Engenharia 360

ESCOLHA A ENGENHARIA
DO SEU INTERESSE

Digite sua Busca

CANAIS ESPECIAIS


Gasolina cara? Saiba por que os brasileiros se arriscam com gás liquefeito para o carro

por Rafael Panteri | 04/10/2021

Com o preço da gasolina nas alturas e sem opções de substitutos, brasileiros estão se arriscando com gás de cozinha como combustível para seus automóveis.

Pela oitava semana seguida, o preço médio da gasolina subiu nos postos de todo o Brasil, segundo a Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP). Com valores acima de R$6,00 o litro, os brasileiros passaram a buscar alternativas para abastecer seus automóveis. O problema é que o etanol e o óleo diesel na casa dos R$ 4,70 por litro deixam de ser atraentes aos consumidores!

Muitos decidiram partir, então, para uma quarta opção não muito convencional: a conversão clandestina de veículo para GLP (gás liquefeito de petróleo), mais conhecido como gás de cozinha ou gás de botijão.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Essa mudança é ilegal, perigosa e não entrega a economia que promete, mesmo algumas plataformas de vendas online apresentam opções para o motorista. Um kit para conversão de automóveis para GLP é vendido por valores que variam de R$500 a R$1mil e garantia de economia de até 50% na estrada.

Além de ser ilegal, essa prática é enganosa! Para o professor Fabio Gallo Garcia, da FGV e da PUC-SP, tal mudança “não compensa, nem do ponto de vista econômico, nem no da segurança de motoristas e passageiros”.

Promessa de economia

A pedido da BBC News Brasil, o especialista em finanças estimou o custo por quilômetro rodado dos diversos tipos de combustíveis. Ele considerou os seguintes preços médios:

  1. R$ 6,076 por litro de gasolina;
  2. R$ 4,704 por litro de etano;
  3. R$ 4,146 por metro cúbico para o GNV; e
  4. R$ 16,12 por metro cúbico para o GLP (equivalente a R$ 98,33 por botijão de 13kg.

Pelas contas do professor, considerando apenas o preço dos combustíveis, o GNV – que é usado legalmente nos veículos – haveria uma economia por quilometro rodado de 51% em relação à gasolina e de 56% em relação ao etanol. Já no GLP – de uso clandestino -, a economia é de apenas 4,4% em relação à gasolina e 13,5% na comparação com o etanol. Ou seja, o gás de cozinha está longe de entregar a economia prometida nos sites de vendas.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

abastecimento de carros
Foto de Getty Images / Reprodução

Segurança

O GLP é uma mistura de dois gases, propano e butano, na proporção de mais ou menos 50/50. Obtido através do refino do petróleo, o gás de cozinha apresenta muitas moléculas de carbono e, quando pressurizado, se transforma em líquido. Isso não acontece com o GNV (gás natural) que apresenta apenas uma molécula de carbono – por isso é sempre comercializado encanado.

“Como o GNV é mais leve do que o ar, em caso de vazamento, ele se dissipa com facilidade. Já o GLP é mais pesado do que o ar, então, quando vaza, ele fica no fundo da mala do carro.”, diz Galiazzi, lembrando ainda que a temperatura de autoignição do GNV é bastante superior à do GLP, o que também torna o gás natural mais seguro do que o de botijão para uso automotivo.

GLP
12 de julho de 2020: explosão provocada por conversão clandestina de veículo para GLP em natal no rio grande do norte – Imagem de UOL / Reprodução

Projeto de Lei na Câmara

Um Projeto de Lei na Câmara tenta tornar o uso de GLP em automóveis algo legal. O deputado federal Felício Laterça, ex-delegado da polícia, justifica que a lei que define o ‘uso do GLP em motores como crime contra a ordem econômica’ “foi elaborada em um contexto que reclamava medidas de contenção do consumo de derivados do petróleo”.

Diante do que foi dito antes, qual a sua opinião sobre o assunto? Escreva nos comentários!

Veja Também: Combustíveis sustentáveis: conheça o hidrogênio e suas aplicações


Fontes: UOL, G1.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Comentários

Engenharia 360

Rafael Panteri

Estudante de Engenharia Elétrica no Instituto Mauá de Tecnologia. Parte da graduação em Shibaura Institute of Technology - Japão.