle aprimorado. E agora com o avanço da Inteligência Artificial, o salto tecnológico será ainda maior nos próximos anos.

Nesse contexto, 'fábricas de casas' é um conceito que veio para ficar na indústria. Os mais otimistas garantem que essa manobra do mercado pode até tornar a construção mais acessível. No entanto, é importante considerar os desafios que ainda precisam ser superados. Se bem que arquitetura e engenharia estão sempre em revolução contínua; então, logo as respostas para estes problemas virão.

fábricas de casas
Imagem gerada em IA de Freepik

Em breve, morar em uma casa pré-fabricada será mais visto como algo trivial do que futurista. Inclusive, algumas empresas já apostam nessa revolução. São alguns exemplos que podemos citar:

  • Casas Brazil: Especializada na edificação de residências e projetos comerciais de casas pré-fabricadas de madeira, Steel frame e alvenaria.
  • Brasil Casas: Construtora de casas de madeira maciça de qualidade, feitas para durar. Oferece projetos de casas pré-fabricadas.
  • Casas Kurten: Trabalha com diversos métodos construtivos, dentre eles as casas pré-fabricadas de madeira e Wood Frame.
  • Fabrilar: Elabora projetos arquitetônicos, mão de obra e material incluídos. Oferece casas pré-fabricadas e pré-moldadas.
  • CBH pre shaped house: Construtora que oferece casas pré-moldadas.
  • Brasil Wooden houses and Masonry: Construtora que trabalha com casas de madeira e alvenaria.
  • Casas Santa Cruz: Construtora de casas pré-fabricadas de madeira e alvenaria.
fábricas de casas
Imagem gerada em IA de Freepik

Veja Também:


Fontes: Portal de Guaçuí, Archdaily.

Imagens: Todos os Créditos reservados aos respectivos proprietários (sem direitos autorais pretendidos). Caso eventualmente você se considere titular de direitos sobre algumas das imagens em questão, por favor entre em contato com [email protected] para que possa ser atribuído o respectivo crédito ou providenciada a sua remoção, conforme o caso.

Comentários

Engenharia 360

Simone Tagliani

Graduada nos cursos de Arquitetura & Urbanismo e Letras Português; técnica em Publicidade; pós-graduada em Artes Visuais, Jornalismo Digital, Marketing Digital, Gestão de Projetos, Transformação Digital e Negócios; e proprietária da empresa Visual Ideias.

LEIA O PRÓXIMO ARTIGO

Continue lendo