Engenharia 360

ESCOLHA A ENGENHARIA
DO SEU INTERESSE

Digite sua Busca

Homem escala arranha-céu com perna biônica controlada pelo cérebro

Engenharia 360

2 min

POR Eduardo Mikail 06/11/2012

O engenheiro de software Zac Vawter, de 31 anos, escalou até o topo da Willis Tower, com uma perna biônica comandada por seu cérebro, no último domingo (4). O prédio localizado em Chicago nos Estados Unidos tem 103 andares e é um dos maiores arranha-céus do mundo. Vawter terminou a escalada em aproximadamente 45 minutos.

Zac Vawter colocou uma inovadora perna biônica comandada por seu cérebro (Foto: Reprodução/Huffington Post)

A escalada foi parte do desenvolvimento de uma das técnicas de interação entre homem e máquina mais avançada do mundo para uso clínico. O projeto consiste na criação de uma prótese de perna extremamente confortável e que responde a estímulos vindos diretamente do cérebro do paciente. Em fase de testes, a perna robótica vem trazendo esperança de vida normal a milhares de portadores de deficiência espalhados por todo o mundo.

A perna binônica ainda demorará a chegar ao mercado (Foto: Reprodução/Huffington Post)

Vawter, logo após perder a perna direita ao sofrer um acidente de moto em 2009, inscreveu-se no projeto se voluntariando a testar a pioneira prótese que pode ser controlada por seus pensamentos. A perna robótica foi desenvolvida para responder a impulsos elétricos de músculos de seu tendão.

O evento deste domingo, que foi nomeado de SkyRise Chicago, foi o primeiro teste público da perna biônica e para se preparar, Vawter e os cientistas passaram horas ajustando os movimentos da perna. Ele chutou uma bola de futebol, andou pela sala e subiu escadas. Uma equipe de pesquisadores acompanhou Zac durante toda a subida e monitorou o desempenho da perna inteligente. Esse foi o primeiro teste em público do aparelho.

Como engenheiro, Vawter gosta de aprender como funciona a perna biônica que, segundo ele, é mais ágil e confortável em comparação com a sua prótese regular.

O projeto, que custa cerca de oito milhões dólares, é financiado pelo Departamento de Defesa dos EUA e envolve a Universidade de Vanderbilt, o Instituto de Tecnologia de Massachusetts, a Universidade de Rhode Island e a Universidade de New Brunswick.

Via TechTudo

blog da engenharia
Blog de Engenharia
Blog Engenharia
dicas de engenharia
Dicas do curso de Engenharia
Engenharia no Brasil
Estudantes de Engenharia
Homem escala arranha-céu com perna biônica controlada pelo cérebro
Saúde
site da engenharia
site de engenharia
Site Engenharia

Eduardo Mikail

Engenheiro Civil, empresário e empreendedor digital. É fundador do Engenharia 360 e sócio-fundador da Bronks content., produtora de conteúdo e projetos digitais. Formado em Engenharia Civil e Administração com especialização em Marketing pela ESPM, já trabalhou em uma das maiores construtoras do país e hoje está à frente da Mikail Arquitetura e Engenharia. Interessado por tecnologia, iGadgets e nas horas vagas curte viagens, música e fotografia. Segue lá no Instagram @eduardomikail

mais
Engenharia 360 Engenharia 360

VEJA TAMBÉM

6 Resultados
UFRJ apresenta protótipo de ventilador pulmonar para ser produzido em larga escala na luta contra o coronavírus
Podcast 360, o podcast do Engenharia 360 está no ar!
O que é e quais as funções do CREA? | Entrevista 360 com o presidente do CREA-SP, Vinicius Marchese
5 séries de animação com temática nerd para assistir na Netflix | Lista 360
Cientistas brasileiros estão desenvolvendo testes  rápidos para detectar coronavírus
5 jogos de simulador clássicos e gratuitos que envolvem habilidades de engenharia | Lista 360
Podcast 360
Ouça ou baixe podcasts
exclusivos da engenharia
Ver Todos

RECOMENDAMOS PARA VOCÊ