Engenharia 360

ESCOLHA A ENGENHARIA
DO SEU INTERESSE

Digite sua Busca

BDE Explica: como são as construções com hidrofugantes?

por Cristiane Silva | 09/10/2015
Copiado!

Nas construções os hidrofugantes surgiram para combater ou diminuir a corrosão, seja nos concretos, nas argamassas, cerâmicas ou superfícies – pois fenômenos da natureza, estão no ambiente causando reações, que ocorrem com a presença de água, íons e oxigênio. Superfícies estão expostas a deterioração climática, que está intimamente ligada ao processo de desgaste da estrutura, através da carbonatação, e demais desgastes físico ou químicos que atuam na superfície e interior das estruturas

porto-de-luis-correia-corrosao-da-maresia.

+ Composição do concreto e argamassa

Para falarmos do concreto ou argamassa, temos que começar pela base de sua mistura o cimento: composto de clínquer. Formado basicamente por uma mistura de argila e calcário (rocha de carbonato de cálcio), que os fabricantes chamam de “farinha”. Essa mistura é levada ao forno a uma temperatura de 1450ºC, até se fundir, e o resultado são pequenas bolotas que recebem o nome de clínquer. Depois desse resultado é acrecido as gipsitas (a matéria-prima do gesso) e, por fim, moídas até virarem pó, chamado de cimento. 

A areia, um material inerte, engrossa a mistura impedindo que o cimento rache. Essa combinação de cimento, areia e água recebe o nome de argamassa. Mas quando o volume a ser preenchido é muito grande, até a argamassa pode trincar facilmente – nesse caso, acrescentamos brita (pedra moída) e temos o concreto. Concreto, ou betão composto de  uma mistura de cimento, areia, pedra e água, além de outros materiais eventuais, os aditivos e as adições. 

A busca pelo controle da penetração de água nas construções vem sendo tentada há longo tempo, havendo registro da aplicação de óleos e ceras para a proteção das rochas em templos gregos e romanos (Charola, 1995).  

+ Hidrofugantes em todas superfície

Hidrofugantes são empregados para dificultar a entrada de umidade e agentes agressivos no concreto. 

neverwet--644x362

Atualmente, os hidrofugantes mais utilizados na construção civil para a redução da penetração de água, são à base de silicone, que possuem uma baixa tensão superficial (inferior a 24 mN/m), silicones são formados por uma matriz inorgânica (Si-O-Si) e por radicais apolares que são os responsáveis pela repelência à água. 

download

Nos materiais porosos, a água influencia no desempenho dos hidrofugantes, reduzindo seu desempenho, então quanto mais seco, limpo, melhor aplicação e maior tempo de vida do local. Esse método pode ser aplicado por pintura, spray, gel ou creme para os materiais já em uso, e por imersão quando os produtos ainda se encontram em unidades industriais, ou na obra, como no caso de: telhas cerâmicas, pré-moldados, e no aço. Todos esses métodos, quanto maior o tempo de contato entre o produto hidrofugante e o substrato, maior o efeito. 

Os hidrofugantes impermeáveis, surgiram para combater ou diminuir a corrosão, seja nos concretos, nas argamassas, cerâmicas e superfícies -pois fenômenos da natureza, estão no ambiente causando reações, que ocorrem com a presença de água, íons e oxigênio.

Copiado!

Comentários