Engenharia 360

ESCOLHA A ENGENHARIA
DO SEU INTERESSE

Digite sua Busca

Android x iOS: as diferenças entre os sistemas operacionais

Engenharia 360

4 min

POR Carlos Aros 26/11/2014

Corinthians ou Palmeiras? Rock ou Samba? PES ou Fifa? Feijoada ou Lasanha? Algumas questões mobilizam o mundo e na tecnologia não é diferente: Android ou iOS? Essa pergunta divide opiniões e usuários que têm argumentos consistentes na defesa do seu preferido. Separei algumas vantagens e desvantagens dos sistemas operacionais móveis mais populares do mundo para ajudar você a se decidir nessa briga: Android x iOS.

ANDROID X IOS

Desempenho

Comecemos com um aspecto complicado. O desempenho depende não só do sistema operacional, mas do quanto ele exige do aparelho e a capacidade de resposta do hardware. Nesse ponto, há elogios para a estabilidade do iOS, que pouco trava, e para o gerenciamento do Android, que permite monitorar o consumo dos aplicativos e ativa-los ou desativa-los administrando o uso do processador e da memória.
Em favor do iOS pesa o fato de que um único app não consegue travar todo o sistema. Como ele não acessa, digamos, a raíz do OS, não
tem impacto direto nas demais funções do smartphone. Basta apenas reiniciar o aplicativo e pronto!
Vale lembrar que quanto mais nova a versão do sistema operacional mais ela vai demandar do aparelho. Justamente por isso não é
possível instala-las em modelos mais antigos, que não vão suportar.

> Pela estabilidade, ponto para o iOS

android-l-vs-ios-8

Design e Personalização

É inegável que a Apple conseguiu no design dos aparelhos e no layout dos sistemas operacionais reunir beleza, simplicidade e facilidade. Apesar disso, o iOS 8 – versão mais recente do OS – traz algumas poucas novidades no design, como na exibição dos ícones,  e mantém as características já conhecidas dos usuários. A grande questão é que mesmo sendo (muito) bonito surge aquela vontade de personalizar. Mas, como acontece com obras de arte, não dá para modificar e transformar seu smartphone em algo único, por isso temos sempre aquela sensação de mais do mesmo.
No caso do Android, a palavra é personalização. Não faltam possibilidades para modificar, agrupar, ocultar ou destacar os ícones dos
aplicativos na tela. Também é possível brincar com o widgets, que vão ser exibidos para o usuário segundo a necessidade e a utilização que é feita do aparelho. Uma alternativa bem legal é baixar temas para o seu Android, elevando ao máximo a personalização.

> Ponto para o Android!

APP STORE X GOOGLE PLAYAplicativos

Quantidade e qualidade nem sempre caminham juntas. No caso dos aplicativos é a mesma coisa. Tanto a App Store quando a Play Store têm um catálogo invejável de apps com pouco mais de 1,2 milhão de opções cada uma. Apesar disso, a quantidade de inutilidades é bem alta. O que conta nesse caso é a oferta das novidades mais populares e a garantia de segurança.
No primeiro quesito App Store e Play Store empatam. Tudo – ou quase tudo – o que é novidade é lançado primeiro para os dois sistemas, depois vem os outros (leia-se Windows Phone, que ainda engatinha). Já no quesito segurança, há muita reclamação de problemas envolvendo aplicativos da Play Store. O Google já se manifestou e rebateu as críticas, mesmo assim é preciso manter o pé atrás e sempre checar a avaliação do app e os comentários de outros usuários antes de baixar.

> No critério desempate, ponto para o iOS

APPLE x IPHONE CARO

Custo

Você viu os preços dos novos iPhones? Então não preciso nem dizer que ter um iOS é consideravelmente mais caro que ter um aparelho com Android. O fato aqui é que a Apple coloca no mercado apenas dois modelos de smartphones e dois de tablets, apostando em um tipo de consumidor que vai comprar aqueles produtos independente do preço.  São os applemaníacos. E eles compram! Foram 10 milhões de aparelhos vendidos só nos três primeiros dias.
No caso do Android, como não há exclusividade do Google com fabricantes, ele é o OS de muitos aparelhos que chegam ao mercado, de diferentes marcas, com diferentes funções e diferentes faixas de preço. Logo, é bem mais acessível. É preciso observar a versão instalada nos smartphones e tablets, porque você pode estar comprando o Android e recebendo apenas uma parte dele, com limitações impostas pela fabricante.

> Ponto para o Android

PESSOA USANDO SMARTPHONE
Dica

Se você é um entusiasta das novidades tecnológicas deve optar pelo Android. Boa parte do hardware que chega ao mercado aparece primeiro nos aparelhos com o sistema do Google (o número de fabricantes é maior). Tela dobrável, reconhecimento facial, impermeabilidade, NFC, etc…tudo isso chegou ou chegará primeiro para o Android.
Do outro lado, se você aposta em um ecossistema (calma, eu explico!) e prefere integração entre aparelhos, com acesso fácil a dados e arquivos importantes, talvez o iOS e a Apple sejam para você. Nesta última versão do sistema, a possibilidade de continuar tarefas em dispositivos diferentes (iPhone, iPad e Mac) se mostrou eficientíssima e conquistou os applemaníacos.
Mas, no fundo, o que vale mesmo é perceber qual é a utilização que você faz do aparelho. Dois perfis eu descrevi acima, mas existem
muitos outros e só você pode decidir. Se você já utiliza iOS ou Android, colabore e deixe nos comentários os prós e os contras que você identifica nos sistemas.

android
Android x iOS
Apple
dicas
Google
iOS
sistemas operacionais
tecnologia

Carlos Aros

mais
Imagem padrão usuário Engenharia 360

VEJA TAMBÉM

6 Resultados
3 programas para visualização de todos os seus aplicativos sociais em um só lugar | Lista 360
Fujisawa SST: Conheça a cidade inteligente e sustentável do Japão
Entenda o plano de mineração para obter combustível de foguetes na Lua
Conheça 8 engenheiros das histórias em quadrinhos
Orgulho Nerd: 10 Filmes e Sagas que marcam gerações | Lista 360
5 medidas sustentáveis para redução das inundações urbanas
Podcast 360

Ouça ou baixe podcasts exclusivos da engenharia

Ver Todos

RECOMENDAMOS PARA VOCÊ