Engenharia 360

ESCOLHA A ENGENHARIA
DO SEU INTERESSE

Digite sua Busca

A decisão mais difícil da minha vida: Federal x Particular

por Iuri Zambotto | 09/04/2015
Copiado!
No início de 2014, comecei a fazer engenharia civil em uma faculdade particular em cidade vizinha. Estava feliz, era a área que eu queria, construção civil, desenhos técnicos e cálculo.
Screen Shot 2015-04-09 at 12.05.05 PM


+ O início de tudo

No primeiro semestre, eu estava apaixonado pelo curso e pela faculdade em si. Quando o segundo semestre veio, as minhas notas foram ainda melhores, e eu me sentia muito bem pois as disciplinas me completavam, me preenchiam. Principalmente as básicas: cálculo e física.
Screen Shot 2015-04-09 at 12.03.34 PM


+ As incertezas

Neste momento, comecei a mudar minha visão do que eu realmente queria para minha vida, seria algo mais próximo a laboratórios e as salas de aula, comecei então a me interessar pela área acadêmica. Construção civil já não era tanto minha cara, sempre tive uma visão empreendedora, sempre quis ser chefe, o dono do meu próprio negócio.
Screen Shot 2015-04-09 at 12.04.26 PM
Neste meio tempo descobri que fui aprovado em uma universidade federal, muito longe de casa, e para engenharia de produção. Já havia lido sobre o curso e sabia que tinha uma grade parecida com a que eu me via cursando, e que após algum tempo trabalhando na área, eu poderia facilmente migrar para a área acadêmica. Tive que tomar a decisão mais importante da minha vida: largar tudo o que já tinha começado, e tentar uma nova vida, um novo curso, em uma nova cidade, sozinho.


Leia também: Fatores que determinam a permanência do estudante no curso de Engenharia


+ A decisão:

Me mudei para o Paraná, para estudar na UTFPR – a primeira universidade tecnológica do país – e me senti um ser estranho no ninho. Muitos que estavam ali tinham feito cursinho para entrar, só eu que não – ao invés do cursinho, eu tinha um ano de faculdade na minha bagagem já. Alguns amigos meus me perguntaram se eu eliminaria matérias, para talvez tentar formar mais cedo, porém decidi que não, pois sabia que seria algo muito diferente do que já tinha visto, tendo em vista que era uma universidade federal e em tempo integral.
Screen Shot 2015-04-09 at 12.05.24 PM


+ A certeza da escolha certa

Na universidade que estou agora, me sinto academicamente mais completo, pois eles apoiam pesquisas e alguns outros projetos como empresa júnior/equipe de eficiência energética, algo que eu não tinha na particular e só tinha visto pela televisão. As disciplinas são muito diferentes, os professores não dão tudo mastigado para você, eles passam o que tem de estudar e você estuda se quiser, poucos passam matérias e anotações no quadro.
Screen Shot 2015-04-09 at 12.07.04 PM
Nunca fui de ficar falando muito em faculdades públicas, tanto que prestava o ENEM por “obrigação”, hoje me arrependo e vejo se estivesse estudado um pouco mais e entrado em uma federal/estadual antes, estaria mais a frente e poderia estar incluso em projetos que me completariam.


+ A diferença: Federal x Particular

A maior diferença que senti, é que a faculdade particular forma engenheiros, e a pública forma além de engenheiros, ela forma pesquisadores, que um dia poderão estar ministrando aulas.
Screen Shot 2015-04-09 at 12.07.28 PM


Este artigo foi escrito baseado em experiências vividas por mim. E você, possui a mesma indecisão ou até mesmo já passou por algo parecido? Deixe nos comentários!

Copiado!

Comentários