Engenharia 360

ESCOLHA A ENGENHARIA
DO SEU INTERESSE

Digite sua Busca

Qual a importância do BIM para a Engenharia? | Entrevista 360

por Eduardo Mikail | 05/12/2019
Copiado!

Você já ouviu falar em BIM? BIM é a sigla para Building Information Modeling, ou Modelagem da Informação da Construção, em português, e é algo que pode ser muito importante na Engenharia. É por isso que, neste texto, nós vamos falar um pouco mais sobre esse assunto.

Para complementar, nos entrevistamos o engenheiro Pedro Soethe (Autodesk Team Lead of Brazil Technical Sales Specialist – Engineering and Infrastructure), que conta um pouco mais sobre o assunto, como você confere no vídeo abaixo.

Confira também a entrevista em versão podcast:

O que é e para que serve o BIM?

Diferentemente do que muita gente pensa, BIM não é um software. Ele consiste em um conjunto de informações sobre uma edificação, é um modelo virtual que representa essa edificação com riqueza de detalhes. A partir desse modelo é possível simular diferentes situações, alterações no projeto, orçamentos, etc.

As informações presentes no BIM permite integração de todos os envolvidos no projeto, em todas as fases. Essas informações são ligadas por relações paramétricas e qualquer alteração é processada em tempo real no modelo inteiro, de forma otimizada.

Ainda, o BIM envolve uma representação 3D, contribuindo para que tanto os envolvidos no desenvolvimento do projeto quanto os clientes consigam enxergar o que será construído de diferentes ângulos antes da execução do projeto. Porém, o conceito de BIM é diferente de CAD 3D (mas alguns softwares podem agregar esse conceito).

BIM na Engenharia
Imagem: architectus.com.br

BIM: do surgimento aos dias atuais

O antecessor do BIM é o BDS (Building Description System – Sistema de Descrição da Construção), um conceito que foi criado em 1974 Por Charles M. Eastman (Chuck Eastman), então professor do Georgia Institute of Technology (nos Estados Unidos) e sua equipe. O objetivo era mostrar que criar um modelo computacional da obra poderia auxiliar na melhoria da elaboração e execução do projeto.

O termo Building Modeling surgiu em 1986, quando Robert Aish o utilizou em um artigo (Three-dimensional Input and Visualization). Nele, há as características do BIM e alguns conceitos como modelagem tridimensional, banco de dados relacionais e outros. Foi em 1992 que o termo Building Modeling Information apareceu em um artigo dos professores G. A. Nederveen e F. Tolman (Automation in Construction).

O BIM foi evoluindo conforme outras tecnologias evoluíram. Por exemplo, computadores mais potentes foram essenciais para que o BIM crescesse.

Atualmente, o BIM envolve diferentes profissionais relacionados à construção, desde o planejamento até os dias finais da edificação. Ele já é obrigatório em projetos relacionados ao governo de alguns países. No Brasil, começa a ganhar maior espaço, visto que algumas licitações passaram a exigir o projeto construído com base no BIM.

Qual a importância do BIM?

No conceito de BIM, a partir do momento que a edificação virtual ganha forma, ali também está toda a informação necessária para que ela possa ser construída e utilizada. Assim, a ideia de construir algo virtualmente antes de colocar na prática permite uma série de vantagens.

Por exemplo, os projetos hidráulico, arquitetônico, estrutural, elétrico e outros são sobrepostos em um só lugar. Isso permite que antes de construir seja possível verificar incompatibilidades, reduzir os erros de projeto, visualizar alterações rapidamente, fazer melhor apresentação das ideias para os clientes, aumento da produtividade, unificação dos projetos, possível redução de custos e mais.

BIM na Engenharia
Imagem: rochetechsolutions.com

Atualmente, grandes universidades já incorporam o BIM no ensino aos estudantes. Segundo Pedro Soethe, Autodesk disponibiliza o software para professores e estudantes e há, no mundo todo, mais de 160 milhões de estudantes com acesso à tecnologia.

Para quem vai começar a aprender, há dois momentos de aprendizado: entender o conceito de BIM e a prática usando um software que incorpora esse conceito. Pedro Soethe estima que com cerca de 1 ano já é possível “aprender” BIM, mas é claro que isso depende muito da dedicação de cada um.

No mercado de trabalho brasileiro, o BIM é um diferencial (e já é obrigatório em algumas funções). Exemplos de projetos e empresas que já têm o BIM como uma exigência são o metrô de São Paulo a SABESP (Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo).

Ao usar o BIM, um projeto pode se tornar totalmente digital, sem o uso de papel. Isso não só otimiza o processo de construção, como o torna mais sustentável. Ainda, há a vantagem da visualização 3D que o papel nem sempre permite explorar como de forma digital.

Assim, a tendência é de o BIM seja cada vez mais adotado (e exigido) no mercado da construção, fazendo com que os profissionais se adaptem ao seu conceito. Com o avanço da tecnologia na área de construção, não só como ferramenta, mas na forma de recursos (como em edifícios inteligentes) o BIM torna-se ainda mais necessário para que o projeto atenda os objetivos da sua ideia original e, em breve, deve deixar de ser um diferencial e passará a ser necessário.

Para finalizar, a dica dada por Pedro Soethe para quem quer conhecer mais e trabalhar com BIM é: procure por materiais online para aprender (como Manual BIM da CBIC , ebooks no site da Autodesk, os manuais da ABDI) e os livros disponíveis no mercado (como o do próprio Chuck Eastman “BIM Handbook”).

Referências: Mais Engenharia; UFRGS.

Copiado!
Engenharia 360

Eduardo Mikail

Engenheiro Civil, empresário e empreendedor digital. É fundador do Engenharia 360 e sócio-fundador da Bronks content., produtora de conteúdo e projetos digitais. Formado em Engenharia Civil e Administração com especialização em Marketing pela ESPM, já trabalhou em uma das maiores construtoras do país e hoje está à frente da Mikail Arquitetura e Engenharia. Interessado por tecnologia, iGadgets e nas horas vagas curte viagens, música e fotografia. Segue lá no Instagram @eduardomikail

Comentários