Engenharia 360

ESCOLHA A ENGENHARIA
DO SEU INTERESSE

Digite sua Busca

Engenharia 360

Review 360: as vantagens e desvantagens do Moto X4

Engenharia 360
por Engenharia 360
| 29/03/2018 2 min

Review 360: as vantagens e desvantagens do Moto X4

por Engenharia 360 | 29/03/2018
Copiado!

No final de 2017, a Motorola lançou o Moto X4. Isso ocorreu após um tempo sem lançar nenhum smartphone da linha X, uma linha intermediária que fica abaixo da Z, mas acima da G. O Engenharia 360 recebeu o aparelho para testes e conta a seguir quais foram as impressões.

Para um celular intermediário, os atributos do Moto X4 não deixam a desejar. Alguns que se destacam são a câmera dupla, a resistência à água doce (até 1,5 metro, por 30 minutos, sem correnteza) e o scanner de digital, sendo o primeiro da linha X a ter este item. O aparelho tem alguns recursos extras que funcionam como atalhos: você pode girar o punho para ativar a câmera, agitar o aparelho para ligar a lanterna ou dar um “print” na tela ao tocá-la com três dedos ao mesmo tempo.

moto x4

Câmera dupla

Uma das câmeras traseiras possui 12MP e a outra 8MP, essa última com ângulo de visão de até 120°. Já a câmera frontal, que consegue fazer com que mais pessoas caibam em uma selfie na função panorama, possui 16MP (que é melhor que o Z2 Play, que tem 5MP, por exemplo) e flash LED.

Sistema operacional e desempenho

O Android é o 7.1 Nougat e, embora a Motorola afirme que ele é “puro”, algumas alterações fizeram com que ele não seja exatamente limpo. O processador é um Qualcomm Snapdragon de até 2.2GHz, com 3GB de RAM.

Uma desvantagem é que ele só possui 32GB de memória interna e o Android ocupa aproximadamente a metade dela. Embora seja possível expandir com o cartão de memória, é necessário escolher entre mais espaço ou uma outra linha, visto que a bandeja do SIM card e do cartão é híbrida.

Design

O Moto X4 possui as quinas arredondadas, com acabamento de vidro e armação de metal nas laterais. Os botões de ligar/desligar e de volume localizam-se na lateral direita. Na parte de trás, que também é arredondada, a câmera dupla é protuberante.

A tela é de 5.2 polegadas Full HD. Entretanto, ela não é AMOLED (Active-Matrix Organic Light-Emitting Diode), a qual tem vantagens como melhor iluminação (pixels iluminados individualmente), mais nitidez e melhor visibilidade independentemente do ângulo de visão. As telas AMOLED já estão no mercado há um tempo em alguns telefones da linha Z da Motorola e em telefones de outras marcas que possuem a mesma faixa de preço do X4.

Bateria

Com 3.000mAh, a bateria é a mesma da geração anterior da linha X. O carregador é capaz de alcançar a carga total em pouco mais de uma hora.

Preço e impressões

O Moto X4 pode ser encontrado por, em média, R$ 1.050,00, o que faz dele um modelo bom e barato para usuários intermediários. Embora ofereça resistência a água, duas câmeras (sendo uma de ângulo aberto e outra de ângulo normal), entrada para qualquer fone de ouvido (acredite se quiser, alguns modelos da Motorola não tem esse tipo de entrada) e Bluetooth 5.0, que tem mais alcance e oferece maior velocidade na transmissão de dados, a bateria e a memória são limitadas.
Para quem deseja um modelo um pouco melhor, o Moto Z2, por exemplo, pode ser uma opção mais interessante.

Copiado!
Engenharia 360

Engenharia 360

Engenharia para todos.

Comentários