Engenharia 360

ESCOLHA A ENGENHARIA
DO SEU INTERESSE

Digite sua Busca

As vantagens do uso da tecnologia em sala de aula

por Engenharia 360 | 24/11/2015
Copiado!

Sabemos que a cada dia a tecnologia está mais avançada e presente em nossa rotina. Muitas vezes, desde a hora em que acordamos, até a hora de dormir, estamos conectados às redes sociais, usufruindo ao máximo do que os equipamentos tecnológicos podem nos oferecer. E um debate que tem sido levantado é sobre a utilização de recursos tecnológicos em sala de aula. Quais são as vantagens e o que os alunos têm a ganhar com as mudanças no ensino, sejam crianças, adolescentes ou adultos?

Imagem: Blogs O Diario

Imagem: Blogs O Diario


Refletir sobre as transformações, cada vez mais rápidas, proporcionadas pelo avanço da tecnologia é importante, inclusive para aproveitar ainda mais esta nova possibilidade na sociedade. As crianças, desde cedo, têm acesso a recursos como computadores, tablets e smartphones. Por que não trazer, então, ferramentas diferentes para a instituição de ensino, que proporcionem novas formas de aprendizado e que chamem ainda mais a atenção dos estudantes?
O desafio é conceber novas formas de ensino, pois o uso da tecnologia em sala de aula não significa abandonar os livros e as atividades tradicionais. Mas o contato com novas possibilidades de execução das atividades, desde o ensino básico, é fundamental para o crescimento pessoal e profissional, em um mercado que valoriza conhecimentos especializados e profissionais “antenados” às novidades.

Imagem: Examtime

Imagem: Examtime

E na área de Exatas, como no ensino da Matemática, Física e Química, não é diferente. As vantagens de ferramentas tecnológicas em sala de aula já foram destacadas por pesquisadores e professores.

+ Conhecimentos de Exatas também são possíveis

Já não é de hoje que é possível perceber que o uso da tecnologia traz bons resultados aos alunos. Uma pesquisa realizada em 2013 pelo Núcleo de Ensino da Universidade Estadual Paulista (Unesp), e com o apoio da FAPESP, apontou que o rendimento escolar dos alunos durante os dois últimos anos do ensino médio, em matemática e física, aumentou em 32% com a utilização de ferramentas tecnológicas.
Denominados “Objetos de Aprendizagem em Sala de Aula: Recursos, Metodologias e Estratégias para a Melhora da Qualidade de Ensino”, para chegar a estas conclusões, os estudos utilizaram atividades envolvendo a tecnologia e até games que ensinam análise combinatória.

Imagem: Hype Science

Imagem: Hype Science

+ Compartilhamento de ideias e inclusão dos alunos

Netbooks e tablets são ferramentas de estudo já em muitas escolas e universidades. O compartilhamento de ideias e a troca de experiências entre todos os alunos são estimulados pelas novas ferramentas.
As relações entre os estudantes são fortalecidas com as novas oportunidades e a inclusão dos alunos e professores é estimulada, como um todo, no processo de aprendizagem. Neste aspecto, é importante lembrar o papel fundamental dos professores, para tornarem as aulas dinâmicas e proveitosas, trazendo novas metodologias, mas sem deixar para segundo plano o essencial, que é a importância de um ensino de qualidade.

Imagem: Colégio Marista

Imagem: Colégio Marista

Referências:  Investimentos e Notícias, Blog Educação
 

Copiado!
Engenharia 360
Artigo Patrocinado

Comentários