Engenharia 360

ESCOLHA A ENGENHARIA
DO SEU INTERESSE

Digite sua Busca

Projeto Água oferece mais de 600 vagas em cursos a distância

por Colaboradores BDE | 04/06/2014
Copiado!

O projeto ‘Água – Conhecimento para Gestão’ está com inscrições abertas para seis cursos a distância até a próxima sexta-feira (6). As capacitações gratuitas oferecem 600 vagas em português e 30 em espanhol, em atividades que variam entre 20 e 40 horas.
20140529105051_Logo projeto_agua
Para participar candidatos devem acessar site do projeto e escolher o curso de interesse. Em seguida, deve clicar no botão “Inscreva-se”, que fica ativo para as turmas que estão disponíveis. Dúvidas também podem ser enviadas pelo site do projeto. As aulas acontecem pela internet e sem tutoria. Portanto, cada aluno realiza as atividades no seu ritmo. Para receber o certificado, é preciso concluir as atividades, segundo os critérios de aprovação.
As aulas começam em 23 de junho e terminam entre julho e agosto, em datas diferentes para cada curso. Os temas oferecidos são: Hidrologia Básica; Qualidade de Água em Reservatórios; Outorga do Direito de Uso dos Recursos Hídricos; Plano de Recursos Hídricos e Enquadramento de Corpos d’Água; Cobrança pelo Uso dos Recursos Hídricos; e Planejamento, Manejo e Gestão de Bacias.
‘Água – Conhecimento para Gestão’ é um convênio entre a ANA, a Fundação Parque Tecnológico de Itaipu (FPTI) e Itaipu Binaciona. O O objetivo é desenvolver ações de comunicação, mobilização e educação para a gestão de recursos hídricos no Brasil e países da América Latina. Há 36 cursos gratuitos semipresenciais e a distância disponíveis no catálogo, que já capacitaram cerca de 35 mil pessoas.
Saiba mais sobre os cursos ofertados:
Hidrologia Básica
O curso de Hidrologia Básica tem carga de 40 horas e um total de 60 vagas em português e 30 em espanhol. Voltada principalmente para agentes gestores de recursos hídricos, a capacitação busca ensinar os fundamentos básicos do ciclo hidrológico, descrevendo as principais características do monitoramento de recursos hídricos. As aulas vão até 3 de agosto com o objetivo de estimular o aperfeiçoamento da gestão de recursos hídricos.
Qualidade de Água
Também com 40 horas e 60 vagas em português, o curso de Qualidade de Água em Reservatórios tem como públicos os agentes gestores, técnicos e analistas ambientais dos órgãos responsáveis pela gestão de recursos hídricos, além de profissionais de empresas de saneamento e do setor hidrelétrico. O objetivo é ensinar os fundamentos de gestão da qualidade da água em reservatórios no cotidiano destes profissionais, visando à garantia dos usos múltiplos da água. As atividades terminam em 10 de agosto.
Planejamento, Manejo e Gestão de Bacias
Com 120 vagas em português e uma carga de 40 horas, o curso de Planejamento, Manejo e Gestão de Bacias busca apresentar os instrumentos de planejamento de recursos hídricos e de gestão de bacias hidrográficas. As atividades se encerram em 10 de agosto e são voltadas para técnicos e profissionais de órgãos gestores de recursos hídricos e integrantes de organizações sociais e comitês de bacias.
Outorga do Direito de Uso dos Recursos Hídricos
No caso do curso de Outorga do Direito de Uso dos Recursos Hídricos, as aulas têm um total de 20 horas e estarão disponíveis até 20 de julho para 120 vagas em português. A capacitação busca ensinar diversos aspectos sobre este instrumento de gestão da água para membros de comitês de bacias hidrográficas e agentes gestores de recursos hídricos.
Plano de Recursos Hídricos e Enquadramento de Corpos d’Água
O curso tem como públicos os membros de comitês de bacia e representantes de órgãos gestores de recursos hídricos. A capacitação sobre os dois instrumentos de gestão da água oferece 120 vagas em português com uma carga de 20 horas. As atividades se encerram em 20 de julho.
Cobrança pelo Uso da Água
Também com 20 horas e 120 vagas em português, o curso sobre Cobrança pelo Uso da Água tem o objetivo de orientar membros de comitês de bacias e agentes gestores sobre os principais aspectos que envolvem este instrumento de gestão dos recursos hídricos, que já é aplicado em quatro bacias com rios de domínio da União: Paraíba do Sul; Piracicaba, Capivari e Jundiaí (PCJ); São Francisco; e Doce.
Fonte: Agência Nacional de Águas
 


+ Texto por Douglas Moura. Estudante de Engenharia Civil, saxofonista amador e programador auto-didata, acredita que pode mudar o mundo um passo de cada vez. Ama jazz, software livre e ciências exatas.


Quer ter seu texto publicado aqui? Nos envie por email para [email protected] e se o conteúdo for aprovado nós publicamos!

Copiado!

Comentários