Engenharia 360

Quais as etapas para abrir uma empresa de Engenharia em 2022? | 360 Explica

Engenharia 360
por Redação 360
| 06/12/2021 | Atualizado em 14/12/2021 4 min

Quais as etapas para abrir uma empresa de Engenharia em 2022? | 360 Explica

por Redação 360 | 06/12/2021 | Atualizado em 14/12/2021
Engenharia 360

O mercado atual está em crise, há menos ofertas de empregos e as despesas com trabalhadores está elevada. O que fazer? Ser um assalariado de carteira assinada ou um profissional autônomo? Lembrando que os engenheiros são, por lei, considerados profissionais liberais. Então, neste momento, pensando em faturar mais, você poderia considerar atuar de forma autônoma, em sua própria empresa de Engenharia. O que acha? E ainda mais, ser possivelmente, no futuro, um empregador! Leia o texto a seguir e faça as suas considerações!

engenheiros
Imagem reproduzida de EduPortugal

Vantagens e desvantagens da abertura de empresa de Engenharia

Antes de tudo, lembre-se que quando você decidir abrir uma empresa de Engenharia estará começando um negócio. Isso quer dizer que terá de seguir legislações, pagar impostos, se preocupar com regularizações, pensar em gestão, em divulgação de serviços, e talvez na instalação de uma estação de trabalho em local adequado. Ou seja, não é tão simples quanto no sonho! É necessário muito planejamento, responsabilidade e certa quantidade de verba! E qualquer acerto ou erro deve impactar nos ganhos e lucros no fim do mês!

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

É essencial saber os passos para a criação dessa empresa, o regime de tributação que se enquadram, os direitos trabalhistas envolvidos, e mais. Além disso, pagar os impostos em dia. E, sim, é possível economizar fazendo essa transição de atividade e até aumentando os rendimentos. Mas, para isso, e até pensando em traçar um plano de crescimento para o seu negócio, será preciso fazer a contratação de um contador especializado. Inclusive, grande parte dos engenheiros autônomos deixam de declarar impostos e pagar taxas por falta de conhecimento e as consequências disso são gravíssimas, como dívidas com a Receita Federal e a suspensão do CPF.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

engenheiros
Imagem reproduzida de OCL

Regimes Simples Nacional, Lucro Presumido ou Lucro Real

Dependendo das atividades que você irá desempenhar na sua empresa, além das projeções de faturamento e custos, sua empresa de Engenharia até poderá entrar na categoria de regime tributário Simples Nacional, com alíquotas mais baixas, declarações anuais simplificadas e menor burocracia. Existem também as empresas de Lucro Presumido, cujo faturamento é maior e o pagamento de impostos não é unificado – com cálculo realizado com base em uma presunção de lucro estabelecida pela Receita, de acordo com as atividades. Por fim, o sistema de Lucro Real, para empresas com faturamento superior, com tributos pagos sobre lucro – mostrado em contas e balanços conciliados – através de guias recolhidas separadamente.

Custos para abertura da empresa

Cada município brasileiro tem taxas diferentes. Portanto, esse valor para registro de empresas de Engenharia nos órgãos públicos não pode ser exposto nesta matéria. Então, por que citamos? Porque essa informação precisa constar já no seu orçamento inicial, para evitar surpresas no processo de criação do seu CNPJ. É possível que de cidade para cidade esse valor tenha mais de mil reais de diferença – algo entre R$ 300,00 e R$ 1.200,00, mais os honorários do contador. Fique atento!

engenheiros
Imagem reproduzida de Solis Energia

Passo a passo para abrir uma empresa de Engenharia

1. Montar um Plano de negócio

Busque conhecer antes o seu público, quais as necessidades primordiais para a prestação dos serviços, o local adequado para montagem do seu negócio, os equipamentos e softwares que precisarão ser comprados, e os requisitos legais, incluindo o passo a passo para o registro no CREA.

2. Escolher um tipo de empresa

Afinal, o que você irá abrir?

  • Quero ser Micro Empreendedor Individual (MEI), pagando R$ 60,00/mês, podendo faturar até R$ 81.000,00 por ano e contratar um funcionário CLT – e não é possível ter sócios.
  • Micro Empresa (ME), pagando 8 impostos por mês, podendo faturar até R$ 360 mil/ano e escolher entre atividades que contemplam a grande maioria das empresas e emitir quantas notas quiser.
  • Ou Empresa de Pequeno Porte (EPP), podendo faturar entre R$ 360 mil e R$ 4,8 milhões ao ano.

3. Escolher a natureza jurídica da empresa

Isso define a forma de constituição da empresa. Por exemplo, titular sem sócio, sendo empresa individual sem exigência de capital social mínimo, mas com possibilidade de comprometimento de patrimônio em caso de endividamento. Com um sócio, individual com responsabilidade limitada, com necessidade de capital mínimo de 100 salários mínimos. Sociedade limitada unipessoal ou só limitada, com responsabilidade restrita dos sócios ao valor do capital social, sem exigência de valor mínimo.

engenheiros
Imagem reproduzida de Euro Dicas

4. Escolher uma atividade para exercer

Isso deve ser consultado na tabela de Classificação Nacional de Atividades Econômicas (CNAEs).

5. Fazer o registro na Junta Comercial

Os documentos necessários para isso podem mudar de cidade para cidade, de acordo com as exigências de cada prefeitura para cada atividade comercial. Contudo, em geral, seria o RG, CPF, carteirinha do CREA, comprovante de endereço e certidão de casamento, uma cópia do IPTU ou documento que conste inscrição imobiliária, ou indicação fiscal do imóvel onde a empresa será instalada. Além disso, algumas atividades vão pedir documentos específicos. Depois é preciso ir à Junta ou Cartório para protocolar seu pedido de registro.

6. Fazer pedido de Alvará

O alvará é um documento que autoriza a empresa a exercer as suas atividades. Essa obrigatoriedade é somente para alguns tipos de empresa. Na dúvida, o melhor é ir até à prefeitura da sua cidade com a documentação toda e fazer esta consulta.

engenheiros
Imagem reproduzida de Rio Verde

7. Fazer a inscrição Estadual ou Municipal

De acordo com o tipo de empresa, é necessário realizar a inscrição do estado e município.

8. Fazer o registro da empresa no CREA

Para motivos de esclarecimentos desta etapa, recomendamos a leitura de um post anterior do Engenharia 360 que fala sobre Empresa precisa ter CREA? | 360 Explica.


Veja Também: Contabilizei.

Engenharia 360

Redação 360

Somos uma equipe de apaixonados por inovação, com “DNA” na Engenharia. Nosso objetivo é mostrar ao mundo a presença e beleza das engenharias em nossas vidas e toda transformação que podem promover na sociedade.

Comentários

LEIA O PRÓXIMO ARTIGO

Continue lendo