Engenharia 360

ESCOLHA A ENGENHARIA
DO SEU INTERESSE

Digite sua Busca

Engenharia 360

Semicondutores Bidimensionais

Imagem padrão usuário
por Colaboradores BDE
| 15/12/2014 2 min

Semicondutores Bidimensionais

por Colaboradores BDE | 15/12/2014
Copiado!

SEMICONDUTORES BIDIMENSIONAIS PODEM REVOLUCIONAR A ELETRÔNICA NO FUTURO

Um grupo de pesquisadores liderados pela Universidade Estadual da Carolina do Norte descobriu que agrupando materiais que têm a grossura de apenas 1 átomo pode criar junções semicondutoras capazes de transferir cargas uma à outra, não importando se a estrutura cristalina dos materiais são incompatíveis, o que pode abaixar significantemente o preço de células solares, lasers e LEDs.
Schematic illustration of monolayer MoS2 and WS2 stacked vertically. Image: Linyou Cao.
Para os leigos, a junção é necessária para a maioria dos semicondutores, é onde dois materiais semicondutores são conectados. Por exemplo, em dispositivos fotônicos, como células solares, é na junção que fótons são convertidos em elétrons e vice-versa.
Normalmente, os 2 materiais utilizados para fazer a estrutura cristalina da junção têm de ser compatíveis, limitando as opções dos pesquisadores de encontrarem combinações mais vantajosas para a construção da mesma. Porém, quando tratamos de uma espessura de 1 átomo,  não importa a estrutura cristalina utilizada, gerando um número gigantesco de combinações, podendo diminuir os custos e/ou aumentar a eficiência dos semicondutores.
O grande motivo pelo qual as tecnologias fotônicas revolucionárias, como as células solares, não “deslancham” é o seu preço de manufatura. Uma das expectativas é que, com o desenvolvimento da tecnologia de semicondutores 2D, o preço da manufatura diminua, abrindo um campo maior de exploração para as células solares, por exemplo.
Concluindo, essa matéria teve o intuito de informar os leitores sobre as novas pesquisas realizadas no momento. A razão de eu ter escolhido essa matéria deve ao fato da energia solar estar entre os assuntos mais comentados em termos de sustentabilidade.
Com informações: NCSU
 


+ Texto por Matheus Correia dos Reis. Estudante de Engenharia Eletrônica no Centro Universitário do Instituto Mauá de Tecnologia, com experiência em projetos científicos dentro e fora da universidade, Green Belt Six Sigma Certificado, estagiário em Engenharia de Produto na HP. Apaixonado por Matemática, Automação e novas tecnologias e nas horas vagas luta Kung Fu!


Quer ter seu texto publicado aqui? Nos envie por email para contato@engenharia360.com e se o conteúdo for aprovado nós publicamos!

Copiado!
Imagem padrão usuário

Colaboradores BDE

Artigo Anterior
Próximo Artigo

Comentários